publicop3 publicop3

2200 posts   68069 followers   20 followings

P3 Público  Administrators @kitato @amandaribeiro . Tag #p3top and get a chance to be featured ✨

http://www.concursoterritorio.pt/

O destaque do #concursoterritorio de hoje é uma fotografia de @ruipbsoares

Imaculadas paredes brancas, águas claras e espaços estreitos – é a Casa de Alfama. Localiza-se abaixo do Mosteiro de São Vicente de Fora e junto ao Panteão Nacional. A obra é a recuperação de um dos edifícios limítrofes de Alfama com inspiração medieval, caso raro numa área e que os edifícios são maioritariamente posteriores ao terramoto de 1755.
.
Fotografias de Matos Gameiro no P3

Nuas, cobertas de glitter da cabeça aos pés, elas posam para fotografias com uma intenção clara: celebrar os seus corpos. Todos diferentes, todos iguais, todos igualmente belos em tons de arco-íris. É este o espírito por trás do tag #positivelyglittered

O destaque do #concursoterritorio de hoje é uma fotografia de @_jessica_reis_

Dias de sol são sinónimo de "esplanadar" junto ao mar — e a praia da Costa Nova, com as suas coloridas casinhas de brincar, é o cenário perfeito para essas horas de fotossíntese. Ainda mais se forem acompanhadas por uns bons petiscos. Situado nesta castiça marginal de Ílhavo, o Bronze - Seafood & Lounge Bar pode ser a resposta a essas preces. Com uma história de mais de 30 décadas nas costas, reabriu no Verão passado com um projecto do atelier de arquitectos Rómulo Neto, privilegiando o uso da madeira e do vidro. Como um caixilho para o mar. Uma sugestão para estes dias longos que se avizinham.

O destaque do #concursoterritorio de hoje é uma fotografia de @catarinsta
.
Registo e todas as informações no website do concurso (link na bio)

@frederikbuyckx foi o grande vencedor dos Sony Awards @worldphotoorg na primeira vez que fotografou paisagens a preto branco. O belga foi escolhido pela forma como registou o advento do Inverno e a transformação da natureza no Norte da Europa, num projecto que intitulou “Whiteout”.

O destaque do #concursoterritorio de hoje é uma fotografia de @rute_sousa
.
Registo e todas as informações no website do concurso (link na bio)

Localizado na freguesia de São Martinho de Anta, em Sabrosa, o Espaço Miguel Torga foi inaugurado em Julho de 2016 pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o momento contou ainda com a presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates. O edifício, projectado por Eduardo Souto de Moura, tem como objectivo desempenhar um papel de “multiculturalidade, arte e serviço educativo, no território e no país”, e é uma homenagem ao poeta de Trás-os-Montes. O Espaço Miguel Torga recebeu no dia 18 de Abril uma das duas menções honrosas do Prémio de Arquitectura do Douro.
.
Fotografias de @joaodmorgado no P3

A reconstrução do Palácio da Igreja Velha, assinada pelo gabinete português Visioarq, venceu o Popular Choice A+ Awards, na categoria Details-Architecture + Metal, do concurso @architizer.
.
Fotografias de @fernandogguerra no P3

"É bom, é bom... para ver se isto não acaba". O rebanho farfalhudo de Delfim teve uma manhã agitada, mas Delfim, pastor, releva a intromissão de mais de 20 forasteiros, instagramers curiosos (convidados do grupo @igersporto) que arrastaram para o @municipio_alfandegadafe milhares de seguidores. "Isto" é a pastorícia, muito presente nos vales verdejantes da região, mas "isto" são também as mãos experientes do pastor Diego, da queijeira Olímpia e do mestre sapateiro Arménio. "Isto" são as flores de cerejeira e de amendoeira que pintam a paisagem, as produções de castanha e de azeite, as linhas de relevo traçadas nos antigos mapas militares, os túbaros e as pantorras escondidas junto ao leito dos afluentes — primeiro encontramos o Rafael, depois encontramos os cogumelos. No Nordeste Transmontano, com cerca de 5 mil habitantes, Alfândega da Fé reinventa-se. Inventou a @casadecampodasfelgueiras (que convidou o conterrâneo chef Marco Gomes a criar uma refeição de mil e um sabores), conduziu o @voltagem_artepublica (em parceria com a Fundação EDP e a Rede Inducar, o projecto visa o acesso à arte e o envolvimento da população em novas experiências culturais), que deixou marcas indeléveis nos muros e nas pessoas. "Isto" ficou registado em mais de 100 fotografias partilhadas com o tag #meet_alfandegadafe2017

Porque Lisboa já não usa saia cor de mar e já não é a Lisboa sem par que conhecíamos, existe @deadlinne. Nas suas fotografias guarda todas as recordações da Lisboa que Lisboa já não é. Os tentáculos da gentrificação transformam tudo em negócio idealizado para turistas que chegam pela autenticidade mas só levam authenticity. Na sua street photography, Tiago Costa junta as donas Idalinas, os senhores Fernandos e as meninas Joanas e mostra-nos uma Lisboa da diversidade. “Gosto de ir para as ruas mais antigas e fotografar as pessoas que ali viverem toda a vida. Procuro fotografar o sentimento bairrista da cidade”, explica Tiago. Captar os moradores mais antigos da cidade nas ruas onde sempre viveram ou onde passeiam todos os dias, captando o seu carisma faz com que as fotografias de Tiago sejam uma espécie de “lata de conserva” da Lisboa antiga. A paixão por fotografar ruas nasceu quando um amigo lhe emprestou uma câmara analógica para uma viagem. Quando voltou já vinha com um bichinho e decidiu comprar a sua própria máquina, mas descobriu que era muito diferente fotografar uma cidade conhecida. A paisagem já não era o mais interessante, o que mais lhe interessava eram as pessoas. Não é o típico fotógrafo sempre carregado com um manancial de máquinas – usa uma Cannon AE-1 ou uma Nikon F3 porque gosta de fotografar em filme. “Dá maior autenticidade ao projecto e às pessoas. Assim, transmito melhor a minha mensagem porque as fotografias transmitem a sensação de se estar numa Lisboa antiga”, conta Tiago ao P3. Como é que fotografa? Sai para a rua de câmara na mão.

follow this page in feedly

Most Popular Instagram Hashtags