[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#reflexaodemae

MOST RECENT

Cadê as meinhas que estavam aqui? .
Eu cresci com os pés descalços e minha mãe dizendo para eu colocar os chinelos, pois o chão estava frio. No interior, íamos da casa da vó à casa da tia à casa da madrinha sem calçado. O asfalto às vezes queimava e corríamos até o piso do alpendre, onde os deixávamos esfriarem com alívio. Todas férias, o tampão do dedão encontrava aquela saliência da calçada da vizinha. Era um dor enorme. Só não era maior que a dor de esquecer que já havia arrancado o tampão e bater de novo. Dor dupla.
Aí a gente cresce. Tem filhos. Vai morar num lugar frio. Amélie começou a andar em dezembro. Invernão. Pezinho sempre coberto. Ela sempre protestou.
Eu sei que faz bem deixar os bebês andarem descalços. É assim que eles percebem a diferença de um piso pro outro. Textura, temperatura, maciez. Os pés vão formando seus contornos.
Hoje, ela tirou as meinhas. E me apareceu assim, descalça. Toda feliz. Eu deixei.
Enquanto mamava, ela apertou toda a planta de um dos pés. Depois, ficou brava quando um pedacinho minúsculo de casquinha de cebola grudou nele. Sentou e foi lá com os dedinhos e muita concentração tirar o intruso que a incomodava. .
Pé descalço para mim é infância, liberdade, casa de vó. É férias, coisa boa, aventuras.
Ela me fez lembrar de tudo isso hoje. Com os pezinhos nus e um sorriso no rosto. .
.
.
#bonjourmamae #motricitelibre #motricidade #desenvolvimentomotor #pesdescalços #vidadeinterior #infância #primeirainfancia #maternidade #maternidadereal #maternar #momlife #motherhood #vidademae #reflexaodemae #toddler #babygirl #15mois #15meses #15monthsold

Pedro está numa fase muito gostosa, aprendendo a falar tudo, do jeitinho dele muito fofo haha. Além disso ele é muito carinhoso, acorda pedindo beijo e abraço, acho isso muito muito muito lindo (coisa de mãe babona).
Faz caretinha engraçada e a gente morre de rir.
Não tem como não morrer de amores por uma coisinha tão pequenininha mas que já tem vontades próprias , e sai correndo pela casa chamando papai e mamãe pelo nome, e até de MÔ porque escuta agente se chamar assim, me pergunto como seria nossas vidas sem ele? Acho impossível imaginar, não viveria sem você nosso pacotinho de alegria e amor!!! ❤
.
Boa noite instatitias 💚 .
#instatitias #maternidadereal #familia #reflexaodemae #maternidadeamada

Eu pensei muito em não postar essa foto. Pelo simples fato de não estar nos padrões que a sociedade impõe. Triste. Muitas mães não se aceitam depois da gestação e as vezes eu dou umas "bugadas" dessas. Nos últimos dias eu to praticando constantemente o #seame, mesmo achando meu novo eu beeem longe do que eu quero pra mim. Eu tento me sentir bem, me amar, ir devagar... não é fácil, mas o que posso dizer é que esse corpo ai carregou outra vida dentro de si e hoje o mínimo que posso sentir é amor por ele e agradecer a Deus por esse milagre. 💖 Chega de neuroses! Bora curtir e se sentir linda e bela. 😘

Ps. O marido acha que to gata. 😍 Me ama muito! .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
#depoisdagestacao #mae #mom #reflexaodemae #demaepramae #mulher #seame #verdadesdemae #corpoperfeito #amorproprio #depoisdoparto #maternidadereal #maternagem #maedeprimeiraviagem #maedemenina #maecoruja #dezmeses #posparto

VOCÊ NÃO É ESSA MÃE
Você não é essa mãe sempre arrumada e impecável, você não é essa mãe linda desde a hora que acorda até a hora que vai dormir, você não é essa mãe super paciente e equilibrada, que mostram nas novelas, você não é essa mãe cheia de tempo para ir ao shopping e fazer sessões de massagem relaxante, você não é essa mãe que consegue ser paciente em todos as situações.

Essa mãe irreal, que mostram na TV e na vida virtual que vemos por aí, não existe, isso mesmo. Essa mãe não existe! Essa mãe super equilibrada, impecável, cabelo sedoso e unhas feitas, ela é apenas um padrão, que algumas pessoas impõe para a maternidade. Mas que padrão é esse? Porque as mães precisam seguir um padrão, se ele nem existe e nunca existirá.

Esse padrão não serve pra nada, aliás só serve para nos fazer sentir a culpa de não ser a "mãe perfeita".

Hello!

Tem futuros pais por aqui? Gravidinhas? Futuro papai? Tem alguém aí? 🤓

Seguinte: leiam bem essa charge e prestem atenção no que vou lhes dizer.

A maternidade (especialmente) e a paternidade são romantizados por demais!

Naquele sonho pelo primeiro filho, começamos a ler muitas coisas e de todos os tipos, mas o fato é que só gravamos efetivamente aquele que agrada, ou seja, que tudo é lindo, que é a melhor coisa do mundo, que não há amor igual a de um filho, etc e tal. E realmente, isso tudo é pura verdade.

Mas é importante estar atentos à realidade. Um filho exige DEMAIS dos pais e cada fase tem seus seus dois lados.

É incrivelmente bom ter um bebê, um filhinho pra chamar de seu! E isso também é incrivelmente trabalhoso. E é fato que vocês dormirão menos, comerão menos (mamãe tem que comer pra amamentar, esforce-se!), descansarão menos e curtirão menos a vida que tinham por um bom período. Se serve de exemplo, eu e meu marido só estamos realmente começando a aproveitar alguns programas que fazíamos antes, agora que minha filha está com quase 3 anos. Mas sobre isso posso dar detalhes em outro post.

Eu não estou aqui pra assustar ninguém. Estou sendo realista. Quando eu tive a minha filha percebi que muita coisa tinham deixado de me contar. Mas me contar de verdade,sabe? Me puxar pra sentar e falar a real. Ninguém fez isso comigo. Não posso te puxar pelo braço mas estou te mandando a real. •
Não quero que você se assuste 😬rs. Quero que você saiba pra onde está indo e se prepare. Assim nada do que vier será surpresa. E então você conseguirá aproveitar até mesmo os perrengues que esta fase lhes reserva! 😅

Sejam mães! Seja pais! Apesar dos pesares é a melhor coisa do mundo e hoje eu não me imaginaria passando por esta vida sem ter provado esta vitalícia experiência.
.
.
.
.
.
#maternidadereal #maternidadelovers #paternidadereal #filhos #reflexaodemae #sejampais

Respostando esse texto lindo da minha amiga Mariana, com quem sempre me identifico tanto... 😍 não deixem de ler!
#Repost @bonjour.mamae (@get_repost)
・・・
O amor de mãe e pai por um filho pode ser algo tão poderoso que é preciso ter cuidado para que ele não se torne um obstáculo para eles. Desde que minha pequena nasceu, experimentei um amor tão forte, que jamais havia imaginado sentir. Junto dele veio o medo de perdê-la, a dor ao vê-la sofrendo, o receio de que ela se machuque. Mais recente, a cada passo que ela dava, lá estava eu atrás para que ela não caísse. Meu coração acelerava a cada vez que ela batia a cabeça em algum lugar. .
Observando a sua aula de natação, percebi que algumas crianças da mesma faixa de idade já subiam os degraus do tobogã, se sentavam e desciam sozinhas. Os pais apenas as colocavam para fora da piscina e os esperavam descer dentro da água.
Me dei conta de que se fosse comigo eu ia estar lá segurando a mão dela até ela se sentar para não correr o risco de escorregar e cair. Vi uma ou outra mãe fazendo o mesmo.
Acredito ser normal. Queremos proteger, queremos evitar todo machucado, dor, frustração. E este é o perigo. Não podemos fazê-lo. Mais que isso: não devemos fazê-lo. .
É preciso deixá-los ir. Deixá-los descobrir o caminho de suas vidas. Em algum momento, nos transformaremos em singelos expectadores, quando muito conselheiros. As quedas acontecerão. A dor e o sofrimento também. Não há como evitar. Mas todos passamos por isso. .
Eles são capazes desde pequenos de muitas coisas. Se damos a oportunidade, recebemos em troca surpresas maravilhosas. .
É preciso trocar o medo pela confiança e as mãos que tentam evitar a queda pelos olhos que observam encantados cada novo passo dado sem ajuda. .
#bonjourmamae #maternidade #maternidadereal #criacaocomapego #attachmentparenting #reflexaodemae #vidademae #momlife #motherhood #aprendendoasermae #maedeprimeiraviagem #toddler #autonomiainfantil #preparandoparaavida #sentimentodemae #amordemae #momlove #firstkid #15mois #15monthsold #15meses #firststeps #primeirospassos #bpmkids

O amor de mãe e pai por um filho pode ser algo tão poderoso que é preciso ter cuidado para que ele não se torne um obstáculo para eles. Desde que minha pequena nasceu, experimentei um amor tão forte, que jamais havia imaginado sentir. Junto dele veio o medo de perdê-la, a dor ao vê-la sofrendo, o receio de que ela se machuque. Mais recente, a cada passo que ela dava, lá estava eu atrás para que ela não caísse. Meu coração acelerava a cada vez que ela batia a cabeça em algum lugar. .
Observando a sua aula de natação, percebi que algumas crianças da mesma faixa de idade já subiam os degraus do tobogã, se sentavam e desciam sozinhas. Os pais apenas as colocavam para fora da piscina e os esperavam descer dentro da água.
Me dei conta de que se fosse comigo eu ia estar lá segurando a mão dela até ela se sentar para não correr o risco de escorregar e cair. Vi uma ou outra mãe fazendo o mesmo.
Acredito ser normal. Queremos proteger, queremos evitar todo machucado, dor, frustração. E este é o perigo. Não podemos fazê-lo. Mais que isso: não devemos fazê-lo. .
É preciso deixá-los ir. Deixá-los descobrir o caminho de suas vidas. Em algum momento, nos transformaremos em singelos expectadores, quando muito conselheiros. As quedas acontecerão. A dor e o sofrimento também. Não há como evitar. Mas todos passamos por isso. .
Eles são capazes desde pequenos de muitas coisas. Se damos a oportunidade, recebemos em troca surpresas maravilhosas. .
É preciso trocar o medo pela confiança e as mãos que tentam evitar a queda pelos olhos que observam encantados cada novo passo dado sem ajuda. .
#bonjourmamae #maternidade #maternidadereal #criacaocomapego #attachmentparenting #reflexaodemae #vidademae #momlife #motherhood #aprendendoasermae #maedeprimeiraviagem #toddler #autonomiainfantil #preparandoparaavida #sentimentodemae #amordemae #momlove #firstkid #15mois #15monthsold #15meses #firststeps #primeirospassos #bpmkids

Eu sei, nem sempre é fácil.

Às vezes a gravidez não foi planejada. Às vezes sua saúde não é de ferro. Você pode ter sido abandonada, ou pode ter sido limitada ou “parada” na realização do seu sonho.

A vida é uma caixona de surpresas e a maternidade não é diferente.

Às vezes eu me sinto tão cansada. Dai eu choro. Sozinha. Desabafo. Faço algumas perguntas pra Deus, respiro e sigo em frente.

Às vezes eu não entendo o que estou sentindo. Me sinto confusa e até culpada por sentimentos que o cansaço do dia a dia me proporciona.

Mas dai, eu olho pro lado, minutos depois e entendo que não importa como eu me sinta. Importa que eu tenho comigo. E então a paz vem. O aconchego vem. E até uma vergonha do que acabara de sentir vem também.

A vida é feito de momentos e sentimentos de todos os tipos. Nunca estaremos isentos de sentir até mesmo o sentimento que mais repudiamos. A diferença está em como você lida com isso.

Eu me canso e me irrito. Mas também me alegro e me encho de amor pelo mesmo motivo: a maternidade.

O mais importante é não perder esse brilho no olhar por aquilo ou aquele(a) que nos faz felizes.
.
.
.
.
#reflexaodemae #maternidadereal #maternidadelovers

Sai e deixei o baby em casa com minha mãe...
Esse sorriso aí da foto? Só na foto mesmo, rsrsrs, pq por dentro estou um turbilhão de emoções.
Não acho que tenha sido pela saída em si, mas pelo dia.
Hoje saímos de manhã e na volta Miguel mamou um pouco, chegando em casa ele comeu uma banana e uma laranja inteiras... tbm experimentou abobrinha pela primeira vez.
Na sequência tomou banho e, diferente dos outros dias, o coloquei para dormir direto no berço seguindo as dicas da Marina, do canal, @maesatuais.
Dei uma geral na casa e sai... entrei no carro e a ficha caiu: meu bebê não é mais recém nascido, estamos juntos ganhando certa independência.
Me permito refletir no caminho sobre o que fazer... se volto a procurar emprego ou se me permito continuar vivendo essa delicia que é cuidar do meu bebê.
Não cheguei a uma conclusão, mas me dei conta de que não estou pronta para a separação, mas que me sinto feliz por viver essa “liberdade”, gosto dessa de ligar uma música no carro e me conectar comigo mesma.
Talvez, no fundo, eu saiba que eu recebi uma resposta, que é esperar... buscar com o que me ocupar (como fiz hoje) e curtir cada momento com meu pequeno, o que é um verdadeiro privilégio.
Eita, que Deus capricha demais quando abrimos nosso coração!
#reflexaodemae #vidademae #amordemae

As férias estão quase acabando e já ouvi de muita mãe, que agora, terá tempo para si mesma, que agora poderá resolver suas coisas e cuidar da sua vida, pois o filho voltará a escola, onde fica a maior parte do dia.

Bom, primeiro gostaria de deixar registrado que filho não é empecilho, que filho soma e agrega á nossa vida.

Segundo que a escola não é uma babá ou a casa da vovó, onde você pode deixar de vez em quando, por causa de um compromisso.

A escola é sim a continuidade da sua casa, dos valores que você passa para o seu filho, da educação que você dá e dos seus ensinamentos. Por isso, reflita agora, você tem participado da vida escolar do seu filho? E não é só comparecer nas apresentações e sentar na primeira fileira, não. É fazer as tarefas junto, é verificar se o material está em dia, é fazer o lanche junto com a criança, incentivando as comidas saudáveis, é conversar sobre seus amiguinhos, conversar sobre seu dia na escola e sobre as atividades.

Você valoriza apenas o que julga importante ou valoriza e participa de cada conquista do seu filho? Valorize seu filho, enquanto ele é seu! #meumundoinfantil

O puerpério aqui não aconteceu imediatamente após o nascimento do Miguel, mas pegou de jeito quando ele completou 5 meses.
O nome técnico pode não ser esse, mas pra mim a sensação foi a do puerpério.
Passei a questionar minhas habilidades como mãe, mulher, filha, esposa, dona de casa e amiga.
De uma hora pra outra parecia que eu era pouca demais pra tudo que estava acontecendo.
Me perdi de mim e a me reencontrar parecia algo distante e até impossível.
Comecei e terminei varios planos antes mesmo que eles saíssem da minha cabeça.
Achei que não conseguiria... desisti!
Foi aí que, meio que do fundo do poço, comecei a subir...
Subir rumo ao meu reencontro... dei o primeiro passo.
Me dei conta e ACEITEI que algumas coisas não fazem mais parte da minha vida, que preciso de outras.
Percebi que o “ficar em casa cuidando do baby” pode não ser o meu feliz pra sempre... mas o deixar ele sem mim, muito menos.
Arregacei as mangas e decidi sair de um processo que estava pra me matar de tristeza e solidão e aos poucos vou retomando minha vida.
Miguel é e sempre será minha melhor escolha, a melhor parte de mim.... e pra que eu seja a melhor coisa na vida de alguém, preciso antes achar que sou para mim mesma.
É totalmente verdade que o puerpério é algo vivido somente pela mulher, mas é mais verdadeiro ainda que o puerpério só pode ser superado através da força interna de casa mãe, de cada mulher que resolve se perder na maternidade pra se encontrar na realidade.
Por aqui estamos apenas no primeiro degrau desse reencontro, mas com o coração cheio de Deus e a mente cheia de fé de que vai dar tudo certo.
#reflexao #reflexaodemae #puerperio #reencontropessoal #superacao #posparto #vidademae #desabafo #desabafodemae

Um dia ele não vai mais acreditar em heróis. Mas nesse dia eu espero que ele acredite que ele é seu próprio herói. Que ele é o responsável pelo sua alegria, suas vitórias e suas conquistas. Espero ensiná-lo que a alegria dele não depende de ninguém e nem de nenhum bem material. Só depende dele saber ver tudo que ele tem de bom, e correr atrás das coisas que ele quer.

Estou sempre lendo alguma coisa à respeito, prestando atenção nas minhas atitudes para criá-lo com um bom psicológico, fazendo ele acreditar que ele é capaz, mas que precisa tentar, tento ensiná-lo a lidar com as pequenas frustrações dele, para que ele saiba enfrentá-las também na sua vida adulta. Vejo tantas pessoas que passaram por coisas difíceis e se saíram muito bem, em compensação, outros, com pequenas dificuldades são derrotados. Eu acredito que a diferença seja a forma como cada um se vê diante das frustrações, como um ser capaz de superá-las ou não. E penso também, que a forma como são criados pode ajudar, ou atrapalhar, para que a criança, no futuro, seja um adulto confiante e capaz, que seja o herói de si mesmo.

E tem como não projetar os próprios sonhos nos filhos? Eu acho difícil. A gente veste os filhos nos primeiros anos de vida de acordo com nosso gosto. Faz o quarto tendo em vista nossas preferências. Direciona brinquedos e brincadeiras que achamos legais. Sonhamos em ter nossos próprios sonhos realizados por eles.
Não acho esse um comportamento anormal. Vemos nossos pequenos como extensão de nós mesmos. Uma chance de sermos melhores.
Mas e se não for bem assim?
Ao ver a Amélie no piano, eu fiquei cheia de alegria. Eu sempre quis aprender a tocar e se ela gostar, me sentirei realizada. Eu amo Ballet. Fazia aula no Brasil. Se ela quiser dançar, me encherei de orgulho.
Mas pode ser que ela prefira violão ao piano. Ou trombone, violino, bateria, pandeiro. Posse ser que ame salsa, tango, axé. Ou prefira karatê, futebol, esgrima.
E tudo bem. O importante é que ela experimente, goste e faça o que fizer o seu coração bater mais forte. Estarei na primeira fila aplaudindo com certeza!! Porque a projeção que eu faço jamais deve pesar nas escolhas dela. Sei que o importante é estarmos atentos para identificar os gostos genuínos das nossas crianças e tentar desenvolver ao máximo eles.
O que eu gosto pertence a mim. Ela é uma pessoa diferente. Posso ter minhas vontades sobre seu caminho, porém jamais expectativas de que ela as siga. Ela é livre.
As minhas paixões quem deve desenvolver sou eu. A minha realização deve vir através de mim mesma. É duro e injusto colocarmos esse peso em nossos filhos. Assim como os enchermos de atividades educativas e esportivas e não deixar tempo para brincar livremente é péssimo, na minha opinião. Vejo muito hoje crianças que só sabem ter a vida direcionada e não conseguem se entregar ao ócio que nos ajuda tanto a desenvolver a criatividade e o autoconhecimento.
Tentemos preparar menos nossas crianças para “o sucesso” e as deixemos serem crianças e explorarem diversas opções. Deixemos-as livres de nossos próprios sonhos e expectativas para que elas sejam elas mesmas. .
.
#bonjourmamae #maternidade #maternidadereal #maternidadeconsciente #maternar #maternidadeleve #momlife #motherhood #vidademae #reflexaodemae #maedeprimeiraviagem

O ano começou de fato. Depois de alguns dias de descanso, me vi colocando um novo calendário na mesa. Quando voltei ao trabalho, pós licença maternidade, Tomás estava com um pouco mais de 7 meses. Mesmo tempo que já estou de volta à vida corporativa.
Sair de férias me fez pensar muito nesses dois momentos distintos dos últimos meses: o período de quando eu era "só" mãe e, agora, dividindo os papéis. Em ambos a rotina é cansativa, exige muito, tem seus prós e contras. No início achei que não fosse conseguir conciliar. Doía demais (continua não sendo fácil), não me sentia preparada. É aquela velha história que dizem ser "muito mais difícil para nós, do que para eles". Na minha cabeça, não muito tempo atrás, o certo seria ser mãe em tempo integral, pelo menos no primeiro ano do Tomás.
Mas a maternidade veio para me mostrar que não tem certo e errado. Tem o que funciona e o que não funciona. É claro que quando você não tem opção, você se adapta e faz da circunstância a sua realidade. A circunstância me fez perceber que foi importante voltar a trabalhar e concluir que eu não seria completamente feliz do jeito que eu idealizava. Mas também foi igualmente importante para perceber que a minha realidade agora é outra. Outro momento, outras prioridades. E que é necessário, sim, procurar o equilíbrio ao interpretar todos esses papéis.
Continuo nessa busca. Espero riscar com carinho nesse calendário o dia que o encontrar.

Parecia ser um dia normal, mas não foi. O sorriso, às vezes, engana. Engana quem tá do lado de fora, porque o coração sabe bem o que se passa lá dentro.

Essa tal maternidade é mesmo muito doida, a gente tenta buscar equilíbrio, a gente tenta educar da melhor forma, a gente tenta passar valores, a gente tenta, tenta, mas tem dias que parece que todas as tentativas são em vão. Parece que nada que fazemos é certo, parece que estamos errando a cada gesto ou palavra. Parece que tudo que julgamos certo, deu errado. Parece que toda a energia positiva, toda a paciência, toda a força, tudo que existia para seguir em frente, explode, e sai tudo pra fora, gritos, palavras, choros, pensamentos e vontades.

Mas depois do turbilhão, a gente se acalma, volta pro trilho, entra nos eixos e caminha, pra frente, como se nada tivesse acontecido, porque o amor tem poder, o amor fala sempre mais alto, o amor vence qualquer batalha e o amor de mãe é inabalável.
Não fique se achando inferior se um dia você passou dos limites, se um dia falou algo que não deveria ou se um dia pensou algo que não queria. Somos mães, somos mulheres, somos humanas. Podemos e devemos, de vez em quando, colocar nossos sentimentos pra fora, às vezes, conseguimos filtrá-los e eles saem de forma suave, mas tem dias que eles saem saindo, de qualquer jeito, e isso também faz parte da vida de mãe. Mãe é humano!
Texto: @meumundoinfantil
#meumundoinfantil

E ontem teve parabéns de novo! Teve também: amor, amizade, calor humano e muita alegria.
.
Eu tenho os melhores compadres do mundo e o Théo os melhores padrinhos! Ele passará a semana com eles e nós iremos embora hoje. Eu ficarei com o coração na mão, mas com a certeza de que ele não poderia estar em melhor cia.
.
Eles crescem, criam asas e meu pequeno, desde o ano passado, começou a testar suas asas. Gostou tanto, que pediu para repetir. Nosso papel como pais e mães é este: escolher as pessoas ao nosso redor, ensinar em casa o mínimo sobre educação e modos e deixá-los, aos poucos, conhecer o mundo sem nós.
.
Vai meu amor! Tenho certeza que alcançará longos vôos com as asas que nós e Deus lhe demos. Estarei sempre aqui, de braços abertos, no seu retorno.
.
.
.
#reflexao #reflexaodemae #maede3 #maedemenino #maedemenina

Theo dormiu na praia e resolvemos esperar ele acordar para irmos embora. Enquanto eu e meu marido conversávamos uma senhora se aproximou e disse: 👵🏻 Vou me esconder atrás de você!
Eu, um pouco lerda, demorei a entender que ela estava se escondendo de um menino de uns 3 anos que caminhava sozinho à frente. Ela completou:
👵🏻 Ele nunca fica perto, toda hora ele sai sozinho, o outro já se perdeu, sou a vó, to deixando ele assim para ver se ele aprende... 💔
Neste momento, a criança que já havia andado, parado, olhado para os lados, cutucado o chão com os pés, começou a balançar as perninhas como se quisesse fazer xixi... Não aguentei e disse:
🙍🏻‍♀️Ah, mas tadinho! Dá muita dó vê-lo assim...
Ela esperou mais alguns minutos e saiu e, para minha surpresa, foi se esconder atrás de outro guarda-sol... Não vou opinar sobre a ação dela, pq espero que esse seja um lugar de acolhimento e não de julgamento... Mas não consegui deixar de me colocar no lugar daquele menino 😢
Imagine vc, num lugar cheio de novidades, mas desconhecido, vc está com seus amigos ou com alguém que confia mto, de repente vc se distrai com algo mto bacana que viu. Qdo se dá conta percebe que se perdeu do seu acompanhante. Quais sentimentos aparecem? Penso que medo, desespero, abandono, solidão... No mínimo, um frio no estômago e a certeza de que “deu ruim”. Mas vc é adulto, bem ou mal sabe se virar... E uma criança tão pequena? O que será que sente? Será mesmo que depois disso ela irá aprender a “lição” e nunca mais sairá “das vistas” do adulto? Será que essa responsabilidade é dela? Não deveria ser o adulto a olhar e zelar pela criança enquanto ela não tem discernimento do que é perigoso ou arriscado? Penso que é mais fácil colocar a culpa em quem não pode se defender e não consigo acreditar que a responsabilidade seja daquele menino que saiu por aí encantado com o mundo, que talvez agora, seja um tanto mais assustador para ele... #maternidade #maedeprimeiraviagem #theoriasmaternas #reflexaodemae #verao #criancaperdida #empatia #coloquesenolugardooutro #criancatambemegente

E a vida nos envia sinais, sinais de que algo não está bem, sinais de que precisamos viver o presente, sinais para desacelerar, sinais para amar com intensidade e viver cada momento dessa imensidão, que é a vida.

Olhe para o lado, olhe ao seu redor, que sinal consegue enxergar agora? Sinal de que precisa de mais tempo para cuidar de si ou se dedicar mais à sua família. Sinal de que é preciso mudar algumas atitudes, sinal de que é possível amar mais, ser mais gentil, ser mais educado, ser mais equilibrado.

Sinal de que estamos vivendo o presente, sem estar presente, sinal que a correria está alienando nossa intuição e escondendo fatos que estão bem perto de nós.

A vida é agora, abra seu coração e observe todos os sinais que a vida lhe proporciona, eles podem dizer muita coisa.
Texto: @meumundoinfantil
#meumundoinfantil

2017 foi, de longe, o ano mais desafiador da minha vida. Um ano inteirinho exercendo meu papel de mãe. Compreendendo prioridades, limites e limitações. Um ano de ajustes, de entrega, de sorrisos, de descobertas. Mas também de culpa, de medos e de lágrimas. Conheci mais sobre mim mesma, me transformei e ressignifiquei pensamentos, crenças e valores dentro de mim. Ao mesmo tempo que o sentimento é de que nada parecia ter me preparado pra esse ano, absolutamente tudo o que vivi em anos anteriores foram importantes pra chegar até aqui. Se a maternidade foi transformadora pra mim, esse ano, com certeza, marcou esse novo ciclo. Então, o que espero pra 2018 é que a evolução seja constante e os aprendizados ainda maiores. Para todos nós! 🙏🏼🌟 #obrigada2017 #vem2018 #anonovo #gratidao #reflexaodemae

REFLEXÃO DE MÃE
Nessa época do ano, a maioria das pessoas costuma repensar, rever conceitos e refletir sobre a vida, mas você sabia que pode fazer isso todos os dias? E com isso, tornar seus dias mais leves e tranquilos?
Pois é, não é difícil, não é impossível, basta querer, ter foco e perseverança. Se algo te faz refletir é sinal de que precisa de mudança, só você é capaz de mudar a direção da vida que leva, seja forte, firme, tenha atenção e busque o equilíbrio para tomar as decisões, que aparecem pelo caminho. #meumundoinfantil

Most Popular Instagram Hashtags