umbandanaalma umbandanaalma

2651 posts   82867 followers   111 followings

Umbanda Na Alma 

https://m.facebook.com/umbandanaalma

O trabalho da Umbanda é coletivo não individual. Assim como os espíritos trabalham reunidos os encarnados devem fazer o mesmo. Sozinho nada se constrói. Ogum nos diz: sozinhos somos soldados unidos somos exército.
Pai Joaquim de Angola.

Com os negros já aportados no Brasil, em meio à escravidão, maus tratos, enfim, “surgiu” a capoeira. Digo “ surgiu”, pois não se sabe com precisão sua verdadeira origem, mas que foi um ponto crucial para que os negros criassem resistência, fugissem e formassem os quilombos. Ouviu - se falar em capoeira nas invasões holandesas, e a própria guarda imperial era formada por capoeiristas, inclusive o monarca, D. Pedro I, a praticava. “A palavra capoeira vem de origem tupi Caápu - êra, e quer dizer “mato ralo” ou “mato cortado”. Aonde justamente os negros se escondiam e emboscavam seus perseguidores. Com o advento da Umbanda, por meio do Caboclo Sete Encruzilhadas, foi designado que a Umbanda estaria de braços abertos que quisessem dela fazer parte em prol da caridade. E quem veio fazer parte dela? Os espíritos dos antigos escravos, denominados pretos velhos, que vêm na linha de Yorimá. Sim, os mesmos escravos que eram capoeiristas, que conheceram a verdadeira raiz desse jogo. Entendeu agora porque se completam? Bom, segundo um Preto – Velho muito meu amigo: “a capoeira além de luta e arte, é a manifestação da própria espiritualidade. Você entra na roda e consegue sentir a magia, interagir com o astral de nossa ancestralidade, se ligar no todo poderoso e estar na presença dos espíritos. É dançar com a própria manifestação real do mundo espiritual”. Há uma definição de um mestre de capoeira que diz: “O verdadeiro capoeirista não é aquele que joga com o corpo, e sim, que deixa o corpo ser movimentado pela alma”. Partindo dessa linha de raciocínio, digo que a capoeira deve ser jogada com amor de pai Oxalá, com a força de Ogum, com a certeza da flecha de Oxossi, com a justiça de Xangô, com a alegria e brincadeira de Yori, leve e solto como as ondas do mar de Yemanjá, doce como as águas de Oxum, com a garra de Yansã, e com a sabedoria de Nanã. É assim que as duas se completam; na arte, na filosofia, na cultura, na musicalidade, e claro, nos mistérios. Como disse um velho mestre: “Capoeira, mandinga de escravo com ânsia de liberdade. Teu princípio não tem método, seu fim é inconcebível ao mais sábio dos mestres”. 🔹Fonte: Site temploespiritaogumege 🔹

Dizem que ninguém a vê passar, na mata em que ela está caçador nenhum se põe a caçar. Seus olhos negros refletem o luar, seu arco e flecha sempre em mãos, ela não é de brincar. Contam que os animais lhe dão passagem e as flores se abrem quando cabocla vai passar; dizem que ela anda sozinha no clarão do dia, na prata do luar. A mata é sua casa, seu refugio, seu abrigo, foi Deus quem lhe deu e ela cuida como um filho. Seu cocar colorido, seus cabelos negros compridos, lá vai cabocla afastar o perigo. Quando for entrar mata peça licença na sua morada, faça silêncio e reze pra ela. Não pergunte seu nome, ela não vai lhe dizer, é preciso senti-la pra entender que a vida é muito mais do que nossos olhos podem ver. 🍃 🔹Texto: Umbanda na Alma🔹 Arte linda do irmão @pandronoba 🔹

Mandinga era um grupo africano do norte que por sua proximidade com os árabes acabou se tornando um grupo que tem por base a lei dos mulçumanos. Com o desenvolvimento do tráfico negreiro, muitos negros mandingas vieram para as Américas, vitimas da ambição dos brancos. Como os negros mandingas eram mulçumanos, muitos desses escravos sabiam ler e escrever em árabe, além de conhecer a matemática melhor do que os brancos, seus senhores. Este estado superior da cultura dos mandingas, fez com que esses negros com conhecimentos maiores que a maioria dos brancos da época, fossem rotulados pelos brancos como feiticeiros forçando um afastamento cada vez maior do negro junto à sociedade branca, passando a expressão mandinga a sinônimo de feitiço. Por outro lado, os negros que praticavam o culto dos orixás eram vistos como infiéis pelos negros mulçumanos. Os negros mulçumanos tinham um tratamento muito diferenciado pelos seus senhores da época. Aproveitando dessa rivalidade e precisando passar aos mandingas funções superiores devido a sua falta de conhecimento, os brancos faziam de tudo para aumentar cada vez mais a rivalidade entre os negros mulçumanos e os outros negros africanos. Um grande exemplo e que era rapidamente percebido dessa diferença era quanto à alimentação e à prática da religião. Os negros mandingas possuíam uma alimentação mais selecionada enquanto os outros negros comiam restos dos seus senhores. Aos negros mulçumanos era permitido a não ingestão de carne de porco pois sua religião não permitia e, para aumentar e separar esses negros em dois grupos cada vez mais rivais, aos outros era obrigatório ingerir carne de porco e seus restos. Com a passar do tempo, os negros começaram a se aproximar e a se respeitar. Eles se uniram em uma grande corrente e aprenderam a respeitar suas diferenças e igualdades. Aprenderam a respeitar sua cor sem admitir falta de respeito ou mentira em nome da religião, fosse ela a baseada nos orixás ou no alcorão. ⤵CONTINUA NOS COMENTÁRIOS⤵

Sou filho de Zé Pilintra, tenho que me orgulhar. Quem não pode com mandinga, não carrega patuá. 🙏

🎬 Indicação de filme: A cabana :
Baseado no best-seller “A Cabana” apresenta a jornada espiritual de um pai. Depois de sofrer uma tragédia familiar, Mack Phillips entra em uma profunda depressão, que o faz questionar suas crenças mais íntimas. Diante de uma crise de fé, ele recebe uma carta misteriosa que o convida para ir a uma cabana abandonada no deserto de Oregon. Apesar das suas dúvidas, Mack vai à cabana e encontra um enigmático grupo de estranhos liderados por uma mulher chamada Papai. Por meio deste encontro, Mack encontra verdades significativas que irão transformar o seu entendimento sobre a tragédia que abalou sua família e sua vida mudará para sempre. Um filme que vai mudar muito seu pensamento. Já assistiu ? Conta pra gente o que você achou. 😊👇

🌺🌿🌺🌿Bom dia!
Que Deus nos conceda a graça de viver e sentir a vida, que Ele nos faça entender que problemas se resolvem pela nossa sabedoria ... paciência e confiança e que o florescer de cada dia depende muito da nossa vontade de vencer ... que Deus nos conceda um dia de paz !

Bate forte o tambor
Chama os eres e também os caboclos
Chama cigana e também malandro
A bença da vovó e do vovô 🎶 (Saravá - Funk Buia & Arcanjo Ras feat. Paula Pretta)
Trabalho incrível, gratidão irmão @arcanjoras 🙏

Certa vez um jornalista fez a seguinte pergunta a Chico Xavier:
—Chico, poderia nos contar um fato ou uma passagem de sua vida que lhe traz melhores recordações e que mais lhe tocou o coração?
Chico Xavier Respondeu:
— Peço permissão para contar um caso que para mim foi um dos mais expressivos, que mais parece uma história infantil. Eu estava em Uberaba, há uns dois anos, esperando um ônibus para ir ao cartório. Da nossa residência até lá tem uns três quilômetros. Nós, com o horário marcado, não podíamos perder o ônibus. Mas, quando o ônibus estava quase parando, uma criança, de uns cinco anos, apresentando bastante penúria, grita para mim, de
longe. Chamava por Tio Chico, mas com muita
ansiedade. O ônibus parou e eu pedi, então, ao motorista: “Pode tocar o ônibus, porque aquela criança vem correndo em minha direção e estou supondo que este menino esteja em grande necessidade de alguma providência.” O ônibus seguiu, eu perdi, naturalmente, o horário. A
criança chegou ao meu lado, arfando, respirando com muita dificuldade. Eu perguntei: “O que aconteceu, meu filho?” Ele respondeu: “Tio Chico, eu queria pedir ao senhor para me dar um beijo”. Esse eu acho que foi um dos acontecimentos mais importantes de minha vida. 🔸Fonte: Jornal Estado de Minas –entrevistas publicadas em julho de 1980🔸

Cada Caboclo emite um som, de acordo com o trabalho que vai realizar, criando condições que facilitem a incorporação e liberando bloqueios energéticos dos médiuns e consulentes. Os assobios traduzem sons básicos das Forças da Natureza, dão um impulso no campo magnético (corpo espiritual) do médium para direcioná-lo corretamente, liberando-o de cargas negativas, larvas e miasmas astrais. Nos consulentes, produzem igual efeito. Os Caboclos incorporados também costumam estalar os dedos, bater no peito e estender o braço na direção do Altar. Tudo isto tem um significado magístico-religioso:
🔹Estalar dos dedos - Nossas mãos têm vários terminais nervosos que se comunicam com os sete chacras principais e com os chacras menores do nosso corpo. O estalar dos dedos se dá sobre o Monte de Vênus (a parte gordinha da palma da mão) e reequilibra a rotação e a frequência de todos os chacras que voltam a funcionar plenamente. O equilíbrio vibracional gera a consequente descarga de energias desequilibradas (“negativas”). Ao estalar os dedos, o Caboclo provoca essas reações no campo magnético do médium ou, conforme o caso, descarrega o campo do consulente. Ao estalar os dedos da mão esquerda, ele absorve negatividades e faz uma limpeza energética; e quando estala os da mão direita, ele irradia cargas altamente positivas e reenergiza, acalma, cura etc.
🔹Bater no peito - Com isso, o Caboclo ativa o chacra Cardíaco do médium e equilibra suas emoções, possibilitando uma sintonia mais apurada com o medianeiro e a efetivação de um bom trabalho espiritual.
🔹Estender os braços (ou um braço) para o Altar - Com esse gesto, o Caboclo lança uma “flecha energética” que ativa os Poderes e Forças assentados e firmados no Terreiro, conforme a necessidade do trabalho espiritual a realizar.
Esses procedimentos criam um grande centro de Forças que facilita o amparo aos consulentes, ao próprio Terreiro e a toda a corrente mediúnica.

A fumaça que sai do meu cachimbo,forma nuvens quando encontra o céu,e das lágrimas que me caem do rosto,nascem rios que correm sem gosto,formando na terra o mais belo ilhéu.

Sou preto, sou velho, fui escravo,
fui por Deus coroado.

Hoje espalho no mundo mensagens de fé,
trazendo esperança com minha humildade,
deixando sementes de caridade,
secando a mentira e regando a verdade.

Trago comigo arruda e guiné,
caminho descalço em cima de espinho,quebro mironga e curo doença,habito cabana ao pé de cruzeiro,trabalho aqui e no mundo inteiro.

Sou preto, sou velho, fui escravo,
venho por Deus ordenado

Se eu te dissesse que nem todo mundo que está ao seu lado é seu amigo você ficaria triste? Eu imagino que sim, mas acho que você já sabia disso. E se eu te dissesse que pelo menos uma pessoa a sua volta seria capaz de te consolar, amar, implicar, e te proteger, nisso você acreditaria ?! Pois bem, você tem, e o melhor você pode ser essa pessoa na vida de alguém. AMIZADE daquelas que você sabe que pode confiar de olhos fechados, aquela pessoa que não tem seu sangue mas Deus permitiu que fossem irmãos de alma. Duas vidas, dois corações, historias diferentes, ou talvez parecidas, idades iguais ou quem sabe idades completamente diferentes. SINTONIA é a palavra que une o coração daqueles que se encontraram nessa vida, para serem luz uns para os outros, gratidão a todos os meus amigos, gratidão por cada vez que enxugaram minhas lagrimas, gratidão por cada vez que comemoram minhas vitórias, e se Deus e todos os Orixás permitirem, que esse reencontro dure por mais muitas vidas. " 🍀🙏❤ Quem me dará um ombro amigo quando eu precisar? E se eu cair, se eu vacilar, quem vai me levantar? Sou eu, quem vai ouvir você, quando o mundo não puder te entender, foi Deus, quem te escolheu pra ser o melhor amigo que eu pudesse ter. Feliz dia do amigo #20dejulho #diadoamigo #repostumbandanaalma

Most Popular Instagram Hashtags