[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#isaldanha

2656 posts

TOP POSTS

TUDO

Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia. Tenho o soluço no fim da gargalhada solta, a saudade, ou o que resta dela, os vícios que quero largar, os que quero aumentar e o vosso colo. Tenho colónias de piolhos(têm estado sossegadinhos), os pés pretos, as noites de insónia e (agora) a placa de contenção que uso para dormir. Tenho as minhas irmãs, o meu pai adoptado ao tempo e os amigos disfuncionais que põe tudo a funcionar. E às vezes tenho tristeza também. Só não me demoro nela, por não querer ser ingrata com tudo o que já tenho. Não faço fortuna, mas acumulo vida todos os dias, só pela forma como deixo entrar as coisas que me procuram. Não tenho medo das pessoas, nem me assusta, dar-me, não tanto como me assustaria fechar e não mais receber. Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia. Tenho gomas no armário, e dois pés para dez sapatos num armário cheio de roupa igual. Tenho escovas de unicórnios para os cabelos e sabonetes por desmanchar. E tenho muitos saca-rolhas para que nenhuma verdade fique presa por aí. E também tenho do lado esquerdo do peito algumas mensagens por engarrafar. Tenho uma casa pequena num bairro médio e duas filhas enormes, lá dentro, numa matrioska perfeita de mim. Tenho as expressões todas comigo e os meus sonhos cravados nelas, #pratico o desapego, levo uma vida #docaraças, sempre que posso brindo à vida com um tinto bom e pratico o #boralá bastando que me proponham ir. Tenho o #atevelhinhos bem guardado e um gangue fabuloso de #até velhinhas que sabem exactamente quem são. Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia.
Mas de vez em quando, também saco a fotografia onde cabe tudo. #isaldanha #photography #words #filhasdamãe #atevelhinhos #praticaodesapego

Independentemente dos gostos pessoais, os números confirmam: E a Revista Cristina foi considerada a melhor revista feminina do País.
Não sou consumidora de revistas, de nenhuma espécie.
A minha crush é mais com livros. Mas atrás dos livros estão as pessoas. E fico super vaidosa, do bem que acontece às coisas e às pessoas que gosto.
Mais uma vez, pensaste, fizeste e conseguiste.
Uma taxa de execução de sonhos que deixa muita gente boa a suspirar. Parabéns a ti. E
a todos os que puxaste para perto (me included), porque os sonhos grandes, nunca se fazem sozinhos. 🎈🎈🎈🎈 #dailycristina #revistacristina #dailyteam #isaldanha #photography #words

Confesso-me. Ainda estou a milhas do arranque das aulas. O pai tem segurado as loiras ao colo. Como deveras fiz, durante os 2 anos em que o pai esteve emigrado e mergulhei no intestino grosso de uma mãe solteira.
Só hoje, é que fui hoje pela primeira vez às compras do afamado regresso às aulas. E não gosto. Lápis 2B, 5H, caneta calibrada, cola celulósica. Sinto-me uma terrorista às compras.
Mas não me posso queixar muito. Porque ainda não as tive em casa, o tempo suficiente, para assegurar, sopas, legumes, lancheiras e planos curriculares. Ainda não há horário pendurado no frigorifico, apenas uma fotografia manhosa enviada por whatsapp. Não sou saudosa destes momentos, pudesse eu, e passaria a demanda a um encarregado de educação com superior competência. Sinto-me especialmente desorientada nestes períodos que impelem grandes organizações. Quando era menos madura, talvez mais responsável, desfazia-me em propósitos e intenções. Chegava a tentar tanto, que por momentos escassos, convenci-me que estava a gostar. Como quando estava algures no chão a forrar livros com papel autocolante e a tentar fazer letra bonita, sem saber se o "m" da Camila não pareceria um "n". Aliás, tenho mesmo um bocadinho de pânico nestes arranques. Como se estivesse na partida de uma prova olímpica, e qualquer movimento falso, atestasse o meu amadorismo. E quando já está tudo montado, novinho, a cheirar a cola, e a mochila imaculada repousa na porta da entrada, eu já sei exactamente, onde vão cair as nódoas, onde vão desbotar as canetas sem tampa, as aparas do afia e os restos de molho do tupperware mal fechado.
O equilíbrio entre o desejo e o erro, o suposto e o possível, serenam-me.
E fico na simplicidade feliz, de ser apenas mais uma mãe.
#isaldanha #photography #words #filhasdamãe #praticaodesapego

Tenho tanto trabalho para partilhar. Tantas famílias giras, no sentido mais prático do termo, com quem me ri a fotografar. Tanta fotografia tirada no meio de um diálogo, como se fossemos todos velhos amigos. E quero muito partilhar aqui, algumas das pessoas fabulosas que tenho conhecido e que têm recheado os meus dias de trabalho, com notas potentes de simpatia. Já repeti 1000 vezes que adoro o que faço. Mas vou tornar-me irremediavelmente repetitiva na expressão. E é muito curioso que ainda hoje tenho pessoas que me perguntam se fotografo famílias. Fotografo a minha e a dos outros. E aqui está um trabalho que não vou deixar de fazer, só quando as articulações do riso não doerem tanto de bom, como as dos metacarpos e carpos das minhas mãos. #isaldanha #photography #words #work #asminhasfamilias

Nunca se tirou tantas fotografias como hoje.
Nunca houve tanto registo do dia a dia, sem pausa para respirar. Dos momentos vividos, das pessoas consumidas e dos lugares visitados. Vivo para isso, de isso e com isso. Lambemos a vida, mil vezes repetida. Mas sinceramente, não me preocupa, que se fotografe tanto e tudo.
Preocupa-me apenas, que capturar o momento nunca comprometa vivê-lo.
A memória é o melhor álbum de fotografias.
Às vezes, e mais vezes, devemos respeitar a presença do que nos é oferecido e respirar apenas.
#isaldanha #photography #words #work #praticaodesapego #praticaabolha

A vaidade boa estende-se às coisas que fazemos.
Estou mega feliz por ter estado na porta da frente de mais um kick off. A revista da Maria Vaidosa, uma das maiores youtubers portuguesas, uma vlogger, com 150 mil subscritores. Claro que a malta acima dos 30, muito provavelmente, não faz ideia de quem é a Mafalda Melo e Sampaio. São patamares diferentes na pirâmide de Maslow:), tendências e dicas de beleza, essencialmente para miúdas. Um projecto editorial em papel, consistente e com muita pinta, lançado pela Media Camp. E a Mafalda, a cara disto tudo, é uma miúda querida, humilde, cheia de energia, capacidade de trabalho e sentido prático, desembaraçada e fácil de se trabalhar. E isso já é muita coisa boa junta. Eu nunca seria uma vlogger de dicas de beleza, não teria nem paciência, nem jeito, mas se haja quem, que seja ela. Parabéns Mafalda. Boa sorte!
E Obrigada por teres confiado em mim para a primeira capa. 📍❤️👊🏻📸 #work #isaldanha #photography #shooting

Gosto quando a vida parece um teledisco bom📍❤️🙏🏻 #filhasdamãe #gangdopepreto #isaldanha #photography #words

Há poucas palavras para tão bons sentimentos. Que vida boa. Que gang delicioso. 📍🍀👣 #gangdopepreto #isaldanha #photography #words #filhasdamãe

Passam rápido as coisas boas. Ontem estávamos de cara preta e pé preto e Alma a arco-íris, hoje já estamos a pagar IVA e IRC e seg social, a agendar reuniões de pais e a pedir contactos de explicadores. Nada a reclamar. Segue jogo. A vida é feita destes apertos para que momentos destes fiquem gravados para sempre. 📍👊🏻 #gangdopepreto #filhasdamãe #praticaodesapego #isaldanha #photography #words

MOST RECENT

TUDO

Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia. Tenho o soluço no fim da gargalhada solta, a saudade, ou o que resta dela, os vícios que quero largar, os que quero aumentar e o vosso colo. Tenho colónias de piolhos(têm estado sossegadinhos), os pés pretos, as noites de insónia e (agora) a placa de contenção que uso para dormir. Tenho as minhas irmãs, o meu pai adoptado ao tempo e os amigos disfuncionais que põe tudo a funcionar. E às vezes tenho tristeza também. Só não me demoro nela, por não querer ser ingrata com tudo o que já tenho. Não faço fortuna, mas acumulo vida todos os dias, só pela forma como deixo entrar as coisas que me procuram. Não tenho medo das pessoas, nem me assusta, dar-me, não tanto como me assustaria fechar e não mais receber. Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia. Tenho gomas no armário, e dois pés para dez sapatos num armário cheio de roupa igual. Tenho escovas de unicórnios para os cabelos e sabonetes por desmanchar. E tenho muitos saca-rolhas para que nenhuma verdade fique presa por aí. E também tenho do lado esquerdo do peito algumas mensagens por engarrafar. Tenho uma casa pequena num bairro médio e duas filhas enormes, lá dentro, numa matrioska perfeita de mim. Tenho as expressões todas comigo e os meus sonhos cravados nelas, #pratico o desapego, levo uma vida #docaraças, sempre que posso brindo à vida com um tinto bom e pratico o #boralá bastando que me proponham ir. Tenho o #atevelhinhos bem guardado e um gangue fabuloso de #até velhinhas que sabem exactamente quem são. Tenho tudo. Mesmo o que não cabe numa fotografia.
Mas de vez em quando, também saco a fotografia onde cabe tudo. #isaldanha #photography #words #filhasdamãe #atevelhinhos #praticaodesapego

Independentemente dos gostos pessoais, os números confirmam: E a Revista Cristina foi considerada a melhor revista feminina do País.
Não sou consumidora de revistas, de nenhuma espécie.
A minha crush é mais com livros. Mas atrás dos livros estão as pessoas. E fico super vaidosa, do bem que acontece às coisas e às pessoas que gosto.
Mais uma vez, pensaste, fizeste e conseguiste.
Uma taxa de execução de sonhos que deixa muita gente boa a suspirar. Parabéns a ti. E
a todos os que puxaste para perto (me included), porque os sonhos grandes, nunca se fazem sozinhos. 🎈🎈🎈🎈 #dailycristina #revistacristina #dailyteam #isaldanha #photography #words

Nunca se tirou tantas fotografias como hoje.
Nunca houve tanto registo do dia a dia, sem pausa para respirar. Dos momentos vividos, das pessoas consumidas e dos lugares visitados. Vivo para isso, de isso e com isso. Lambemos a vida, mil vezes repetida. Mas sinceramente, não me preocupa, que se fotografe tanto e tudo.
Preocupa-me apenas, que capturar o momento nunca comprometa vivê-lo.
A memória é o melhor álbum de fotografias.
Às vezes, e mais vezes, devemos respeitar a presença do que nos é oferecido e respirar apenas.
#isaldanha #photography #words #work #praticaodesapego #praticaabolha

Tenho tanto trabalho para partilhar. Tantas famílias giras, no sentido mais prático do termo, com quem me ri a fotografar. Tanta fotografia tirada no meio de um diálogo, como se fossemos todos velhos amigos. E quero muito partilhar aqui, algumas das pessoas fabulosas que tenho conhecido e que têm recheado os meus dias de trabalho, com notas potentes de simpatia. Já repeti 1000 vezes que adoro o que faço. Mas vou tornar-me irremediavelmente repetitiva na expressão. E é muito curioso que ainda hoje tenho pessoas que me perguntam se fotografo famílias. Fotografo a minha e a dos outros. E aqui está um trabalho que não vou deixar de fazer, só quando as articulações do riso não doerem tanto de bom, como as dos metacarpos e carpos das minhas mãos. #isaldanha #photography #words #work #asminhasfamilias

Bom dia Lisboa 🌺🍀Gosto de Setembro, porque de alguma forma, todos nós tentamos reinventar-nos. Há uma criatividade latente no ar e começa a acontecer a vindima dos melhores projectos. Venham eles! 📸📍⏰🗝📝#isaldanha #photography #words #shooting #work #iphoneseries

Confesso-me. Ainda estou a milhas do arranque das aulas. O pai tem segurado as loiras ao colo. Como deveras fiz, durante os 2 anos em que o pai esteve emigrado e mergulhei no intestino grosso de uma mãe solteira.
Só hoje, é que fui hoje pela primeira vez às compras do afamado regresso às aulas. E não gosto. Lápis 2B, 5H, caneta calibrada, cola celulósica. Sinto-me uma terrorista às compras.
Mas não me posso queixar muito. Porque ainda não as tive em casa, o tempo suficiente, para assegurar, sopas, legumes, lancheiras e planos curriculares. Ainda não há horário pendurado no frigorifico, apenas uma fotografia manhosa enviada por whatsapp. Não sou saudosa destes momentos, pudesse eu, e passaria a demanda a um encarregado de educação com superior competência. Sinto-me especialmente desorientada nestes períodos que impelem grandes organizações. Quando era menos madura, talvez mais responsável, desfazia-me em propósitos e intenções. Chegava a tentar tanto, que por momentos escassos, convenci-me que estava a gostar. Como quando estava algures no chão a forrar livros com papel autocolante e a tentar fazer letra bonita, sem saber se o "m" da Camila não pareceria um "n". Aliás, tenho mesmo um bocadinho de pânico nestes arranques. Como se estivesse na partida de uma prova olímpica, e qualquer movimento falso, atestasse o meu amadorismo. E quando já está tudo montado, novinho, a cheirar a cola, e a mochila imaculada repousa na porta da entrada, eu já sei exactamente, onde vão cair as nódoas, onde vão desbotar as canetas sem tampa, as aparas do afia e os restos de molho do tupperware mal fechado.
O equilíbrio entre o desejo e o erro, o suposto e o possível, serenam-me.
E fico na simplicidade feliz, de ser apenas mais uma mãe.
#isaldanha #photography #words #filhasdamãe #praticaodesapego

Passam rápido as coisas boas. Ontem estávamos de cara preta e pé preto e Alma a arco-íris, hoje já estamos a pagar IVA e IRC e seg social, a agendar reuniões de pais e a pedir contactos de explicadores. Nada a reclamar. Segue jogo. A vida é feita destes apertos para que momentos destes fiquem gravados para sempre. 📍👊🏻 #gangdopepreto #filhasdamãe #praticaodesapego #isaldanha #photography #words

A vaidade boa estende-se às coisas que fazemos.
Estou mega feliz por ter estado na porta da frente de mais um kick off. A revista da Maria Vaidosa, uma das maiores youtubers portuguesas, uma vlogger, com 150 mil subscritores. Claro que a malta acima dos 30, muito provavelmente, não faz ideia de quem é a Mafalda Melo e Sampaio. São patamares diferentes na pirâmide de Maslow:), tendências e dicas de beleza, essencialmente para miúdas. Um projecto editorial em papel, consistente e com muita pinta, lançado pela Media Camp. E a Mafalda, a cara disto tudo, é uma miúda querida, humilde, cheia de energia, capacidade de trabalho e sentido prático, desembaraçada e fácil de se trabalhar. E isso já é muita coisa boa junta. Eu nunca seria uma vlogger de dicas de beleza, não teria nem paciência, nem jeito, mas se haja quem, que seja ela. Parabéns Mafalda. Boa sorte!
E Obrigada por teres confiado em mim para a primeira capa. 📍❤️👊🏻📸 #work #isaldanha #photography #shooting

Gosto quando a vida parece um teledisco bom📍❤️🙏🏻 #filhasdamãe #gangdopepreto #isaldanha #photography #words

Está se tão bem aqui. Nesta moldura perfeita para celebrar os 12 anos do meu piriquito.🐣🐥❤️ #12caet #filhasdamãe #isaldanha #photography #words

Há 12 anos atrás numa madrugada fresca abria o meu corpo e a minha mente, à experiência mais ousada em que já me meti: A maternidade. Caraças miúda!
Fizeste de mim uma mãe. Parabéns! 🎂🌈🎁🎈🎉🎊
(Dúzias para mim eram ovos.)🥚🐣🐥🐤🐔❤️ #aminhamiudafazanos #12caet #filhasdamãe #isaldanha #photography #words

Já perdi a conta da lenha que coloquei dentro da salamandra. O fogo é voraz. Faz lembrar a paixão esfomeada, aquece tão rápido, esfuma-se em segundos. Deixa o ar quente mas arrefece com a mesma rapidez com que se apegou à primeira acendalha. Acho que prefiro o a(mo)r condicionado. Com um comando na cabeceira e um calor constante. Mas depois há aquele crepitar irresistível da tábua que se entrega ao fogo, do tronco que se faz cinza. E toda eu sou paixão outra vez. ❤️🔥 #filhasdamãe #isaldanha #photography #words

Em quartos como este não vale mentir💕🙏🏻 #isaldanha #photography #words #filhasdamãe #gangdopepreto #osmeussitios #asminhaspessoas

A Camila ficou com o pai em Lisboa para a Irmã curtir o dia de anos com a amiga. Há tempo para tudo nesta vida. O mogli pequeno faz falta ao gang. Mas a Caetana precisa do seu tempo. Como todos nós precisamos quando vivemos com alguém 24 horas por dia. No próximo Dia 3 de Outubro, o pigmeu da montanha faz anos e terá a sua "revenge" com as suas duas amigas numa aventura nómada que a mãe encomendou. Nada nos falta quando não estamos em falta.📌👣💕 #filhasdamãe #anosdacaetana #gangdopepreto #isaldanha #photography #words

Acho que a sei fazer feliz👌🏻😉📍E ela leva o meu jeito descontraído de viver a vida #filhasdamãe #isaldanha #photography #words #praticaodesapego #praticaabolha

Há poucas palavras para tão bons sentimentos. Que vida boa. Que gang delicioso. 📍🍀👣 #gangdopepreto #isaldanha #photography #words #filhasdamãe

Tão bom sermos guiados. Descobrir estas pérolas. Marcos arqueológicos que se enchem de vida. Grande norte. #tononbriga #filhasdamãe #gangdopepreto #isaldanha #photography #words

Parte do meu gang és tu.📍🍀❤️ #filhasdamãe #isaldanha #photography #words

Estamos em Tongobriga. Viemos conhecer um T0 que é um TTudo.Mais um projecto da fada Eduarda @moinhosdeovil 👌🏻❤️Um sonho para dois. #tongobriga #isaldanha #photography #words #filhasdamãe #gangdopepreto

Most Popular Instagram Hashtags