[PR] Gain and Get More Likes and Followers on Instagram.

sbcpoficial sbcpoficial

133 posts   10024 followers   5992 followings

Cirurgia Plastica - SBCP  Perfil Oficial da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. Rua: Funchal 129, São Paulo - SP

https://veja.abril.com.br/saude/justica-proibe-dentistas-de-aplicar-botox-para-fins-esteticos/

Os dois tratamentos são para correções estéticas do nariz, porém apresentam particularidades responsáveis por sua distinção. A rinoplastia é um tratamento invasivo (cirurgia) com o objetivo de corrigir imperfeições estéticas. Por ser um procedimento cirúrgico, são necessários além da internação hospitalar, aplicação de anestesia e cuidados no período pré e pós-operatório. Já a rinomodelação é um procedimento minimamente invasivo destinado apenas a corrigir imperfeições estéticas. Como não se trata de um procedimento cirúrgico, é utilizada uma anestesia tópica sem a necessidade de internação e afastamento do paciente de suas atividades normais. A técnica utilizada é através de injeção de ácido hialurônico em pontos estratégicos, alterando a modelagem do nariz. Porém é bom lembrar que os procedimentos devem ser realizados por cirurgiões plásticos especializados, membros da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), uma vez que requer grande habilidade para que seja obtido o resultado desejado.

É muito comum logo após o parto algumas mamães procurarem tratamentos estéticos para recuperarem as curvas que tinham antes da gestação. Em outros casos, correm para melhorar a aparência da pele devido as manchas que surgiram durante a gravidez. Segundo o conselho médico, para os casos de tratamentos invasivos a mulher deve esperar no mínimo três meses após o fim da lactação, ou seis meses depois do parto nos casos de mães que não amamentaram. De qualquer forma, para os tratamentos não invasivos, e graças a tecnologia avançada que temos, combinada à capacitação dos profissionais da área, alguns tratamentos estéticos são permitidos no período de amamentação, como os tratamentos faciais, por exemplo, que não têm restrição de tempo. Mas é bem possível que você se depare com médicos que indiquem esperar o término do período de amamentação para qualquer tratamento, por menor que seja. Caso haja um incômodo muito grande da qual esteja refletindo na saúde emocional da mulher, procure um cirurgião plástico para debater sobre o assunto e entender se é possível algum tratamento e até quando a mamãe deve esperar.

Falamos semana passada sobre o tempo que leva para forma um cirurgião plástico, mas você sabe como certificar-se de que o médico que você conhece é realmente um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica? Você pode conferir esta lista através do link
http://www2.cirurgiaplastica.org.br/encontre-um-cirurgiao/ . Lá você poderá fazer pesquisas através do nome do médico ou estado federativo.
Escolhendo um cirurgião membro da SBCP você assegura que o médico 👉🏻 completou o treinamento em cirurgia de no mínimo seis anos, sendo três de deles em cirurgia plástica 👉🏻está treinado para realizar todo tipo de cirurgia plástica estética e reparadora 👉🏻está submetido a um código estrito de ética 👉🏻apenas opera em instalações médicas credenciadas.
Lembre sempre que a segurança da sua cirurgia passa pela escolha adequada de um profissional adequado e habilitado.

Quando procuramos nos informar sobre rejuvenescimento e cuidados com a beleza certamente iremos nos deparar com o termo "harmonização facial". Mas você sabe o que isso significa?
A idéia principal aqui é restaurar o equilíbrio entre as proporções e as linhas da face, amplamente estudadas dentro da cirurgia plástica. Desta forma, os resultados serão ditos "harmoniosos", ou seja, trarão a sensação de beleza sem transparecer que algum procedimento foi feito.
Inúmeras técnicas estão disponíveis atualmente para que busquemos este equilíbrio da forma menos invasiva possível. Podemos citar os preenchedores, que são usados para recuperar o volume perdido ao longo do tempo em algumas regiões, ou melhorar o contorno da face em determinados casos. Também são empregados por alguns médicos os fios de sustentação, que têm o poder de tracionar levemente os tecidos do rosto que sofreram uma queda, ou ptose, e desta forma atenuar os sinais do envelhecimento. Vale lembrar que o cirurgião plástico é um profissional altamente especializado para avaliar as proporções da face e realizar os procedimentos mais indicados para cada paciente.

É difícil encontrar alguém que não tenha em sua casa uma "pequena farmácia" com alguns medicamentos contra dor ou resfriados, e até mesmo com antibióticos e remédios controlados. Justamente por isso queremos alertar que a automedicação traz diversos riscos e é considerada um problema de saúde pública em todo o mundo. O uso de medicamentos sem prescrição médica, geralmente para amenizar aquela dor persistente ou a febre que não baixa, pode esconder sintomas mais sérios, dificultando o diagnóstico de outras doenças. No caso dos antibióticos, as consequências são ainda mais graves, pois o seu uso inadequado seleciona as bactérias mais resistentes, diminuido ou até anulando as possibilidades de tratamento.
Outro perigo real da automedicação é a interação entre as substâncias. Tomar doses maiores que as recomendadas ou misturar certos princípios ativos pode levar a casos sérios de intoxicação hepática ou renal. A SBCP alerta para esse perigo! Proteja sua saúde, não use medicamentos sem o conhecimento de seu médico.

A Cirurgia Plástica é uma especialidade em constante evolução. Graças ao avanço da medicina e com o auxilio de tecnologias de ponta, a cirurgia plástica, seja reconstrutiva ou estética, é responsável por benefícios nas mais diversas áreas do corpo humano, proporcionando melhoras funcionais, psicológicas e de bem estar. Esse cenário só é possível graças à capacitação dos profissionais atuantes nessa especialidade. Para se tornar especialista em cirurgia plástica são necessários pelo menos 12 anos de estudos, que se dividem da seguinte forma:
6 anos de graduação em Medicina;
3 anos de residência em Cirurgia Geral; aqui o médico irá desenvolver uma visão ampla sobre o corpo humano e sua anatomia, praticando as mais variadas técnicas de cirurgia e acompanhando os seus pacientes no pós-operatório;
3 anos de residência em Cirurgia Plástica em uma instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP).
Esse é o tempo mínimo para a formação do nosso especialista, porém, como dito anteriormente, os profissionais desta área estão sempre se aperfeiçoando, buscando novas técnicas e atualizando-se para levar os melhores tratamentos para os seus pacientes.
Não por menos que o Brasil é referencia mundial em Cirurgia Plástica, contando com médicos reconhecidos internacionalmente e figurando entre os países que mais realizam estes procedimentos.

Em que pese a recente veiculação eletrônica de material publicitário, de empresas que promovem planos financeiros para realização de cirurgias plásticas, aliciando médicos a esta prática aética, solicitamos especial atenção dos membros da SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIRURGIA PLÁSTICA (SBCP), ao que segue:
-Estabelecer vínculo de qualquer natureza com empresas que anunciam ou comercializam planos de financiamento, e/ou similares para procedimentos médicos, é INFRAÇÃO ÉTICA prevista no Código de Ética Médica – Art. 72, Resolução nº 1836/2008 do Conselho Federal de Medicina, e Regimento Interno da SBCP;
-O Departamento de Defesa Profissional (DEPRO) iniciou busca ativa de eventuais membros da SBCP, participantes deste repulsivo esquema de mercantilização da medicina;
-A SBCP recorreu ao Conselho Federal de Medicina, e Ministério Público a fim de que sejam adotadas prontas ações corretivas, no âmbito de suas competências, para o pleno exercício ético da medicina e segurança da população.
Ao cabo, solicitamos a todos os membros da SBCP, a se engajarem no PROJETO NACIONAL DE DEFESA DA ESPECIALIDADE, denunciando e reunindo provas que atestem a atuação deste esquema marginal, próximo de sua localidade. (Art. 50 -57 Código de Ética Médica – É vedado ao médico: Deixar de denunciar atos que contrariem os postulados éticos...) São Paulo, 11 de janeiro de 2018.

Diretoria Executiva Nacional - DN
Departamento de Defesa Profissional – DEPRO
Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Um Feliz Natal a todos!

Apesar da famosa marchinha de carnaval afirmar que "são dos carecas que elas gostam mais", a calvície é um problema que afeta muitas pessoas. Além da aparência, a falta de cabelo atinge age diretamente no bem estar e autoestima tanto de homens quanto mulheres. A boa notícia é que ninguém mais vai precisar ficar aterrorizado com o fato de ficar careca, o transplante capilar, também chamado de cirurgia de calvície, é possível corrigir o problema, de forma imperceptível. O paciente é submetido a anestesia local e sedação, e não há necessidade de internação. O cirurgião plástico é o profissional especializado para esse tipo de tratamento, portanto nunca esqueça de conferir se seu médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. #cirurgiaplasticaecomcirurgiaoplastico .

Não importa a época do ano, sempre queremos manter a pele bonita e saudável. Mas é prudente fazer Peeling no verão? Por muito tempo esse procedimento não era recomendado na estação mais quente do ano, devido a exposição solar mais intensa, mas isso é coisa do passado. Com o avanço da tecnologia e da medicina, novos procedimentos surgiram, possibilitando que o peeling seja feito mesmo nos dias mais quentes, desde que o paciente se comprometa a evitar exposição aos raios solares mais fortes por sete dias e usar com rigor e cuidado o protetor solar. Siga sempre as orientações de seu médico!

A informação está nos maiores sites de notícia do país.
A segurança do paciente é a nossa prioridade.
Clique no link da nossa bio para ler a matéria da Veja na íntegra.

Liminar suspende norma e proíbe dentistas de aplicar botox em pacientes.
Em liminar, a juíza suspendeu a resolução por entender que invade os limites legais da área de atuação dos médicos. “A regulamentação infralegal impugnada, ao possibilitar aos profissionais de odontologia, cuja formação não visa à realização de atos médicos, o exercício dos atos privativos dessa categoria profissional, põe em risco a saúde da população”, escreveu.
Para saber mais sobre o assunto, acesse o link na nossa bio.

Most Popular Instagram Hashtags