[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

#culturando2017

MOST RECENT

No dia 2 de janeiro de 2017, depois de assistir ao filme Voo Noturno (Red Eye), o primeiro visto no ano, resolvi, despretensiosamente, criar a hashtag #CULTURANDO2017 com o simples objetivo de me incentivar a estar mais atuante junto aos produtos culturais dos quais sempre fui apreciador, principalmente, a literatura, o cinema (ou áudio-visual no geral) e a música. Claro, a música. A ideia era não só assistir, ouvir ou ler. Mas utilizar esse espaço para expressar minhas impressões sobre o que consumi. Achei muito interessante o feedback, ao longo do ano, de amigos, colegas e até desconhecidos dizendo que acompanham minhas considerações, que veem aquilo que indico, que não assistem detrminada produção quando eu critico e que não concordaram com algum ponto de vista apresentado. Fico muito feliz que se alguma forma isso tenha gerado uma rede em que alguns próximos, inclsuive, ficam me cobrando que filme ou série vi para que eles possam ver também. Isso me deixa muito lisonjeado.
Dito isso, é já me encaminhando para os últimos dias deste ano conturbado, venho através deste post prestar contas do que vi e vivi rs.
Vale ressaltar que, fora as músicas que ouvi, nenhuma das outras metas foram batidas, como Um Livro por Semana ou Um Filme Todo Dia. Eu até queria, mas a correria do dia a dia nunca que iria me permitir isso. Talvez em 2018, nunca se sabe. Mas estou sentindo good vibrations por aí.
Ao todo, li apenas 24 livros, vi (até o dia 30/12) 202 filmes e assisti a umas 20 séries (e vai aumentar agora com início das maratonas #StrangerThings - 2 temporada, #TheCrown - 2 temporada e #BlackMirror - 4 temporada). E muita, mas muita música mesmo. De artistas chineses, passando pelos turcos, israelenses, iranianos, latinoamericanos, brasileiros e até americanos. Muita coisa nova teve espaço nas minhas audições diárias, graças muito à adesão em definitivo ao #spotify . E, claro, a velharia musical boa de sempre teve seu espaço. Para #2018,por favor, shows musicais, de dança e teatro. Neste ano só fui a dois concertos de orquestra e uma ópera. Mas quem sabe no ano que se avizinha. Estou aberto a convites.
#culturando2017 #musica #Cinema #happynewyear #bomdia #livro #art

202.
#Oscar2018
Dando sequência à #maratonaglobodeouro, o film da vez é o drama russo Loveless. A história se passa na Moscou contemporânea e retrata a crise vivida por uma família desestruturada em uma sociedade moderna que tenta se adaptar às mudanças do mundo.

Boris (Alexey Rozin) e Zhenya (Maryana Spivak) estão se divorciando. Depois de anos juntos, os dois se preparam para suas novas vidas: ele com sua nova namorada, que está grávida, e ela com seu parceiro rico. Com tantas preocupações eles acabam não dando atenção ao filho Alyosha (Matvey Novikov), que acaba desaparecendo misteriosamente.

Aliás, Alyosha mais parece um fardo para o casal que tenta a todo custo de livrar, ou pelo menos se distanciar. Uma das cenas mais chocantes do longa se passa durante uma briga entre os dois que querem saber como resolverão a questão do garoto. A câmera, que mais parece ums espécie de espectador observando tudo o que acontece no local, vai até a cozinha e mostra o desespero do pequeno diante a desestruturação daquilo que um dia foi seu lar.

Nem mesmo o sumiço de Alyosha traz proximidade ao casal, que parte em busca do garoto ainda de forma individualizada. Sem contar que há também demora para que isso ocorra. Um filme dirigido pelo diretor russo Andrey Zvyagintsev, o mesmo de Levistã, que já concorreu ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

#GlobodeOuro #Oscar #Loveless #Rússia #culturando2017 #filme #entretenimento #umfilmepordia #família #Nelyubov #Livro #Movie #Cinema #film #Movie

201. Mais um do Natal. Revisto com sucesso Animais Fantásticos e Onde Habitam. Visualmente um baita entretenimento, mas a história e atores não ajudaram muito. Não bateu a química.

#culturando2017 #maratonadenatal #entretenimento #Oscar #filme #umfilmepordia #365filmes #livro
#animaisfantasticos #harrypotter

199. 200 Agradecendo a Globo pelas animações na TV aberta neste Natal. Frozen e Bolt, dois clássicos da Disney que amenizaram os corações em um ano não tão light para milhares e milhares de brasileiros.

Frozen - 4/5

Bolt - 3/5

#culturando2017 #frozen #bolt #entretenimento #Oscar #filme #disney #animação #cinema #umfilmepordia

198. Natal é momento de rememorar os clássicos. Um deles A Lenda dos Defensores de Atena: o filme. Primeiro longa dos Cavaleiros do Zodíaco lançado no Brasil conta a história de Abel, o Deus Sol e irmão de Atena. Ele vem ao mundo para destruir a humanidade que tem se levantado contra os deuses. Problema é que no meio do caminho havia uma pedra: Seiya e companhia. Clássico dos clássicos do universo CDZ.
4/5

#culturando2017 #cavaleirosdozodiaco #cdz #saintseiya #entretenimento #filme #anime #365filmes #umfilmepordia

197. Acabei de assistir a Voado Alto, dirigido por Dexter Fletcher. Espero que ele não mexa muito no roteiro de Bohemian Rhapsody (ele substitui Bryan Singer que foi demitido do longa que conta a história de Freddie Mercury, do Queen), porque esse Voando Alto é de uma forçação de barra sem tamanho. Conta a história real do saltador "Eddie Águia", bem naquele estilo sessão da tarde.
A determinação do atleta, indo contra tudo e contra todos é emocionante, mas o tom dado por Fletcher dá ao filme um ar desinteressante. Sem contar que Hugh Jackman não está nada à vontade. Funciona como aqueles filmes motivacionais para passar na firma no fim de ano.

Sinopse
Cortado da equipe britânica de esqui, Eddie Edwards tenta uma vaga na prova de saltos na Olimpíada de Inverno de 1988. Para isso, contará com a ajuda de Bronson Peary, um ex-atleta que trabalha como motorista de máquina de limpar neve.

3/5

#culturando2017 #filme #movie #hughjackman #umfilmepordia #365filmes #livro #entretenimento #FreddieMercury #Queen #DexterFletcher #BryanSinger

196. Esperei tanto por um filme que retratasse bem a vida de Bettie Page, mas esse não convenceu muito. A sinopse dizia que o longa era um retrato da modelo norte-americana contando sua vida privada e relacionamentos, que iam sendo contados enquanto ela espera para depor perante o Senado, depois que se iniciou uma investigação com base em suas fotos provocantes. Mas o produto final não convenceu, apesar de toda dedicação de GRETCHEN MOL, que ficou a cara da Page.
#AInfameBettiePage tá na #HBOGO
2/5

#culturando2017 #cinema #entretenimento #umfilmepordia

195. Existe uma comunidade judaica ultra-ortodoxa vivendo na maior democracia do mundo, os Estados Unidos. São os hassídicos, que tentam manter dogmas e costumes de uma cultura milenar em uma das nações mais livres do planeta. O resultado disso não poderia ser outro se não o choque de realidades. Mas muito mais do que isso. O documentário dirigido por Heidi Ewing e Rachel Grady fala sobre o desrespeito e crime contra os direitos individuais das pessoas em defesa de conceitos religiosos e impacta pela coragem de mostrar uma realidade de parte dos judeus tão desconhecida das pessoas.
Se tem uma coisa que a Netflix tem demonstrado nos últimos anos é a coragem de mostrar realidades que a indústria do áudio-visual, muitas das vezes, tem evitado abordar. E quem ganha com isso é o espectador. One Of Us é desses documentos urgentes de nossa época. TEM NA NETFLIX

4/5

#culturando2017 #cinema #365filmes #filme #cinema #OneOfUs #documentario #livro #umfilmepordia #umlivroporsemana #entretenimento #netflix #dica

194. Dezembro é sinônimo de maratona dos filmes que estão na corrida das principais premiações de #Hollywood: #GlobodeOuro e o #Oscar.
Comecei por essa história comovente, chocante, que ainda é muito distante da realidade dos brasileiros, mas algo parecido já foi visto em outros cantos do Globo.
Com produção da #Netflix e direção e roteiro de #AngelinaJolie, #TheFirstKilledMyFather está concorrendo ao Globo de Ouro na categoria Melhor Filme Estrangeiro (categoria esta que mais curto) e conta a história de uma das centenas de famílias que tiveram suas vidas totalmente devastadas com a ascensão do Partido Comunista da Kampuchea e seu regime totalitário implantado em meados da década de 1970.
O filme importa pelo valor como documento histórico e nada que fosse mostrado pelo olhar crítico de Jolie não representaria o que de fato aconteceu na terra dos budistas. Aparentemente, a diretora pegou leve com o que teria sido praticado pelo regime comunista que se implantou no Camboja.
No entanto, para comover o espectador, foca no olhar triste e muitas vezes no choro de agonia da pequena Loung Ung (Sareum Srey Moch) que é de partir o coração de qualquer um. Essa técnica de comoção já é conhecida dos membros da banca julgadora, mas em se tratando da realidade dos fatos, ficamos a imaginar que muito pior com certeza aconteceu nos campos do Camboja naqueles anos sangrentos, o que ser levado em consideração e somar uns pontos ao longa.
O filme também foi escolhido pelo país para a corrida do Oscar, e aguarda estar entre os selecionados. Ótima pedida para reflexão neste Natal. Tem na Netflix.

4/5

#culturando2017 #umfilmepordia #365filmes #leitura #livro #cinema

Se nada mais der certo no jornalismo, a ideia é fazer ponta na Netflix.

#Netflix #bright #evaristocosta #jornalismo #journalism #entretenimento #série #culturando2017 #cinema #willsmith #comic #bomdia #cool

Homenagem ao mestre do anime Hayao Miyazaki, que completa 77 anos no dia 4 de Janeiro de 2018. E ele continua trabalhando, e muito. Lança o curta Boro the Caterpillar (Kemushi no Boro) no próximo ano e está trabalhando no projeto de um novo longa: Kim-tachi wa Do ikiru ka (How Do You Live?). Vida longa ao rei do Studio Ghibli.

#culturando2017 #studioghibli #anime #filme #entretenimento #hayaomiyazaki

193. O poder dos memes, da Internet e das lendas virtuais sobre nossas vidas. O documentário Cuidado com o Slenderman conta a história desse ser fabricado nas redes sociais e capaz de influenciar ações de crianças e adolescentes aqui no mundo real.

Em 2014, uma garota foi encontrada esfaqueada e abandonada para morrer em uma floresta à beira da estrada. Suas amigas Morgan Geyser e Anissa Weier (de 12 anos) confessaram aos investigadores que tinham sido obrigadas a matar a amiga para agradar o Slenderman. A garota sobreviveu ao ataque e Morgan e Anissa foram acusadas de tentativa de assassinato em primeiro grau. O documentário mostra o julgamento e tenta entender o que aconteceu nessa situação.

Documentário alerta aos pais, que tem que estar atentos aos passos de seus filhos 25 horas por dia. Eles são os mais vulneráveis neste mundo louco.
4/5

#documentario #doc #filme #365filmes #umfilmepordia #culturando2017 #entretenimento #slenderman #HBO #HBOGO #umlivroporsemana #livro #cinema #Bomdia #alerta #pais #mae

192. Você morre a cada relato, chora a cada registro. Um documentário para quem tem coração forte, daqueles para perder qualquer esperança na raça humana. Triste do início ao fim. Tocante e lamentavelmente real.

Os documentaristas contam a história de Tilikum, uma baleia assassina performática, que matou várias pessoas em cativeiro. Por meio de imagens fortes e emocionantes entrevistas, revela a extraordinária natureza da criatura, o tratamento cruel que os animais recebem no cativeiro, as vidas e mortes dos treinadores, além das pressões da multibilionária indústria dos parques aquáticos.

Tem na #Netflix 😢 😢 😢
5/5

#doc #documentario #filme #cinema #culturando2017 #baleia # Blackfish #human #baleiaassassina #seaworld

190. Ainda no clima Star Wars, assisti a esse doc. impressionante da relação afetiva entre Carrie Fisher e sua mãe, Debbie Reynolds. Há quase um ano Fisher falecia após sofrer uma parada cardíaca. Um dia depois Debbie também morria.

Este Documentário Original HBO traz um olhar sincero às vidas interconectadas de dois ícones do cinema: a estrela da franquia Star Wars, Carrie Fisher, e sua mãe, a estrela de Cantando na Chuva, Debbie Reynolds. O filme dirigido por Alexis Bloom e Fisher Stevens mostra, através de filmes caseiros da família, a química especial e excentricidade entre estas duas gerações da realeza de Hollywood.

Como Fisher fumava, e como adorava Coca-Cola. Poucas foram as cenas do doc. em que ela aparecia sem uma latinha na mão. Quando não a latinha, um copo gigante. O personal responsável pela redução de peso da atriz para que ela voltasse a interpretar a princesa Leia teve muito trabalho. E acho que ele não conseguiu alcançar o objetivo da produção da saga.

Fisher não estava nem aí para a fama, diferente da mãe, que até o fim dos seus dias viveu como uma diva do cinema Hollywoodiano. E como essa família era excêntrica. Interessante saber que as duas eram tão íntimas, melhores amigas. E estiveram juntas até o fim da vida.

3/5

#culturando2017 #starwars
#filme #cinema #movie #carriefisher #princesleia #Cocacola #hollywood #debbiereynolds #entretenimento

189.
#Oscar2018

Um filme de arrepiar! Um filme não, vários filmes. São tantas personagens com histórias bem elaboradas que você fica a se perguntar quem realmente é o protagonista da coisa toda. Talvez a alma Star Wars, talvez o legado de 40 anos de franquia, talvez a Força seja o protagonista em cada uma das cenas que explodem na tela do cinema.

Uma prazerosa experiência, provavelmente uma nova esperança para produções do gênero. Pela primeira vez nossos heróis foram humanizados, eles se parecem mais com a gente.
Ninguém é de todo mau. Ninguém é um avatar para não sofrer com as angústias do mundo, com a indiferença do outro, com os prazeres que a sociedade nos oferece em troca da dor do próximo. Estamos todos conectados. E nos preocupamos com o outro. E muitas das vezes nos cansamos do mundo. Jogamos a toalha. Às vezes até dizemos que determinado problema não tem mais jeito e vamos nos envolvendo pelo lado negro da Força. E é aí que mora todos os perigos.

Os Últimos Jedi é um filme para levar pra casa e ficar refletindo por horas. E ficar se arrepiando por horas. E vou até arriscar dizer que esse filme vai figurar entre os grandes concorrentes ao Oscar 2018. Fora a impressionante Fotografia e a emocionante Trilha Sonora, as indicações técnicas já são garantidas. Mas eu to falando de Roteiro. Eu to falando de Direção. Eu to falando de Melhor Filme.

5/5

#starwars #thelastjedi #osultimosjedi #maratonastarwars #filme #cinema #Oscar #oscar2018 #starwarsoscar2018 #LucasFilm #disney #culturando2017 #entretenimento #umfilmepordia #365filmes #jedi #lukeskywalker #princessleia #yoda #starwarsviii #bomdia #happy #movie #bb8 #r2d2

A melhor notícia do sábado: Yusuke Urameshi e a turma do Yu Yu Hakusho estão de volta.
Não tem como não lembrar das tardes, ali nos anos 1990, de frente à TV, acompanhando as atrações sagradas da Rede Manchete.

YYH conta a história de Yusuke Urameshi, um jovem delinquente que morre tentando salvar um garoto de um acidente de carro e acaba descobrindo a existência de um mundo paralelo de espíritos e demônios.
Para comemorar 25 anos de lançamento da série, um episódio do anime deve ser lançado em breve, junto com box comemorativo. Estamos de olho.

#culturando2017 #anime #yuyuhakusho #entretenimento #redemanchete #TV #anos1990 #anos90 #cimema #filme

A dona Disney tá dominando geral. Bem o Deadpool escapou dessa. Para alegria dos fãs de super heróis alguns universos devem se expandir. X-Men, por exemplo, retorna à casa Marvel. Tem gente já imaginando até uma batalha em que Wolverine luta ao lado de Luke Skywalker. Haha
Te cuida, #Netflix!

#Marvel #deadpool #entretenimento #disney #filme #movie #cinema #culturando2017 #xmen #starwars

188. No Brasil, Invasão Zumbi. Ótimo entretenimento com cenas de tirar o fôlego. Interessante que a questão zumbi em si é apenas um pano de fundo para justificar o drama vivido pelas personagens principais. Tem na #Netflix
Sinopse
A Coreia do Sul decreta estado de emergência após um vírus desconhecido tomar conta do país. Algumas pessoas tentam fugir de zumbis e ficam presas em um trem-bala que está a caminho de Busan, a única cidade que não foi afetada pelo vírus.

3/5

#culturando2017 #filme #entretenimento #movie #cinema #365filmes #umfilmepordia #livro #umlivroporsemana #música #music #musicatododia #literatura #Bomdia #Netflix #cinemacoreano #asiancinema #kpop #invasaozumbi #traintobusan

Estava conversando com um amigo sobre essa proximidade distante nossa com nossos vizinhos na América Latina, essa nossa indiferença com a história, com a cultura, com as artes aqui do lado. E ao mesmo tempo estava contemplando esta intensa e bela publicação do chileno #AlejandroZambra, que conta de forma sofisticada um momento tão duro e crítico para a população de seu país, nos levando a entender que com o passar do tempo nunca aprendemos de fato. E que os acontecimentos são cíclicos, vão é voltam, voltam e vão. Ainda somos os mesmos... Talvez #FormasdeVoltarparaCasa fale sobre isso. O Chile viveu uma das ditaduras mais terríveis da América Latina. Pessoas lutaram e morreram. E outras simplesmente seguiram suas vidas. O quão esses cidadãos são cúmplices do regime ditatorial de Pinochet? Mas os chilenos também tiveram que sofrer a dor dos mortos em terremoto, em 1985. Ou seja, sua dor foi maior.

Assim como os terremotos no Chile, que vêm e vão, vão é vêm, as ditaduras podem ir, mas se não estivermos preparados, podem também facilmente retornar. E se não estivermos preparados vidas podem ser ceifadas. E não falo apenas da forma física de morrer.

#culturando2017 #livro #umlivroporsemana

Most Popular Instagram Hashtags