[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#fisioterapiaortopédica

1587 posts

TOP POSTS

"Carol, minha escápula é pontuda!" Frase que já ouvi inúmeras vezes, e que além do efeito estético tem implicações funcionais e biomecânicas.
Esse posicionamento da escápula chama-se tilt anterior. Significa que a parte de cima da escápula está inclinada para frente, e por isso a parte de baixo (o ângulo inferior) volta-se para trás e fica proeminente.
Dentre as causas desse posicionamento estão tensão miofascial em torno do peitoral menor e hipoativação de trapézio inferior. No "cabo de guerra" o peitoral menor puxa a parte de cima da escápula para frente e o trapézio inferior, inativo, não consegue vencê-lo.
O problema é que esse posicionamento diminui o espaço subacromial, que é onde os tendões do ombro (o famoso manguito rotador) estão. Isso já os pinça, os aperta. Além disso, o trapézio inferior é um dos responsáveis por rodar a escápula para cima quando subimos o braço, preservando o espaço subacromial. Se ele não funciona direito, essa função fica prejudicada e, adivinhe: mais um motivo para pinçar os tendões do manguito rotador! Logo, a sua tendinite no ombro pode ser causada pelos seus músculos da escápula!
E se eu não tenho dor no ombro ou tendinite, isso é relevante? A resposta é: sim! Manter esse desequilíbrio na escápula e continuar treinando reforça o desequilíbrio, te predispõe a lesões ou, na melhor das hipóteses, a não ganhar massa muscular naquela região. A escápula vai ser "pontuda" e as costas magrinhas sempre...
Como resolver isso? Vem que a fisioterapeuta te ensina! 😉
#fisioterapiaortopédica #fisioterapiaesportiva #biomecânica

Ainda em clima de carnaval na clínica 🎉🐭🎊 As melhores estagiárias e paciente 😁😂😂 #fisioterapiaortopédica #amofisio 💗

Avós são amor que nunca envelhece e sabedoria que nunca acaba! Homenagem aos nossos pacientes que já são avós e que nos enchem de amor. #geriatria #fisioterapiaortopédica #diadosavós

Boa tarde!
Hoje fiz um acompanhamento com Dr. @jvfisio para prevenir lesões e passando por sessão de OSTEOPATIA!

Queria agradecer a parceria de poder contar com profissional que esteve entre os melhores do mundo nas olimpíadas Rio2016! 👊🏼🏃🏻🏃🏻🏃🏻 #jvfisio #fisioterapiaOrtopédica #quiropraxia-osteopatia!
#guttorunningteam @gutto_running
#PraiaGrande !

Pós operatório de Lca (9 dias), fazendo fortalecimento de quadríceps com auxílio do FES.
#Reabilitação #FisioterapiaOrtopédica #FisioterapiaEsportiva #Fisioterapiacomamor

Hoje ela não estava muito disposta😩... mas o Tio Custódio deu um jeito😏
-Se fizer tudo direitinho no final vamos brincar! 😍🤗
#fisioterapiacomamor #fisioterapiaortopédica #façaoqueama #sorrisodecrianca

MOST RECENT

"..se não por todas elas."
Corrija os hábitos que te fazem mal e dê um UP na sua qualidade de vida.
🙌🏼👎🏼💥🏃🏼‍♀️🌳💦
.
(11) 2362-2771
www.fisioupfisioterapia.com
.
#sejaativo #exercite #corporativo #vivasemdor #fisioterapiaortopédica #saúde #menteforte #fisioterapiaesportiva #zonadeconforto #saude #mentepositiva #motivação #health #saúdemental #saudeebemestar #segurança #saudefisica #serforte #força #treinamentofuncional #evolução #avaliacaofisica #atendimentodomiciliar #atendimentoadomicilio

Para as Mamães de plantão!! 10 benefícios que somente o Pilates irá te proporcionar! Pilates é para TODOS!! Ligue agora e agende a sua aula experimental totalmente grátis e prove o melhor pilates da sua vida!! ☎️📞11 2268-3195 #pilatesnagestacao #pilatesbrasil #clinicalituania #mooca #pilatesnaterceiraidade #alongamento #fisioterapia #hidroterapia #fisioterapiarespiratoria #fisioterapiaesportiva #hidroterapianeuro #fisioterapiaortopédica #fisioterapiacomamor #reabilitacao #fortalecimento #moocaemooca #rpg #drenagemlinfatica #massagemmodeladora #aromaterapia #shiatsu #acupuntura #bioimpedancia #nutricaoesportiva #medicina #piscinaaquecida

Dor em trapézio superior: quem nunca?
Dor constante associada a tensão em trapézio superior é muito comum. Costumo ouvir as pessoas se referirem a ela como "a minha dor" ou "essa dor é normal", por se acostumarem a conviver com ela. As que se submetem a tratamento muitas vezes tem recidiva dos sintomas. E se contentam com "paciência: você tem tendência a ter dor em trapézio superior" como justificativa para o insucesso do tratamento.
Certa vez uma paciente me procurou com esse quadro, e logo me advertiu: "sou a rainha da dor no trapézio." Já havia sido submetida a fisioterapia convencional, com condutas como eletrotermoterapia e massoterapia – que de fato traziam um bom alívio para os sintomas, mas temporários. A dor e a tensão em trapézio superior sempre recidivavam, e a paciente mantinha-se em seu reinado.
Mas se a dor permanece, é porque a causa dela também permanece. Então minha conduta com ela foi um pouco diferente: busquei as causas desse problema, através de avaliação específica e detalhada.
Essa paciente possuía, dentre outras alterações, anteriorização de cabeça e ombros devido a "encurtamento" miofascial nos trilhos anteriores – que eram completamente indolores. Para evitar que a força da gravidade a puxasse para frente, o trapézio superior contrabalanceava essa força exercida pelos trilhos anteriores mantendo-se constantemente tenso.
Poderiam ser outras causas, como hipoativação dos demais músculos da escápula gerando sobrecarga ao trapézio superior, desarranjo cervical... Aí está a importância de uma avaliação fisioterapêutica detalhada. A sua dor pode ser igualzinha à do seu colega, mas as causas (e consequentemente o
tratamento) podem ser completamente diferentes!
E o meu tratamento a essa paciente pautou-se em liberação miofascial dos trilhos anteriores – mesmo seus sintomas sendo apenas em trapézio superior – além de orientações domiciliares e posturais. E
assim, destronei essa e outros reis e rainhas da dor no trapézio superior.
Existe solução para isso. Não se apegue à sua dor, ela não é sua e não é normal. Deixa que a fisioterapeuta cuida de você!
#fisioterapiaortopédica #tensãomuscular #trilhosanatômicos

A pagina da SOSORT precisa de mais curtições, de mais likes, para alcançar 2000 likes.
Esta organização sem fins lucrativos produz o que há de melhor para o tratamento da escoliose, reunindo profissionais especializados de todo o mundo que doam generosamente seu tempo e de forma única unem a produção científica de alta qualidade à humanização do gerenciamento desta complexa patologia.
A Dra Patricia Italo Mentges nossa fundadora tem a honra de fazer parte do comitê educativo desta importante organização.
Vamos compartilhar pois o conteúdo das informações da SOSORT é FUNDAMENTAL para assegurar a eficiência do tratamento, tanto na educação dos profissionais como dos pacientes, dos afetados pela escoliose.
Compartilhe e ajude a levar a boa informação e o conhecimento adiante!
Até a próxima semana vamos ser o país de maior numero de compartilhamentos e curtições!
We need 57 more people to LIKE our page to reach 2000 LIKEs!
Please invite, share and ask your friends and colleagues to like the SOSORT page. I will announce the most sharing individual and country next weekend! #sosort #sosortgroup #fisioterapiaparaescoliose #fisioterapiaortopédica #fisioterapiadequalidade #escolioseidiopática #escolioseformaçãointernacional #escolioseformaçãooriginal #escolioseinformaçãodequalidade #escoliosetratamentoespecializado #escolioseidiopáticadoadolescente #escoliosedoadulto #scoliosis

#Repost @projescoliosebrasil (@get_repost)
・・・
Nada de colete 2 anos pós menarca? Por que?
O estudo com o título:
"Dois anos de regra pós-menarca para prescrição de colete: mito ou realidade?"
de Negrini et al, apresentado em 2013 durante o Congresso da SOSORT em Chicado, USA, fornece importantes dados e mais do que uma reflexão, desfaz um mito.
Os critérios SRS para pesquisas de prescrição de colete propõem o limite de dois anos pós-menarca (2YPM). Isso também é freqüentemente utilizado como regra para prescrição de colete no mundo clínico no dia a dia.
Este estudo teve como objetivo verificar se a regra 2YPM para prescrição de colete é apropriada para a prática clínica, através de respostas obtidas a 4 perguntas a seguir:
- O crescimento ósseo (de acordo com Risser) está quase concluído?
- O crescimento da estatura chegou ao fim?
- A escoliose terminou definitivamente a progredir?
- Os resultados do colete são significativamente reduzidos?
Para responder a estas questões foram desenvolvidos consecutivamente quatro estudos de base de dados clínicos prospectivos, incluindo 5.142 (!!!) mulheres pacientes com escoliose idiopática menores de 20 anos.
Resultados
Aos 2 anos pós menarca (2YPM):
- O estágio de Risser é inferior a 3 em 15,7% e ainda é 0 em 2,4%.
- O crescimento não está terminado e ainda decresce (2,5 cm / ano): 5% dos pacientes apresentam 4 cm de crescimento residual, 12% 3 cm e 25% 2 cm. O fim do crescimento é alcançado em torno de 48 meses pós-menarca.
- A escoliose ainda não terminou de progredir, particularmente no terceiro ano, mas também nos próximos seis meses.
- Não houve alteração nos resultados positivos obtidos com o colete antes e depois dos 2YPM, tanto para resultados clínicos radiográficos quanto para porcentagem de pacientes com melhora / piora.
Conclusões
Esses resultados sugerem a necessidade de verificar cuidadosamente esta regra pois NÃO é um parâmetro confiável. #fisioterapiaparaescoliose #fisioterapiaortopédica #fisioterapiadequalidade #escoliose #escolioseidiopática #escolioseseasbrasil #escolioseidiopáticadoadolescente #escolioseformaçãointernacional #escolioseformaçãooriginal #projescoliosebrasil

Nada de colete 2 anos pós menarca???? Por que?
O estudo com o título:
"Dois anos de regra pós-menarca para prescrição de colete: mito ou realidade?"
de Negrini et al, apresentado em 2013 durante o Congresso da SOSORT em Chicado, USA, fornece importantes dados e mais do que uma reflexão, desfaz um mito.
Os critérios SRS para pesquisas de prescrição de colete propõem o limite de dois anos pós-menarca (2YPM). Isso também é freqüentemente utilizado como regra para prescrição de colete no mundo clínico no dia a dia.
Este estudo teve como objetivo verificar se a regra 2YPM para prescrição de colete é apropriada para a prática clínica, através de respostas obtidas a 4 perguntas a seguir:
- O crescimento ósseo (de acordo com Risser) está quase concluído?
- O crescimento da estatura chegou ao fim?
- A escoliose terminou definitivamente a progredir?
- Os resultados do colete são significativamente reduzidos?
Para responder a estas questões foram desenvolvidos consecutivamente quatro estudos de base de dados clínicos prospectivos, incluindo 5.142 (!!!) mulheres pacientes com escoliose idiopática menores de 20 anos.
Resultados
Aos 2 anos pós menarca (2YPM):
- O estágio de Risser é inferior a 3 em 15,7% e ainda é 0 em 2,4%.
- O crescimento não está terminado e ainda decresce (2,5 cm / ano): 5% dos pacientes apresentam 4 cm de crescimento residual, 12% 3 cm e 25% 2 cm. O fim do crescimento é alcançado em torno de 48 meses pós-menarca.
- A escoliose ainda não terminou de progredir, particularmente no terceiro ano, mas também nos próximos seis meses.
- Não houve alteração nos resultados positivos obtidos com o colete antes e depois dos 2YPM, tanto para resultados clínicos radiográficos quanto para porcentagem de pacientes com melhora / piora.
Conclusões
Esses resultados sugerem a necessidade de verificar cuidadosamente esta regra pois NÃO é um parâmetro confiável. #fisioterapiaparaescoliose #fisioterapiaortopédica #fisioterapiadequalidade #escoliose #escolioseidiopática #escolioseseasbrasil #escolioseidiopáticadoadolescente #escolioseformaçãointernacional #escolioseformaçãooriginal #projescoliosebrasil

"Fiz minha formação SEAS (Exercícios Científicos na Abordagem da Escoliose) ministrado por Michele Romano e Alessandra Negrini da ISICO (Instituto Científico Italiano da Coluna Vertebral) no Rio de Janeiro, uma iniciativa do Projeto Escoliose da Dra. Patricia Mentges. Curso fantástico, transformador da prática fisioterapêutica no trato da escoliose idiopática do adolescente. Estamos implantando essa abordagem em nossa clínica em São Carlos e recomendo a todos os colegas fisioterapeutas que participem da segunda turma do curso que acontece de novembro de 2017. Vale cada centavo do investimento feito." Por Carlos Castro

Resumo do perfil deste profissional de reconhecido saber que além de tudo é um ser humano ímpar que ensina pelo exemplo e dignifica a fisioterapia.
Ensino, pesquisa e cuidados especialmente de pacientes portadores de dores crônicas com ênfase em Educação em Neurociências da Dor. Fui professor no Curso de Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos por 36 anos (1980-2016) e atualmente atuo em clínica de fisioterapia (Kìnesis Fisio & Saúde) em São Carlos

Você vai perder esta oportunidade?
Faça a segunda turma de 2017! Dias 3, 4 e 5 de Novembro!
https://goo.gl/8trmdZ
#escolioseseasbrasil #escolioseidiopáticadoadolescente #escolioseidiopática #escolioseformaçãointernacional #escolioseformaçãooriginal #escolioseinformaçãodequalidade #projescoliosebrasil #projescolioseseas #seas #escoliosetratamentoespecializado #scoliosis #fisioterapia #fisioterapeuta #fisioterapiaparaescoliose #fisioterapiadequalidade #fisioterapiaortopédica

Most Popular Instagram Hashtags