Instagram post by @yara__miranda Yara Miranda

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 14,25-33
Naquele tempo:
25Grandes multidões acompanhavam Jesus.
Voltando-se, ele lhes disse:
26'Se alguém vem a mim, mas não se desapega
de seu pai e sua mãe, sua mulher e seus filhos,
seus irmãos e suas irmãs e até da sua própria vida,
não pode ser meu discípulo.
27Quem não carrega sua cruz e não caminha atrás de mim,
não pode ser meu discípulo.
28Com efeito: qual de vós, querendo construir uma torre,
não se senta primeiro e calcula os gastos,
para ver se tem o suficiente para terminar?
Caso contrário,
29ele vai lançar o alicerce e não será capaz de acabar.
E todos os que virem isso começarão a caçoar, dizendo:
30'Este homem começou a construir
e não foi capaz de acabar!'
31Ou ainda:
Qual o rei que ao sair para guerrear com outro,
não se senta primeiro e examina bem
se com dez mil homens poderá enfrentar o outro
que marcha contra ele com vinte mil?
32Se ele vê que não pode,
enquanto o outro rei ainda está longe,
envia mensageiros para negociar as condições de paz.
33Do mesmo modo, portanto, qualquer um de vós,
se não renunciar a tudo o que tem,
não pode ser meu discípulo!'
Palavra da Salvação.

Reflexão
Para seguirmos Jesus devemos nos entregar por completo a sua vontade em nossas vidas, trabalhando em prol da salvação, pois ele nos capacita tanto no querer, como no fazer.
Devemos nos colocar a sua disposição, esperando no Senhor, sem lamentos ou murmurações, pois nossa decisão de segui-lo deve ser firme e consciente, cabendo a nós conservar sua palavra e nossa fé.
A prudência do preparo para a caminhada é necessária para que sejamos conscientes da missão a qual somos chamados. A sabedoria e o discernimento nos é dada à medida que buscamos as verdades do Espírito.
Portanto, o seguimento de Cristo nos pedem renuncias das coisas que podem nos afastar dos seus ensinamentos, pois devemos pregar exatamente aquilo que somos e fazemos.

Most Popular Instagram Hashtags