[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#vaginose

64 posts

TOP POSTS

Vaginose bacteriana, você sabe o que é? No vídeo falo um pouco sobre esse problema muito comum nos consultórios. #DraVeruskaAndradeDeMendonça #Vaginose #Ginecologia

O que é corrimento?! O termo técnico é Leucorréia e ela pode se apresentar de diversas formas, causando diferentes sintomas na mulher. A queixa pode ser um prurido, ou mal cheiro, uma ardência local ou até mesmo dor na relação sexual.
A cor e a consistência da secreção também se modifica dependendo do agente causador da infecção.
A Leucorréia também pode ser de causa fisiológica e o seu aspecto se modificar de acordo com o ciclo menstrual e hábitos íntimos.
Quando a mulher perceber uma secreção vaginal de aspecto diferente, procure o(a) Ginecologista para que seja realizado o diagnóstico correto e o tratamento mais adequado!
Dra. Bianca Muradas Couto
Clínica Maternità#corrimentovaginal #candidiase #vaginose #leucorreia #dispareunia

MAU CHEIRO: O mau cheiro após a relação sexual pode ser um sinal da presença da bactéria 'Gardnerella vaginalis'
▫️Após a relação, o sêmen do parceiro torna o Ph vaginal menos ácido, havendo liberação de aminas voláteis que causam o odor fétido (semelhante a "peixe podre") ▫️Caso esteja com esse sinal procure seu Ginecologista para ser examinada ▫️O problema se chama Vaginose bacteriana, tem cura e tratamento com antibióticos via oral ou vaginal, conforme o caso
Por Dra. Mariana Camargo
#Ginecologia #Vaginose #SaúdedaMulher #WomensHealth

Hoje tem dobradinha de postagens no facebook, série da TPM e uma série da Vaginose Bacteriana!!!! Entre e curta : facebook.com/LigaSaudeMulher #tpm #vaginose #mulher #sigodevolta

Trata-se de uma infecção bastante comum que surge por conta de desequilíbrio da flora vaginal. Os sintomas incluem odor forte, semelhante ao de peixe podre, e aumento da secreção vaginal, que pode ser de cor branca ou meio acinzentada.
Configura alguns cuidados para prevenir a doença: *
⚪Evitar duchas vaginais.
⚪Não utilize perfumes no local.
⚪Evite roupas justas ou de material sintético.
⚪Procure não usar calcinhas estilo fio dental, já que promovem contato quase direto entre a região anal e genital, facilitando a proliferação de bactérias.
⚪Experimente dormir sem calcinha, pois a vagina precisa “respirar”.
⚪Use sabonetes íntimos de forma moderada.

#DraFernandaBarreto #Irecê #IreceBA #Irece #IreceBahia #IreceGinecologia #morrodochapeu #Saudedamulher #mulher #Vaginose

A Gardnerella Vaginalis e a Gardnerella Mobiluncus sp são duas bactéria que normalmente vivem na vagina sem causar qualquer tipo de sintoma. No entanto, quando se multiplicam de forma exagerada, podem causar uma infecção conhecida popularmente como vaginose bacteriana, que levam à produção de corrimento acizentado e odor fétido.

Sintomas: 🔺Corrimento amarelado ou acizentado;
🔺Odor fétido, semelhante a peixe podre;
🔺Coceira ou sensação de queimação na vagina;
🔺Dor durante as relações sexuais.

A Gardnerella Vaginalis e a Gardnerella Mobiluncus sp são duas bactéria que normalmente vivem na vagina sem causar qualquer tipo de sintoma. No entanto, quando se multiplicam de forma exagerada, podem causar uma infecção conhecida popularmente como vaginose bacteriana, que levam à produção de corrimento acizentado e odor fétido.
Sintomas:
🔺Corrimento amarelado ou acizentado;
🔺Odor fétido, semelhante a peixe podre;
🔺Coceira ou sensação de queimação na vagina;
🔺Dor durante as relações sexuais.

#gardnerella #vaginose #doencas #saudedamulher #saude #infeccao #ginecologia #ginecologista #nubiafontesginecologista #nubiafontesgineco

MOST RECENT

Amigos da Gina, recebi de uma seguidora:
“Gina, minha vagina sempre teve um cheiro estranho. Mas nunca me incomodou, só que agora comecei a pensar se isso pode indicar alguma doença... Você pode me ajudar?”
Claro que a Gina pode ajudar!! Diferente do que muitos pensavam... Nem todo odor é sinal de uma doença. Na vagina costumamos ter uma microbiota (“flora”) residente que, na maioria das vezes, é composta por Lactobacillus, vocês já ouviram falar, né? No entanto, podemos ter a presença de outras duas bactérias de nomes estranhos: Megaesphaera e Laptotrichia que produzem metabólicos que podem deixar a vagina com odor desagradável, e, acredite, esse odor pode ser fisiológico e não ser sinal de doenças se ele vier isolado.
Mas, caso esse odor esteja associado a outros sinais e sintomas, como corrimento vaginal e coceira, podemos suspeitar de Vaginose Bacteriana e ser necessária uma investigação. Já que, nesses casos, a proliferação de bactérias é nociva e com a presença de bactérias transitórias que são patogênicas como a Gardnerella Vaginalis.
Então, qualquer modificação que você não esteja acostumada, procure um médico!!
Beijos da Gina!
Referências: Referências: Iara Moreno Linhares, Paulo Cesar Giraldo, Edmund Chada Baracat. Novos conhecimentos sobre a flora bacteriana vaginal. 2010.

#medicina #medlife #ginecologia #odorvaginal #vaginose

A Gardnerella Vaginalis e a Gardnerella Mobiluncus sp são duas bactéria que normalmente vivem na vagina sem causar qualquer tipo de sintoma. No entanto, quando se multiplicam de forma exagerada, podem causar uma infecção conhecida popularmente como vaginose bacteriana, que levam à produção de corrimento acizentado e odor fétido.

Sintomas: 🔺Corrimento amarelado ou acizentado;
🔺Odor fétido, semelhante a peixe podre;
🔺Coceira ou sensação de queimação na vagina;
🔺Dor durante as relações sexuais.

A Gardnerella Vaginalis e a Gardnerella Mobiluncus sp são duas bactéria que normalmente vivem na vagina sem causar qualquer tipo de sintoma. No entanto, quando se multiplicam de forma exagerada, podem causar uma infecção conhecida popularmente como vaginose bacteriana, que levam à produção de corrimento acizentado e odor fétido.
Sintomas:
🔺Corrimento amarelado ou acizentado;
🔺Odor fétido, semelhante a peixe podre;
🔺Coceira ou sensação de queimação na vagina;
🔺Dor durante as relações sexuais.

#gardnerella #vaginose #doencas #saudedamulher #saude #infeccao #ginecologia #ginecologista #nubiafontesginecologista #nubiafontesgineco

É um tipo de inflamação do canal vaginal proveniente do desequilíbrio da flora vaginal com o aumento da proliferação de uma bactéria chamada de gardnerella vaginalis. Esse corrimento é caracterizado por secreção amarelada com odor fétido, mas pode ser tratada facilmente com o uso de antibióticos.

Você deverá procurar um médico ginecologista caso apresente sintomas vaginais.

Na semana passada falamos sobre algumas doenças que causam corrimento vaginal e são bastante comuns no consultório. Para fechar o tema, hoje nosso assunto é a Vaginose, uma infecção genital causada por bactérias. A infecção se inicia após um desequilíbrio na flora vaginal, o que permite que as bactérias que já existem no nosso corpo se proliferem. O quadro é mais comum em mulheres em idade fértil 👱. O diagnóstico da vaginose é feito durante o exame ginecológico, a partir da queixa da paciente, a qual deve se atentar para alguns sintomas clássicos como corrimento amarelo-acinzentado, odor forte e desagradável e pequenas bolhas na região. Não há sinais inflamatórios e coceira como na Candidíase e na Tricomoníase. Durante a menstruação e após relação sexual os sintomas podem aumentar. ✔ Não é considerada uma DST, porém pode haver desequilíbrio da flora vaginal durante a relação sexual e isso ocasionar os sintomas. #ginecologia #gineco #vaginose #infeccaovaginal #corrimento #bacterias #exameginecologico #mulher #saudedamulher

Ao longo dessa semana vamos conversar sobre algumas doenças que causam corrimento e atingem muitas pacientes. Elas podem ser diagnosticadas durante exames ginecológico a partir das queixas durante a consulta. As três principais são a Candidíase, a Vaginose e a Tricomoníase. Vamos começar pela mais comum: a Candidíase. 👉Você sabia, por exemplo, que 75% das mulheres já tiveram ou terão em algum período de sua vida um episódio de candidíase vaginal? Ela é uma infecção fúngica que atinge tanto mulheres quanto homens e é extremamente comum, podendo ocorrer nas mais diversas faixas etárias, e por uma série de motivos. O culpado é o fungo Cândida 👿que já existe em pequenas quantidades no organismo da mulher, e que vive em equilíbrio com a flora vaginal. O problema começa quando, por algum fator, acontece o desequilíbrio, levando aos sintomas. 👉Os sintomas típicos são coceira, irritação😫, edema, dor no local, corrimento branco com grumos e sem cheiro. Como a vagina é quente e úmida, podemos dizer que é o ambiente perfeito para o fungo se propagar. No entanto existem alguns fatores que podem facilitar o surgimento da doença, ‼️como o uso de antibióticos de largo espectro, que matam as bactérias saudáveis da vagina; o aumento do nível de estrogênio, por exemplo, em gestantes ou mulheres que tomam altas doses de estrogênio; e o consumo excessivo de doces e carboidratos em geral, sendo comuns em pacientes diabéticas descompensadas. ✔✔ #ginecologiaeobstetricia
#ginecologia #saudedamulher #OMS #mulher #infeccoesvaginais #candidiase #candida #vaginose #tricomoniase #cuidese #cuidados #NutrindoIdeais #Ultrababy

✍✍ O corrimento é um conteúdo produzido pela vagina e muitas pacientes ficam em dúvida se é algo normal (fisiológico) ou um indício de alguma infecção. Quando normal, a secreção varia de translúcida a esbranquiçada, sem grumos e possui um odor típico, não muito forte, variando de acordo com o ciclo menstrual. Quando se trata de corrimentos infecciosos, a secreção pode ter uma coloração e um odor diferentes e causar incômodos no local e durante a relação sexual. Os processos infeciosos mais conhecidos são a candidíase, a tricomoníase e a vaginose bacteriana. Em casos de dúvidas ou ao primeiro sintoma, procure o seu ginecologista 🙋🙋#ginecologiaeobstetricia #NutrindoIdeais #gineco #corrimentos #infeccoes #saudedamulher #OMS #cuidese #Ultrababy #candidiase #tricomoniase #vaginose

[LACTOBACILLOS CRISPATUS E A SAÚDE VAGINAL]

Os lactobacilos são, normalmente, os micro-organismos mais prevalentes no conteúdo vaginal de mulheres saudáveis. Estes exercem importante influência no ecossistema local ao protegerem a mucosa contra o estabelecimento de patógenos, incluindo aqueles associados à vaginose bacteriana, o tipo de vaginite mais comum entre as mulheres em idade reprodutiva. Isto ocorre, principalmente, devido à capacidade dos lactobacilos aderirem às células epiteliais vaginais e devido à inibição do crescimento de patógenos.

A existência de estudos que investigam a melhor alternativa para o tratamento desta infecção é consequência das baixas taxas de cura e dos altos índices de recorrência reportados com os tratamentos atualmente preconizados.
Um trabalho recente investigou in vitro e in vivo as propriedades probióticas de duas amostras de Lactobacillus crispatus isoladas do ecossistema vaginal de mulheres saudáveis, uma vez que esta espécie, frequentemente, predomina nesse microambiente. Após a investigação, uma das amostras foi selecionada para os ensaios in vivo, pois melhor expressou produção de substância(s)antagonista(s), hidrofobicidade da superfície celular e perfil de susceptibilidade aos antibióticos testados. O uso do modelo murino de vaginose bacteriana em camundongos convencionais permitiu observar que houve proteção contra a infecção experimental com Gardnerella vaginalis ATCC® 14018, evidenciada pela redução nas lesões histopatológicas provocadas por esta bactéria.

Interessante né? Consulte sempre um profissional atualizado e especializado no tema! #vempraphytos

Fonte: RODRIGUES, K. C. Potencial probiótico de Lactobacillos crispatus isolados do ecossistema vaginal de mulheres saudáveis em menacme.
#farmaciademanipulacao #saude #phytosformula
#probiotico #biologia #lactobacillos #lactobacilloscrispatus #imunidade #vaginose #suplementacao #ginecologia #nutraceuticos #nutrologia #nutrição #bioquimica #biologos #vida

A vaginose é uma infecção genital causada por bactérias. Uma de suas principais características é a presença de forte odor desagradável principalmente durante a menstruação. Esse é um problema que pode ser tratado com medicamentos manipulados. Consulte o seu Ginecologista! #vaginose #ginecologia #saúde #mulher #candidiase #infecçãogenital #ciadafórmula #mossoró

√ Quando há um desequilíbrio na flora bacteriana, existe uma queda dos microorganismos benéficos ao nosso organismo. Isso é chamado de Disbiose.

Vamos conhecer um pouco mais sobre Disbiose Vaginal? 💁

❗Um quadro de Disbiose Vaginal está associado a doenças como vaginoses bacterianas e candidíase. A vaginose bacteriana é uma infecção genital causada por bactérias, geralmente Gardnerella Vaginalis. A candidíase é uma infecção vaginal causada por fungos do gênero Candida.

🔹 As características da vaginose bacteriana são: desconforto na vulva;o aparecimento de secreções; a ocorrência de odor desagradável. •
➡Já a candidíase apresenta como sintomas: corrimento esbranquiçado, coceira e escoriações na região vulvar, além de coloração vermelha na vagina.

Alguns alimentos com alto níveis de açúcar, leite e derivados, alimentos com conservantes e com álcool favorecem a disbiose e em consequência vaginoses e o crescimento dos fungos que causam candidíase. 🍷☕🍻🍞🍦🍮⬇

Recomenda-se uma dieta com baixo índice glicêmico, frutas, legumes e verduras. Alguns alimentos como cravo, canela, cravo, tomilho, alho, orégano e gengibre são fungicidas naturais e forte aliados no tratamento.🍎🍓🍲🍝⬆

O ginecologista irá te orientar o tratamento mais adequado e eficaz!✌👊😉
#dralucimar #gineco #saúde #vaginose #candida #alimentos #nutricaofuncional

A vaginose é uma infecção genital causada por bactérias. A vaginose é a causa mais comum do corrimento genital e a segunda causa da candidíase. Uma de suas principais características é a presença de forte odor desagradável principalmente durante a menstruação. A vaginose é tratável! Consulte o médico ginecologista.
#ciadafórmula #mossoró #saúde #vaginose #ginecologitsa #mulher #manipulados

+++ Eine Vaginal-Infektion ist kein Tabu-Thema. +++ Wenn Krankheitserreger oder ein geschwächtes Immunsystem die natürliche Bakterienkultur aus der Balance bringen, dann kann das zu unangenehmen Symptomen wie Brennen und Juckreiz führen.

Doch zum Glück gibt es jetzt schnelle Hilfe durch das octenisept® Vaginaltherapeutikum mit dem Wirkstoff Octenidin. -------------------------
Pflichttexte zu zugelassenen Arzneimitteln gem. § 4 HWG

octenisept® Vaginaltherapeutikum - Arzneilich wirksame Bestandteile: Octenidindihydrochlorid, Phenoxyethanol (Ph.Eur.). - Anwendungsgebiete: Antiseptikum zur Behandlung von Vaginalinfektionen. Linderung der Symptomatik bei bakteriell bedingtem Juckreiz, Brennen und Ausfluss im Vaginalbereich. - Warnhinweise und Vorsichtsmaßnahmen für die Anwendung: octenisept® Vaginaltherapeutikum nicht in größeren Mengen verschlucken oder in größeren Mengen in den Blutkreislauf, z.B. durch versehentliche Injektion, gelangen lassen. Zu Risiken und Nebenwirkungen lesen Sie die Packungsbeilage und fragen Sie Ihren Arzt oder Apotheker!

Most Popular Instagram Hashtags