[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#quemtemmétodotemtudo

279 posts

TOP POSTS

Dessa vez eu não tive paciência pra adiantar uma ou duas semanas, fiz logo pro mês todinho. 😂😂😂
#ciclos #ciclosr3 #quemtemmétodotemtudo

Nada melhor do que mais um dia de estudos concluído com êxito. #acadadiamaisperto
#minhafémelevaadiante
#quemtemmétodotemtudo
#umdiadecadavez
#parahojeoqueédehoje 🙌

Encare o novo, sem medo, sem reservas, sem visões prévias. Arrisque. Enfrente. Habitue-se. Colha. Se você quer mudar seus resultados, mude sua forma de buscá-los. Método de sempre = resultados de sempre. #quemtemmétodotemtudo #fucneles #materialdigital #QueSejaLeveEnquantoDure

Quem ainda está nas pendências aí levantem as mãos rapidinho 🙌 mas depois volte para a sua meta. HAHAHAHAHAHA
Fui!

É bem por aí!!! #quemtemmétodotemtudo

E depois de 02 horas de atendimento, com problemas no Skype e a internet tentando atrapalhar, finalizo o atendimento do dia com sorriso no rosto por ter ajudado e motivado mais uma aluna (futura colega 🙏🏻). Que venha uma semana de muito trabalho e estudo 💟📚📝 #ciclosr3 #vemparaociclos #seoSkypenãoajudaagentedáumjeito #improvisarépreciso #quemtemmétodotemtudo

Aqui não tem desculpa!!!! Pra cumprir o cronograma do @ciclosr3 tem que rebolar! Foto recebida da querida @dandaraf que cumpriu seu Ciclo no caminho da viagem em família! 📚 🚗 #quemtemmétodotemtudo #ciclosnela #sónãopassaquemdesiste #tôemdia

Sábado também é dia de estudar!!!!! Não se convença do contrário. Foto tirada na sala de estudos do sabadão, tentando sempre superar nossos limites e sair depois de todo mundo (17h30min). E aí? Qual será o seu limite hoje?
.
Deixa aqui a sua marca .
.
#quemtemmétodotemtudo #ciclodesábado

E sábado tem mais uma palestra (sim, estou emocionada!!!!!!!). Galera de Santa Maria, o evento ocorrerá dia 29/10, às 14hs, no Hotel Itaimbé. Além da minha participação, outros assuntos serão abordados para quem está querendo buscar dicas de futuro profissional. Mais informações em: https://www.sympla.com.br/1-simposio-direito-fora-da-caixa__94017.

Boraaaaaa espalhar leveza (e ciclos) por aí!
#quesejaleveenquantodure #quemtemmétodotemtudo #palestra

MOST RECENT

Que tal recordar dessa dica que passei para vcs aqui no Instagram? Recebi algumas mensagens pedindo onde ela estava e resolvi repostar.

#Repost @brunadaronch (@get_repost)
・・・
Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA. Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo).

Vi no insta do @nobreconcurseiro e fui no insta da @brunadaronch porque acho que vai ajudar muita gente!! #Repost @brunadaronch (@get_repost)
・・・
Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs

#Repost @brunadaronch (@get_repost)
・・・
Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs1: não tenho critério com cores de marca texto.#concursos #mp #promotordejustiça #foco #estudos

#Repost @brunadaronch (@get_repost)
・・・
Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs1: não tenho critério com cores de marca texto. Obs2: Hj tenho poucos materiais físicos, pois a maioria fi

Olha ai uma informação importante para quem quer concurso!
#Repost @ciclosr3 (@get_repost)
・・・
No Ciclos, nós trazemos um método de estudo que pode ser aplicado para qualquer área e qualquer tipo de concurso! Então, a resposta é SIM! É possível fazer um planejamento do Ciclos para o seu concurso! Não trabalhamos apenas com a área jurídica ou de carreiras jurídicas.
Explicamos um método, baseado em diversos estudos e aplicado também na prática pelos nossos coaches. Analisamos as especificidades de cada concurso, levando em consideração os últimos editais, os perfis das bancas e orientamos na construção da base para o concurso desejado (no caso dos ciclos tradicionais extensivos), ou direcionamos o estudo para uma determinada prova, caso já haja edital aberto (nos ciclos tradicionais intensivos ou no caso da abertura de turmas específicas). Por isso, o atendimento é de extrema importância, pois é nele que podemos trocar experiências com o aluno e deixar o cronograma realmente de acordo com o que se almeja, totalmente personalizado!
Com planejamento e constância, a caminhada de estudos torna-se muito mais leve! 😉

Para mais informações, consultem o nosso site www.ciclosr3.com.br
#quemtemmétodotemtudo #quesejaleveenquantodure #ciclosr3 #ciclosanalistaetécnico #setoranalistaetécnico

No Ciclos, nós trazemos um método de estudo que pode ser aplicado para qualquer área e qualquer tipo de concurso! Então, a resposta é SIM! É possível fazer um planejamento do Ciclos para o seu concurso! Não trabalhamos apenas com a área jurídica ou de carreiras jurídicas.
Explicamos um método, baseado em diversos estudos e aplicado também na prática pelos nossos coaches. Analisamos as especificidades de cada concurso, levando em consideração os últimos editais, os perfis das bancas e orientamos na construção da base para o concurso desejado (no caso dos ciclos tradicionais extensivos), ou direcionamos o estudo para uma determinada prova, caso já haja edital aberto (nos ciclos tradicionais intensivos ou no caso da abertura de turmas específicas). Por isso, o atendimento é de extrema importância, pois é nele que podemos trocar experiências com o aluno e deixar o cronograma realmente de acordo com o que se almeja, totalmente personalizado!
Com planejamento e constância, a caminhada de estudos torna-se muito mais leve! 😉

Para mais informações, consultem o nosso site www.ciclosr3.com.br
#quemtemmétodotemtudo #quesejaleveenquantodure #ciclosr3 #ciclosanalistaetécnico #setoranalistaetécnico

@Regrann from @barbie_superacao - @Regrann from @brunadaronch - Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). - #regrann

#Repost @concurseira_digital (@get_repost)
・・・
#Repost @brunadaronch (@get_repost)
・・・
Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo).

@Regrann from @brunadaronch - Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo).

@Regrann from @brunadaronch - Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs1: não tenho critério com cores de marca texto. Obs2: Hj tenho poucos materiais físicos, pois a maioria fica no me

@Regrann from @brunadaronch - Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs1: não tenho critério com cores de marca texto. Obs2: Hj tenho poucos materiais físicos, pois a maioria fica no me

Muitas pessoas me perguntam qual a melhor maneira de fazer revisões: resumos ou grifos? Já aviso que minha opinião não é nem um pouco imparcial por um motivo básico: simplesmente não gosto de fazer resumo (tenho preguiça, acho cansativo, demorado e improdutivo). Por isso, não quero entrar no mérito deste assunto polêmico. Quando descobri que poderia passar em concurso sem fazer resumo, eu fiquei aliviada (😂). No entanto, ao optar por fazer revisão por grifos, precisei enfrentar outro desafio: grifar apenas palavras importantes no seu material (#linksmentais - amo!). Acredito que muitos de vcs já se depararam com um livro grifado/sublinhado quase na integralidade (veja a foto 02) e, ao fazer a revisão, precisa ler tudo novamente (afinal, vc não sabe o que é importante #quemnunca). Eu lia, grifava e sublinhava sem critério.

Pois bem, eu aprendi com o @ciclosr3 uma técnica muito simplória, mas eficiente demais: VC NÃO PODE USAR O MARCA TEXTO NA PRIMEIRA LEITURA (foto 01). Sabe pq? A primeira leitura é o primeiro contato com a matéria e a tendência é que tudo seja relevante. Então, nesse primeiro contato, vc apenas sublinha o que acha relevante (sim, vai ser muita informação). Ao fazer a revisão, após algumas semanas, vc estará apto a fazer uma leitura mais dinâmica e saberá filtrar (daqueles sublinhados da primeira leitura) as palavras realmente relevantes que devem ser lidas em todas as demais revisões e na véspera da prova (por exemplo, na semana da prova oral, eu consegui revisar todo "Poder Público em Juízo" em um dia só por causa desse critério de grifos das palavras importantes). "Mas, Bruna, como faço essa revisão?" Bom, aí depende do seu método de estudo e da forma que vc se organiza. "E se eu não faço revisão?" Meu amigo(a), vamos rever essa forma de estudar. Eu sempre falo: só não passar em concursos quem desiste e... não revisa 😂 Somente na revisão vc consegue consolidar a matéria e se sentir mais seguro. Ela precisa estar na sua rotina diária. Escolha um método, confia e se joga (#quemtemmétodotemtudo). Obs1: não tenho critério com cores de marca texto. Obs2: Hj tenho poucos materiais físicos, pois a maioria fica no meu Dropbox e em Word (#FUC).

Algumas perguntas sobre @ciclosr3 que tenho recebido.
🌼 Tem material? Não. Pra AFT não tem as famosas FuC's mas somos orientados de como fazê-las.
🌼Como é o acompanhamento? Tem uma entrevista, a primeira, por skype, o restante é por email e o @ricardo_pcavalcante é mega atencioso, responde super rápido.
🌼Quanto pagou? 600.00
🌼Então pago só pelo cronograma? Não, se paga pelo método e isso faz toda diferença.
Você ter dia pra ver matéria nova, revisar e fazer questões faz toda diferença💙
#quemtemmetodotemtudo
🌼Vale a pena? Claro que sim, você vê, rever e rever a matéria, isso te dá confiança, você sente sua evolução.
Só uma coisa, se precisar de um acompanhamento onde o coach manda MSG pra te mandar estudar, cobrando horas de estudos e perguntando como foi o dia, o @ciclosr3 não é pra você.
O ciclos é método, você tem que fazer a parte dura, sentar e estudar, tem que ter disciplina.
Gente, mas vale a pena, vale muitooo!!💙
Qualquer dúvida podem perguntar aqui ou no direct que respondo❤😘
#ciclosR3 #souciclos #quemtemmétodotemtudo #quesejaleveenquantodure

Fico emocionada quando lembro do primeiro atendimento e do cronograma no Word, tendo que pintar cada quadradinho aí #ciclosraiz.

É incrível ver a evolução da Bruna. Lembro da minha esperança de ter no @ciclosr3 uma nova forma de estudar. Eu estava no meio do concurso e apostei todas as minhas fichas em algo que era, naquela época, ainda pouco conhecido. Ah, como valeu a pena.

E quando fui convidada para fazer parte da equipe? Eu era a pessoa mais feliz do mundo. Foi no dia do resultado da oral da AGU. Com o Ciclosr3, descobri como eu poderia auxiliar as pessoas, mostrando um caminho "menos espinhoso". Lembro de cada aluno, cada atendimento e cada sorriso e esperança, quando, ao final, todos diziam: "agora vai dar certo". E as mensagens de avanço e de progressos? Impossível colocar tudo que sinto pelo Ciclosr3​ nesta legenda. A melhor sensação é espalhar a leveza, esse colorido e uma energia maravilhosa por esse Brasil. E agora muitas FUCs sendo feitas, refeitas, reorganizadas e reestruturadas para deixar o caminho mais especial com o #setordemateriais.

02 anos de Ciclosr3 significa 02 anos de leveza, encarando a vida com mais amor, gratidão e com um colorido todo especial. Aos poucos, conseguimos modificar a forma com que as pessoas devem encarar os obstáculos da vida. O que era difícil/torturante/chato, passa a ser um caminho bonito, de aprendizado, cheio de pequenas vitórias e grandes recompensas. Vcs têm noção disso? Sério, é incrível!

Com o @ciclosr3, eu voltei a sonhar e acreditar que, sim, tudo é possível, quando temos organização, dedicação e estratégia.

Uma vida longa, leve e colorida ao @ciclosr3!!!!!!!! Vamos comemorar da melhor forma possível: ciclando muito!!!!!!!! #bdayciclos2anos #quesejaleveenquantodure #quemtemmétodotemtudo

Pessoal, os ingressos da OAB acabaram!
Vendas somente na FAAO a partir das 15h.
Dúvidas e mais informações, entrar em contato por direct aqui no perfil ou através dos telefones:
9-9984-9808 (Esther)
9-9988-2415 (Alexandre)

É AMANHÃ!!!!!! 📚💥
#ciclosr3 #QuemTemMétodoTemTudo

Tá lindo de ver esse feriado ciclianooooo!! Não estamos sozinhos, meu povo
#Repost @focanosciclos with @repostapp
・・・
Feriadão estudando sem nenhuma tristeza, pois sou FELIZ na busca! Eu sempre gostei de estudar (a sensação de aprendizado é maravilhosa!), mas sempre odiei estudar pra provas. As incertezas que uma prova pode causar me deixava insegura. Na época do vestibular eu sofri muito e quando comecei a estudar pra concurso não foi diferente... Até que encontrei pessoas que me ensinaram a me apaixonar pelo caminho ... Ter um método de estudos e confiar nele é fundamental. As incertezas sempre vão existir, mas hoje elas estão reduzidas. Eu sei que estou no caminho certo e a aprovação é só questão de tempo...eu treino em casa e a prova vai ser só um "simulado" pra testar tudo que aprendi. Eu prefiro pensar assim, acalma a alma e o coração! Nada de tristeza por estudar no feriado. Eu estou é feliz por mais um ponto do edital batido, por mais metas cumpridas! Quem tem método tem tudo! #focanosciclos #JUnaAGU #ciclospgf #pgf #agu #quemtemmétodotemtudo #2017docomprometimento #ciclosr3

📢📢 O MUNDO QUER SABER!
📢📢 O BRASIL QUER SABER!!! 🤔 O que é Coaching?
🤔 E que é o CICLOS R3?
🤔 De onde veio?
🤔 O que faz?

Terça-feira, 9 de maio, na OAB-AC!

Palestra com os queridíssimos coachings e Defensores Públicos Federais: Fernanda Evlaine e Daniel Arrais.

E ainda saberemos quem serão os mais novos alunos do Ciclos R3!
Haverá o sorteio de duas bolsas! 🎉🎉🎉 Então vem com a gente!
Você não vai ficar de fora dessa, né!? 😎

Ingressos à venda na FAAO e OAB-ACRE!

#QuemTemMétodoTemTudo

Tem muita gente escrevendo sobre o método do @ciclosr3, afinal, são muitas pessoas que tem dúvidas de como funciona... Contudo, ainda não vi algumas pessoas dizerem o que achei mais interessante e decidi contar pra vcs:
**
**
**
Decidi entrar pro ciclos meio que no escuro. Não sabia muita coisa, mas resolvi arriscar pq não conseguia me organizar com as revisões. Fazia da forma tradicional, lia doutrina e depois relia os grifos em 24 horas, uma semana, um mês... Era muito enfadonho e eu acabava não acompanhando a sequência devida.
Hoje, apesar de estar iniciando (terceira semana), vejo que o que mais fez diferença foi a forma dinâmica de estudar. Você lê o assunto, depois pesquisa jurisprudências e súmulas, lê a legislação, passa pela doutrina, faz exercícios e vai acrescentando tudo que achar de importante ao material base e, consequentemente, fomando seu próprio material atualizado. É isso que faz ser leve, é isso que nos trás a sensação de estar rendendo, pq, de fato, estamos produzindo. ***
***
Obs: Não se enganem, o método não é fácil. A gente rala pra bater as metas, mas exploramos todo o nosso potencial e é isso que nos dá ânimo pra superar os desafios diariamente. @fernandaevlaine @arraisdaniel #ciclos #estudaqueavidamuda #quemtemmétodotemtudo #focanosciclos

Dica de programa para grifar, acrescentar anotações e marcar textos em pdf: PDF-XChange Editor.
Como não tenho impressora.. adapta - se como possível, só não pode parar. 😉 #vidadeestudante #quemtemmétodotemtudo #feriadotbmédia

12.04.17 - Formulário preenchido agora é esperar minha vez de integrar a família @ciclosr3 @fernandaevlaine
Enquanto isso...a gente vai ciclando á Meirelles.
Ansiedade resume rsrs
#quesejaleveenquantodure
#ciclosr3
#quemtemmétodotemtudo

📢📢 O MUNDO QUER SABER!
📢📢 O BRASIL QUER SABER!!! 💁 O que é Coaching?
💁 E o que é o CICLOS R3?
💁 De onde veio?
💁 O que faz?

Terça-feira, 9 de maio, na OAB-AC!

Palestra com os queridíssimos coachings e Defensores Públicos Federais: Fernanda Evlaine e Daniel Arrais.

E ainda saberemos quem serão os mais novos alunos do Ciclos R3!
Haverá o sorteio de duas bolsas! 🎉🎉🎉 Então vem com a gente!
Você não vai ficar de fora dessa, né!? 😎

Ingressos à venda na FAAO e OAB-ACRE!
R$ 30,00 para estudantes
R$ 40,00 para profissionais {Palestra} Coaching: do planejamento à aprovação com ênfase em Carreiras Jurídicas

#QuemTemMétodoTemTudo #oabacre #ciclosr3 #vaitersorteiosim #imperdível

#Repost @fernandaevlaine with @repostapp
・・・
#Repost @mavillaaguiar with @repostapp
・・・
📢📢 O MUNDO QUER SABER!
📢📢 O BRASIL QUER SABER!!! 🤔 O que é Coaching?
🤔 E que é o CICLOS R3?
🤔 De onde veio?
🤔 O que faz?

Terça-feira, 9 de maio, na OAB-AC!

Palestra com os queridíssimos coachings e Defensores Públicos Federais: Fernanda Evlaine e Daniel Arrais.

E ainda saberemos quem serão os mais novos alunos do Ciclos R3!
Haverá o sorteio de duas bolsas! 🎉🎉🎉 Então vem com a gente!
Você não vai ficar de fora dessa, né!? 😎

Ingressos à venda na FAAO e OAB-ACRE!

#QuemTemMétodoTemTudo #osmelhorescoachsestãoaqui #oabacre #ciclosr3 #XIIIvaiformar #imperdível

Muitas vezes, até eu duvido que terei energia e força para aguentar o terceiro turno do dia que inicia agora e se estende até a meia noite. Mas, aí eu respiro e repito: #eudoucontadorecado. Quando se tem que produzir os três turnos do dia, é importante que a mente e o corpo estejam preparados para esse ritmo. Tento entrar numa "bolha" e esquecer dos problemas, abstraindo das intervenções externas que insistem em me tirar do foco. A renúncia faz parte do processo. Cada um deve respeitar o seu limite e jamais (jamais mesmo!) se comparar com o outro. Cada um com sua rotina. Cada um com sua realidade. Não importa a quantidade de horas de estudo, o que vale mesmo é qualidade de concentração e de leitura, sabendo exatamente o que deve estudar e revisar (#quemtemmétodotemtudo).. Quem disse que seria fácil? Iai, vamos juntos? Quem vem comigo? #terceiroturnovemcomtudo #ciclosr3 #quesejaleveenquantodure #2017docomprometimento

NOVIDADE!! Além do material de História do RN, teremos também o de Aspectos Geoeconômicos do RN! Turma quase esgotada! #ciclosr3 #quemtemmétodotemtudo #mprn #tecnicoanalista

Acabei de terminar a meta do dia: pendências e informativos!
Temos um baile de formatura pra ir hoje, e nossos amigos já estão a caminho para o churras de esquenta! Vou curtir com a cuca fresca!

Simbora que o sábado está só começando! 💪📚🎯🎉 #quesejaleveenquantodure #quemtemmétodotemtudo #informativos #sábadotbédia #ciclando #ciclosr3 #concursopúblico #concurseira #estudaquepassa #focanatoga #projetojuíza #euescolhiestudar #amodireito #amoestudar #studygram #somostodosmarcinho #meucantinhodeestudos #suculentas

Atenção 👀👀 Muitos me perguntaram sobre esse concurso do MPRN e eis que o ciclos abriu a turma 👏👏👏
#ciclosr3 #estudaratepassar #quemtemmétodotemtudo #fuclinda #coach #coaching

Repost from @ciclosr3 @TopRankRepost #TopRankRepost INSCRIÇÕES ABERTAS!! A consultoria é composta de:
- 1 encontro inicial.
Nesse encontro serão tratadas diversas questões, como:
- Feedback do questionário.
- Como montar a melhor estratégia tendo em vista as especificidades do edital.
- Dicas de estudo.
- Como produzir um material confiável - FUC, através de indicações bibliográficas.
- CRONOGRAMA ATÉ A DATA DA PROVA BASEADO NO MÉTODO DOS CICLOS de revisão, informando o que estudar e como estudar cada ponto do edital. OBS.: Não é realizada a distribuição automática de pontos na "agenda do dia", prática usual nas turmas esquematizadas.
- CRONOGRAMA DE CONTINUIDADE para estudo à longo prazo (planilhado por 6 meses), nos moldes do ciclos tradicional/extensivo Analista/Técnico
- GRUPO NO WHATSAPP com os coachs.
Início do cronograma em 13.03.2017

VAGAS LIMITADAS - OBS.: Turma sujeita ao mínimo de 15 alunos.

Inscrições exclusivamente pelo e-mail da Turma: ciclosmprn2017@gmail.com

Material: em parceria com o Lógico Cursos Aliados, disponibilizaremos material complementar exclusivo de História do RN! Nas demais matérias, faremos as devidas indicações bibliográficas sobre as melhores fontes a serem adotadas e de como construir sua FUC!

ATENÇÃO, concurseiros de plantão, especialmente com foco em MAGISTRATURA 👁👁👁👁👁 O TJ SP divulgou no dia 8 de fevereiro de 2017, a comissão do 187° concurso público que visa preencher vagas no cargo de Juiz Substituto da Magistratura do estado.
Serão reservadas 5% aos candidatos portadores de deficiência.

O cargo exige diploma de conclusão de curso superior de bacharel em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), e três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau. A remuneração está fixada em R$ 24.818,71.

A prova objetiva seletiva terá 100 questões em 3 blocos, com conteúdos assim distribuídos: Bloco I – Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito do Consumidor e Direito da Criança e do Adolescente; Bloco II – Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Constitucional e Direito Eleitoral; e Bloco III – Direito Empresarial, Direito Tributário, Direito Ambiental e Direito Administrativo

BANCA? Provavelmente deverá contar com a organização da Fundação Vunesp, encarregada pelo último concurso TJ SP Juiz.

Fonte: blog.granconcursosonline.com.br

Vamos juntos? 📚☕️📚☕️📚☕️
#coach #ciclosr3 #metaseaprovacoes #todosjuntos #FUClinda #quemtemmétodotemtudo #euvouserjuiz #euvouserjuíza #estudaratepassar

Montando o material de jurisprudência, conforme a querida coach, @brunapxto, me orientou! A partir de agora se inicia uma nova fase para mim: entrei para a família @ciclosr3 !
😍😍😍 .
.
.

#ciclosr3 #jurisprudêcia #dizerodireito #somostodosmarcinho #studygram #direito #informativos #stj #2017docomprometimento #quemtemmétodotemtudo #quesejaleveenquantodure

Teve posse sim e teve família ciclos marcando presença! Alunos (e coaches) tomando posse na AGU. E aí, quem serão os próximos? #ciclosagu #aquiéciclos #2017docomprometimento
#Repost @brunadaronch with @repostapp
・・・
Aqui é @ciclosr3!!!!!!!!!!! #quemtemmétodotemtudo

Aqui é @ciclosr3!!!!!!!!!!! #quemtemmétodotemtudo

Olá, migxs. Vamos fazer o resumOPPPPPSSSS! "FUQUINHA" do papo de sexta que aconteceu ontem lá no perfil do @ciclosr3. A intenção não é dizer absolutamente tudo, mas somente passar pelos pontos que julgo mais importantes. Vamos lá! ↪ IMPORTÂNCIA DOS ESTUDOS DE BASE: o estudo de base é importante porque é através dele que você vai sedimentar o conteúdo das mais variadas disciplinas exigidas em um concurso público. G8 são as disciplinas comuns (constitucional, administrativo, civil, processo civil, penal, processo penal, tributário, empresarial); ↪ É POSSÍVEL CONCILIAR ESTUDOS DE DPE/DPU, AGU COM DPU etc; ↪ O EDITAL DA DPU PODE TRAZER OU NÃO DUAS FASES "JUNTAS" (ei DPU, vá devagar pq eu ainda não me preparei psicologicamente pra isso 😲); ↪ Sobre o polêmico 60% do edital visto, vale uma ressalva: ambos disseram que seria mais interessante fazer a prova quando se tem pelo menos entre 50 a 60% do edital visto na data da publicação. Isso não significa que você é obrigado a não fazer ou coisa do tipo. Trata-se somente de uma posição da metodologia e cada pessoa é singular, "cada caso é um caso" né non? ↪ FUC ❤ Fonte única do conhecimento é a agregação de todo conteúdo reunido em um mesmo lugar: doutrina, jurisprudência etc para que facilite a sua memorização. O ideal é juntar tudo em um mesmo lugar de maneira organizada para que assim você ganhe intimidade com o seu material; ↪ Em estudos de base, priorizar resolução de questões dos mais variados concursos pra sentir o estilo das questões das bancas, atentar para as pegadinhas. Já na realidade pós edital, recomenda-se a filtragem de questões para o concurso que você vai prestar; ↪ se você vai prestar concurso pra DPU e ainda nem começou, a hora é essa. Se você já estuda, a agora de intensificar também é essa. Estamos juntos até depois da posse. 👊

SEXTOOOOOU meu povo!!! Força, que 2017 é o ano do comprometimento!!! #quesejaleveenquantodure #ciclosr3 #mprs #2017docomprometimento #projetoaprovação #quemtemmétodotemtudo #vaivalerapena

Sextoooooouuuu!!! Essa noite acordei de 2/2h para colocar remédio no olho da minha filha canina... resultado: morta com farofa. Só com #Vivamil para conseguir bater as metas de hoje! .
.
.
PS: não é jabá, não, gente! Não recebi nada da @vivamilbrasil . Uso e indico porque me ajuda MUITO! Antes de começar a usar (em junho/2016) conversei com minha Nutricionista, e ela autorizou!
#estudaqueavidamuda #focanatoga #projetoaprovação #quesejaleveenquantodure #vaivalerapena #ciclosr3 #quemtemmétodotemtudo #ciclosdeverão #tododiaédia

Teve até dancinha 💃🏽 Exercitar a gratidão e ser feliz com as escolhas feitas é a melhor maneira de seguir firme e forte no objetivo traçado! Mimimi não põe meu nome no diário oficial!!! #comemorandopequenasvitorias #quemtemmétodotemtudo #mprs #quesejaleveenquantodure #ciclosr3

Já teve sol, piscina e churrasco. Agora é hora de pendências feat. Informativos! Porque nomeação no DOU não cai do céééuuu meu povo!!!! #estudaqueavidamuda #focanatoga #togapra6 #projetoaprovação #quesejaleveenquantodure #vaivalerapena #ciclosr3 #famíliaciclos #quemtemmétodotemtudo #ciclosdeverão #tododiaédia

Most Popular Instagram Hashtags