[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#indicacaodaterca

MOST RECENT

Natal é um período mágico e contagiante, mas o foco está muito voltado para as compras e presentes. As crianças, por exemplo, estão rodeadas de estímulos que as levam a entrar em contato com o desejo de consumir os mais diferentes produtos.

Nesse sentido, é importante que os pais tenham clareza de quais são os critérios que norteiam a sua decisão de comprar ou não o produto que a criança pede.

Às vezes é difícil resistir à carinha de pidão e àqueles olhinhos cheios de expectativa né?! Mas dizer 'não' faz parte do processo e muitas vezes, significa dizer não para nós mesmos.

Pensando nesse tema, a indicação de hoje vai para o texto da escritora Rafaela Carvalho, autora do livro 60diasdeneblina.com,
sem dúvidas, uma ótima oportunidade para  refletirmos sobre a relação entre consumismo e infância e darmos valor ao que realmente importa:
.
"O melhor presente não é um tablet, não é a Barbie professora de francês, nem mesmo o castelo rochoso do dragão amarelo.

Queridos avós, tios e padrinhos, nesse Natal substitua o presente de plástico por experiências.

Troque o brinquedo caro por um passeio até a cachoeira na cidade vizinha, uma viagem para a casa da tia que mora no interior. Uma volta a cavalo, de barco, de ferry, de trator. Um picnic, pescaria, acampamento.

Doe o seu tempo, sua atenção, sua piada sem graça, sua mão durante a caminhada. Algo que não se acha em lojas, nem no YouTube.

Isso sim é precioso. Isso sim merece destaque na árvore de Natal.

Não se perca na idéia de que é preciso comprar um Natal bacana. A felicidade, aquele sentimento de se sentir bem e completo, não se parcela em 6x no cartão.

As melhores memórias da vida não vêm com etiqueta de preço, muito menos com tela touch screen. São as experiências ao lado daqueles que nos amam que constroem a nossa história, que formam quem somos, que fazem da infância, infância!

Nesse Natal troque o seu presente por estar presente!"
.
-------------------------------
Adriana Guirra
CRP 12436/01

#indicacaodaterca #consumismo #infancia #paisefilhos #reflexao #devaloraoqueimporta #terapiafazbem #vempraterapia #vempraequilibrium

A indicação de hoje vai para o autor Ilan Brenman - psicólogo, doutor em Educação e um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil.

Algumas de suas obras premiadas são "Telefone sem fio", "Até as princesas soltam pum" e "Mamãe é um lobo".
.
Hoje, especificamente, a atenção vai para o seu texto "Pais ou Reféns das Crianças" que  traz orientações pertinentes para os pais no processo de educar as crianças nos tempos atuais. Vale a reflexão:
.
* Precisamos ouvi-los, não obedecê-los
.
* Precisamos amá-los, não sufocá-los
.
* Precisamos educá-los, não torná-los executivos aos 5 anos de idade
.
* Precisamos alimentá-los, não torná-los obcecados em contar calorias
.
* Precisamos vesti-los, não torná-los outdoors ambulantes
.
* Precisamos fotografá-los, não torná-los celebridades
.
* Precisamos atualizá-los com as novas tecnologias, não torná-los zumbis virtuais
.
* Precisamos protegê-los, não blindá-los da realidade
.
* Precisamos presenteá-los, não torná-los donos de suas próprias e desinteressantes lojas de brinquedos
.
*Precisamos diverti-los, não torná-los hedonistas, indivíduos que priorizam o prazer como centro de sua vida
.
* Precisamos exercitá-los, não torná-los obcecados com o corpo
.
*Precisamos cultivá-los, não abandoná-los na frente de ídolos feitos de pés de barro
.
*Precisamos respeitá-los, não temê-los
.
* Precisamos elogiá-los, não mimá-los (embora de vez em quando seja bom)
.
* Precisamos corrigi-los, não humilhá-los
.
*Precisamos encorajá-los, não torná-los inconsequentes (tarefa difícil principalmente na adolescência)
.
* Precisamos sensibilizá-los para o visível e invisível, não mercantilizá-los
.
* Precisamos socializá-los, não torná-los algoritmos de redes virtuais

______________________

Adriana Guirra
CRP 12436/01

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #ilanbrenman #terapiainfantil #orientacaoapais #desenvolvimentodacrianca  #infanciasaudavel

A indicação de hoje vai para o filme Cisne Negro (2010) que relata a história de Nina (Natalie Portman), uma jovem bailarina que vivia sob os cuidados e as vontades da mãe “frustrada” por ter deixado o balé ao engravidar.

Nina cresceu em um ambiente em que era controlada e manipulada pela mãe e ganha a chance de assumir o papel principal de “Rainha dos Cisnes” na companhia de balé. Surge então o desafio de lidar com a rigidez da profissão, as relações de rivalidade, além da grande pressão da mãe e suas próprias expectativas de atingir a perfeição na dança.

O enredo do filme aborda a busca de Nina por si mesmo, sendo que a mistura do real e do imaginário transmite para o telespectador toda a angústia que a personagem vive. É um filme que traz à tona um turbilhão de emoções e mostra como os padrões comportamentais como perfeccionismo, obsessividade, autoexigencia, são aprendidos com base na história de vida. Vale a pena assistir!!!
________________
Adriana Guirra
CRP 12436/01

#indicacaodaterca #psicologia #equilibrium #cisnenegro #autoconhecimento #padroescomportamentais

A indicação de hoje vai para a campanha “Conecte-se ao que importa” promovida pelo Programa Dedica – Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (eu colocaria uma vírgula aqui), que tem como objetivo conscientizar a sociedade sobre a importância de os pais darem mais atenção aos seus filhos e combaterem o excesso do uso de aparelhos eletrônicos e das redes sociais tanto por eles quanto pelas crianças e adolescentes.

O tema merece preocupação considerando que pesquisas apontam que 66% das crianças com idade entre três e cinco anos já sabem brincar com jogos de computador, mas apenas 14% conseguem amarrar os cadarços dos próprios calçados. 83% delas se sentem traídas pelos pais que dedicam tempo exagerado aos aparelhos eletrônicos.
Nesse sentido, vamos repensar nas relações com nossos filhos. Precisamos avaliar se estamos integralmente com eles, para ouvir o que eles têm a dizer, para fazer o dever de casa junto, brincar, abraçar, beijar, monitorar, dizer não, estabelecer regras e estar atento para que elas sejam cumpridas. Precisamos nos preocupar com a interação, com o tempo de qualidade que passamos com eles, com a convivência, e enfim em estar realmente presente!

_______________________

Adriana Guirra
CRP 12436/01

Mais informações sobre a campanha no link:

www.crmpr.org.br/Conecte-se+ao+que+importa+campanha+em+defesa+das+criancas+11+47111.shtml

#indicacaodaterca #psicologia #equilibrium #infancia #terapiainfantil #orientacaoapais #paisefilhos #familia #qualidadedetempo

Pensando na semana do dia das crianças, a indicação de hoje vai para o livro “Tempo Junto – 100 brincadeiras para fazer com os filhos em qualquer lugar”. Muitos pais alegam que a vida corrida que levam os deixam sem tempo e sem ânimo para brincar. E, quando a hora de brincar aparece, ficam sem saber o que fazer e acabam criando uma desculpa para o filho brincar sozinho. O objetivo aqui não é fazer com que os pais se sintam culpados, afinal fazer algo sem vontade pode ser mais prejudicial para a criança do que não fazer. A ideia do livro é perceber que brincar, mesmo que por pouco tempo, pode ser mais fácil que se imagina.

A autora, Patrícia Marinho, é uma mãe que acredita na importância do brincar para desenvolver e criar vínculo com suas filhas. Ela mostra que para isso só é necessário um requisito básico: a boa vontade.
No livro você vai encontrar 100 brincadeiras para crianças de 3 a 10 anos que podem ser feitas em diferentes contextos: em casa, quando os amigos vieram brincar, no quintal, a piscina, no parque, no restaurante, na fila de espera e até mesmo no engarrafamento ou quando tudo o que você tem são 10 minutinhos.

Em cada brincadeira, a autora indica se ela precisa de muito ou pouco tempo, quais são os materiais necessários, e se o nível de bagunça é alto, médio ou baixo, sempre ilustrando com fotos para que você possa entender direitinho como fazer cada atividade. Ou seja, um guia prático para você conseguir aproveitar o tempo disponível e brincar com os pequenos.

Vale lembrar que o tempo junto é o que podemos oferecer de mais valioso aos nossos filhos.

_________________________________

Adriana Amaral
CRP 12436/01

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #paisefilhos #semanadacriança #brincar #estarpresente

A indicação de hoje vai para o jornalista, palestrante, apresentador e escritor Marcos Piangers @piangers, autor do Best Seller “ O Papai é Pop”, livro sobre paternidade que é referência no Brasil.
Pai de duas meninas, Anita e Aurora, Piangers usa da sua experiência como pai para trazer de forma divertida histórias e reflexões sobre o papel do pai, reforçando a importância da família, da relação entre pais e filhos e o que os filhos realmente precisam para serem felizes. “Eu acredito que a presença dos pais faz uma diferença brutal na formação de um ser humano. Eu acredito que homens não são treinados para serem pais e que falta representatividade nesse meio. Eu acredito que um pai participativo pode melhorar a vida da mãe, do filho e dele mesmo. Eu acredito que um pai participativo se torna uma pessoa melhor. Eu acredito que o mundo muda quando a gente muda as coisas ao nosso redor.” Conheçam o material, vale a pena!
Site: www.piangers.com
_________________________________

Adriana Amaral
CRP 12436/01
#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #paternidade #piangers #papaiepop #relacoesfamiliares

A indicação de hoje vai para série Atypical, lançada recentemente na Netflix. Trata-se da história de um garoto DE 18 anos diagnosticado com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) e as dificuldades e limitações enfrentadas por ele.

A série traz à tona questões familiares e problemas típicos da adolescência: aceitação, amizades, amor, namoro, escolhas, além de nos permitir um entendimento maior de como os portadores do Espectro veem e sentem o mundo. Também é abordada forma como o pai e a mãe encaram o diagnóstico do filho e como este afeta a rotina, as relações familiares e com as pessoas que o cercam.

É importante ressaltar que o personagem não traz um perfil único do TEA, considerando que ele é um autista de alta funcionalidade e foge do estereótipo da criança que não fala, não olha nos olhos e não interage com o mundo à sua volta. Nem todos conseguem desenvolver a autonomia e as possibilidades demonstradas pelo adolescente na série.

Comovente e divertida, com uma atuação brilhante do ator que interpreta Sam. Vale a pena assistir a série, aprender, refletir e se emocionar!

__________________

Adriana Amaral
CRP 12436/01

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #autismo #tea #inclusao #adolescencia #familia

A indicação de hoje vai para uma entrevista feita com a Psicóloga Carla Zeglio para a revista Cláudia sobre um tema delicado para alguns pais: Masturbação Infantil. No consultório, muitos pais pedem orientação por não saberem como lidar com essa questão. É importante refletir sobre o olhar que o adulto tem para sexualidade na infância, pois apesar de ser uma curiosidade natural, percebo que existe uma dificuldade por parte do adulto com cenas de masturbação infantil.

Porém, para a criança, tocar o pênis ou a vulva é uma experiência sensorial, ou seja, quando ela descobre os órgãos genitais percebe uma sensação gostosa e, como consequência, vai repetir. É comum por exemplo que em seus momentos de descanso as crianças usem da masturbação para relaxar ainda mais. O que pode ser feito é chamar a atenção da criança para outra atividade que também possa ser prazerosa, sem repreendê-la.

A minha orientação é ajudar a criança a compreender que tocar os órgãos sexuais é um ato de intimidade e que não é apropriado fazer na frente das pessoas, para que assim ela entenda que o corpo é exclusividade dela. Além disso é importante colocar o cuidado que se deve ter em relação a higiene.

Vale ressaltar que explorar o próprio corpo, tocar e perceber as regiões prazerosas que existem nele é muito valioso para se conhecer e crescer de uma maneira saudável.

Nesse sentido, os pais devem observar em que situações o comportamento ocorre, antes e depois de que e com qual frequência. E, se julgar necessário, procurar um especialista.

Acessem o link e leiam mais sobre o tema:
clauda.abril.com.br/sua-vida/masturbação-infantil-como-lidar-com-a-sexualidade-da-crianca/

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #masturbacaoinfantil #fasesdedesenvolvimento #educacaopositiva #orientacaoapais #terapiainfantil #vempraterapia #vempraequilibrium

A indicação de hoje é esse vídeo lindo que fala do seu grande amor! Você sabe quem é seu grande amor? Você já o (a) conheceu? Não?

De uma forma bastante descontraída o vídeo deixa bem claro que o nosso grande amor está muito mais próximo que imaginamos, nos conhece melhor que ninguém e está conosco 24 horas por dia! Adivinhou? Não? Então, copiando a idéia do vídeo, dá uma olhadinha no espelho! Siiiiiiim! Nós somos o nosso grande amor!

Sendo assim, coloque-se sempre em primeiro lugar, você sempre será a pessoa mais importante na sua vida, você sempre será a sua melhor companhia, você sempre saberá o que se passa aí dentro, e só você, sim, só você, poderá experimentar esse amor verdadeiro, que é o amor próprio!

A felicidade começa dentro da gente, sim, ela mora aí dentro! Uma vez que somos feliz podemos compartilhar dessa felicidade com a outra pessoa, coisa ou lugar.

Vamos trilhar juntos essa caminhada rumo ao amor próprio, ao autoconhecimento, à felicidade! Vem com a gente!

#indicacaodaterca #amor #amorpróprio #saberamarasimesmo #verdadeiroamor #grandeamor #autoconhecimento #felicidade #comportamento #analisedocomportamento #psicoterapia #vempraterapia #terapiafazbem #vempraequilibrium

Aproveitando a semana do Dia dos Pais, a indicação de hoje vai para o filme À procura da Felicidade (2006). Chris Gardner ( Will Smith)  traz à tona reflexões sobre o papel da figura paterna no desenvolvimento dos filhos.

Além disso, o exemplo do personagem serve de incentivo para todos aqueles que buscam se superar em busca de seus sonhos, mostrando na prática o conceito de resiliência. Conceito que se refere a capacidade do indivíduo lidar com as adversidades, reagindo de uma forma positiva, embora também experimente sofrimento.

O filme é um incentivo para as pessoas que buscam crescer na vida e não desistem, mesmo enfrentando uma série de dificuldades. Vale demais assistir, refletir e se emocionar!

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #aprocuradafelicidade #reflexao #resiliencia #paisefilhos

A indicação de hoje é o livro "Falo? Ou não falo? Expressando sentimentos e comunicando idéias" (Fátima Cristina de Souza Conte e Maria Zilah da Silva Brandão) da editora Mecenas.

Se comunicar nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente quando não sabemos lidar com o que estamos sentindo, em muitas vezes nossos sentimentos fazem com que tenhamos atitudes precipitadas, agimos impulsivamente, o que em grande parte das vezes piora a situação. Em outros momentos é nossa falta de habilidade e repertório que nos fazem agir de forma passiva e agressiva, deixando de lado a assertividade.

E é exatamente sobre todas essas questões que o livro, de fácil leitura, trata. É discutido em todos os capítulos a comunicação nas relações em que estamos inseridos, sejam essas amorosas, profissionais, familiares, escolares e entre outros. Os textos abrangem todas as faixas etárias e oferecem ao leitor instrumentos para que se possa avaliar melhor a forma com que se comunica a partir das próprias observações. "Quem não se comunica, se trumbica!", já dizia Chacrinha, e para a gente parar de se trumbicar devemos ter um bom autoconhecimento e desenvolver um repertório que seja interessante para a nossa comunicação com o outro, algo que a psicoterapia pode te ajudar.

#indicacaodaterca #faloounaofalo  #comunicacao #saberfalar #saberouvir #assertividade #agressividade #passividade #comportamento #autoconhecimento #analisedocomportamento #psicoterapia #vempraterapia #terapiafazbem #vempraequilibrium

A indicação de hoje vai para uma entrevista que a Psicóloga Lídia Weber fala sobre sexualidade precoce. Muitos pais apresentam dificuldades em lidar com comportamentos e perguntas sexuais que as crianças apresentam. Na prática clínica, recebo muitos questionamentos dos pais: Como eu respondo essa pergunta?  Devo repreender meu filho?

É importante ressaltar que as crianças aprendem comportamentos, a se relacionar consigo mesma e com o mundo a partir dos adultos. Sendo assim, da mesma forma que a criança aprende a falar, a andar, a se comportar imitando os adultos, também será a partir de nós que ela vai aprender sobre a sexualidade.

Vale muito a pena separar uns minutinhos para assistir o vídeo e refletir sobre as orientações em relação ao tema. Segue o link: 
https://youtube.be/mrsoSIFLuEs

#psicologia #equilibrium #indicacaodaterca #sexualidadeprecoce #orientacaoapais #terapiafazbem #vempraterapia #vempraequilibrium

A indicação de hoje é a campanha do Grupo Pão de Açúcar: "O que você faz pra ser feliz?". A propaganda coloca o indivíduo como responsável pela própria felicidade, o que é inteiramente verdadeiro, nossa felicidade está em nossas mãos! Durante o comercial essa premissa é colocada de diversas formas: um rapaz correndo, um grupo de jovens andando de skate, um almoço de família, um casal se divertindo em balanços e entre outras. Isso significa que a felicidade não tem um padrão, ou seja, cada indivíduo pode e deve ser feliz do seu próprio jeito.
.
"E se eu não souber o que me faz feliz?" Que tal experimentar coisas novas? Ou até mesmo atitudes e comportamentos antigos e que hoje já não estão mais sendo praticados mas que fazem você feliz. A felicidade pode estar em momentos como ler um livro, assistir um seriado ou andar de bicicleta, mas pode estar também nas viagens com amigos ou familiares, nos encontros, nas brincadeiras ou no trabalho! Uma outra forma de descobrir o que nos faz feliz é se questionar: O que eu faço e gosto? O que eu não faço e gostaria de fazer? O que eu faço e não gosto? São perguntas que podem dar um norte na descoberta do que faz você feliz.

E aí, o que você faz pra ser feliz?

#indicacaodaterca #oquevocefazpraserfeliz  #felicidade #comportamento #autoconhecimento #analisedocomportamento #psicoterapia #vempraterapia #terapiafazbem #vempraequilibrium

A indicação de hoje é o documentário Minimalism: um documentário sobre as coisas importantes (Minimalism: a documentary about the important things, 2016), que traz uma reflexão bastante interessante a respeito do valor que agregamos as coisas em um geral.

O filme aborda em diversos aspectos a forma como geralmente esses valores são agregados em nossas vidas, o porquê é tão importante e valoroso ter as coisas que temos, até mesmo viver a vida da forma que vivemos. É importante dizer que o filme é baseado num estilo de vida minimalista, do qual não iremos discorrer a respeito, o foco aqui é outro.

Uma vez que acreditamos em um padrão, geralmente imposto pelo o que a sociedade enxerga como interessante, passamos a nos comportar de acordo, passamos a acreditar que é realmente importante ter isso ou aquilo, ser assim ou assado e entre outros. Se seguimos este padrão ficamos felizes, somos recompensados e reconhecidos, caso contrário ficamos tristes, não somos recompensados ou reconhecidos.

Somos ensinados e treinados a acreditar em muitas coisas, mas não nos ensinam a questionar o porque de cada uma delas, somos seguidores competentes e disciplinados de regras que muitas vezes não fazem sentido, por outro lado não queremos ficar de fora e muitas vezes passamos por cima de valores para pertencer a algo.

Sendo assim, questionem o porque de se comportar de um jeito que incomoda, questionem o porque de ter o melhor celular, questionem o porque de malhar na academia mais cara, questionem o porque de gostar do que gostam, questionem a importância de ser magra e gostosa, questionem o porque de aceitar tudo sem questionar nada.

#indicacaodaterca #documentario #coisasimportantes #comportamento #autoconhecimento #analisedocomportamento #psicoterapia #vempraterapia #terapiafazbem #vempraequilibrium

Most Popular Instagram Hashtags