#pattismith

MOST RECENT

Speechless.
Hell I saw #pattismith !!!!!!!
4/23/2018

LIDO: 18/2018
⭐️⭐️⭐️⭐️ Não costumo gostar de livros de memórias ou de autobiografias e, por isso, tive medo de não gostar do aclamado "Só garotos", da Patti Smith. FELIZMENTE, eu estava enganada: a narrativa e a personalidade da Patti me fisgaram nas primeiras páginas 💜
Gostei porque senti honestidade nela. Porque não forçou a barra pra parecer uma pessoa interessante. Porque mostrou como era ser artista em começo de carreira na Nova Iorque dos anos 1970 (em tempos pré-internet e pré-toda a facilidade pra lançar álbuns/singles que ela dá). Foi catártico pra mim, acompanhar essa trajetória dura (pra quem me conhece há pouco, explico: vivi da música por um tempo, obviamente dentro das minhas proporções), trajetória que requer muita força e paciência, mas sobretudo muita teimosia. Sei que Patti escreveu esse livro porque o tinha prometido a Robert, seu eterno ex/amigo, que supostamente é o protagonista da história - pra mim a protagonista da porra toda é ela. Que personalidade incrível, quanta vida, quanta sede de vivenciar a arte! Me comovi com a sinceridade da escrita e, ao mesmo tempo, com o olhar generoso e poético que a narradora tem (para com Robert - com quem não simpatizei - e para com o ofício do artista, em suas mais variadas formas de expressão). Me apaixonei por uma pessoa que conheci numa leitura, como pode? O carisma e a delicadeza do ser humano que é a Patti, ainda que estejamos falando da representante do punk, instantaneamente me tornaram fã dessa rockeira cujas músicas eu mal conhecia antes do livro. "Só garotos" prova a qualidade de uma arte feita por mãos talentosíssimas, prova que essa artista, que se entregou de corpo e alma aos seus ofícios (poesia, música, fotografia), que se inspirou em Rimbaud, Bob Dylan e tantos outros gigantes, merece MESMO toda a atenção e amor que recebe - seja nos palcos, seja nas livrarias mundo afora. Quero ler TUDO que Patti escreveu, quero escutar todas as suas músicas e quero MUITO que todos conheçam essa mulher! Obrigada, @taglivros , por mais uma experiência diferente é espetacular 📖💭 #sógarotos #pattismith #justkids #rock #punk #rocknroll #anos70
#seventies #arte #musica #amoler

patti smith strolling on the beach. 1978.

🎶"I spin, I spiral, and I splatter
Hand of God, I feel the finger,
Hand of God, and I start to whirl🎶
And I whirl, and I whirl,🎶
Don't get dizzy, do not fall now,🎶
Turn, God, God 🎶
Go, go on, go like a dervish,🎶
Turn, God, make a move
Turn, Lord, 🎶
I don't get nervous🎶
Oh I just move in another dimension🎶
Come move in another dimension🎶
Come move in another dimension🎶
Come move in another dimension oh oh oh🎶
Strange strange"🎶
.
.
.
#pattismith #pattismithgroup #pattismithaintitstrange #aintitstrange #strange #trans #transgirl #transisbeautiful #transgirlsofinstagram #transgender #lgbtq #patience #waiting #waitinggame #stayfocesed #dontfuckitup #youwillbeyou #soontocome #soonenough #getbetter #improve #needtogetbetter #dobetter #practice #practicepracticepractice

Here’s another one of the one and only Patti Smith from the concert at Gröna Lund last year. She’s an amazing woman and artist! Taken with my Panasonic LUMIX DMC-FZ200. If you use or repost credit me and please don’t alter my photo. #pattismith #pattismithgroup #concertphotography #rockphotography #grönalund #htbarp

Em primeira impressão no Brasil, a Tag Curadoria trouxe aos seus associados esta publicação. Logo no início, a escritora descreve os elementos que fundamentaram a concepção da obra e faz referência aos escritores que a inspira.
Devoção foi um livro que mexeu bastante comigo. O título é marcante e quem começa a ler espera conhecer personagens fortes, como a protagonista Eugênia. Ela se separou dos pais ainda criança. Para protegê-la da guerra, pediram que sua tia, que já planejava fugir da Estônia com um homem mais velho e de posses, levasse-a para Suíça.
Aos cinco anos foi a um espetáculo de apresentação artística no gelo e ali que toda a fascinação dela pelos patins começou. Sua tia decidida a ser atriz no EUA, deixa a sobrinha. Eugênia tinha apenas 15 anos. Agora adolescente, dedica-se à escola e à patinação em um lago congelado.

Um vendedor de artefatos históricos fica obcecado por ela ao vê-la patinar. Oferece a ela patins novos e uma treinadora. Ela sabia da troca que deveria fazer para ter esses benefícios, porém sua obstinação e liberdade eram grandes, tanto que ele a apelidou de Filadélfia, berço da liberdade.

A História não é só de devoção como também da transição da perda de inocência. Porque, ao perceber a tentativa de tolher sua liberdade, ela age de maneira inacreditável.

#tagcuradoria
#pattismith
#devocao

It’s a blessing to have friends that know you! Thanks, Jeanette! I will enjoy digging in to this...💕 #PattiSmith #Love #Birthdays

Most Popular Instagram Hashtags