omeupediatra omeupediatra

321 posts   46,481 followers   556 followings

Reginaldo Freire • Pediatra  🙋🏻‍♂️ Pediatra / Neonatologista 🌎 Recife / Brasil 📬 contato@omeupediatra.com.br ☎️ (81) 38775523

SOLUÇO. Tenho certeza que a visão de um bebê soluçando aos olhos dos pais é bem apocalíptica, diferente da de qualquer outra pessoa de fora da família. A impressão que fica é a de que seu bebê está sufocado. 😱 Mas pode relaxar. Não tem nada de grave nem incômodo para ele. Lembre-se de que ele já soluçava desde dentro da barriga. 🤰
.
O soluço é resultado da irritação do nervo FRÊNICO. Esse nervo é o fio condutor que ativa o músculo DIAFRAGMA que fica logo abaixo dos pulmões. Esse músculo, por sua vez, é o responsável por expandir o tórax na inspiração. O soluço nada mais é que um curto-circuito nesse nervo que fica ativando o diafragma de forma desordenada levando a uma respiração brusca com aquele barulho característico (as cordas fecham rápido e o ar passa fazendo o "apito"). A imaturidade desse músculo no recém-nascido faz com que esteja mais sensível aos curto-circuitos. 😉
.
Mudança de temperatura (frio, fralda molhada) e barriga cheia são as principais situações que levam o bebê a soluçar. AMAMENTAR É SEMPRE A SOLUÇÃO MAIS EFICAZ, explico: no frio, aquece o bebê; na barriga cheia, mamar estimula o esvaziamento do leite que está no estômago e o trânsito intestinal, ajudando a diminuir a distensão da barriguinha. O susto funciona, pois libera adrenalina que diminui o curto-circuito do nervo frênico, mas espero do fundo do meu coração que você não esteja sequer cogitando essa possibilidade. PARA QUEM NÃO AMAMENTA, aconchegar bem o bebê em seus braços é a melhor opção. 🤗
.
"Mas, mas... Mas dr?! E colocar um linha ou um algodão molhado na testa, entre as sobrancelhas?" 🤷‍♀️🤷‍♂️ Aí vai uma curiosidade: esse é o ponto para diminuir a ansiedade. Talvez daí, tenha vindo essa recomendação. Então, toda vez que a linha molhada cai, alguém vai lá e aperta o ponto anti-stress e relaxa o bebê. .
Soluço persistente sem motivo aparente pode ter como causa o refluxo gastro-esofágico; nesses casos mais prolongados, recomendo que procure o Pediatra.
.
Tenho uma idéia! Que tal cada seguidor convidar 1 pessoa que ainda não conhece @omeupediatra a dar uma passeada no feed. 😊🌷 Garanto que vai ter algo útil para ela. 💙 .
Foto original: Michael McCann (Flickr)
.
#ompsoluco

Quando vejo alguém se dirigindo a uma criança dizendo “MENINO, FIQUE QUIETO!”, só me vem à cabeça “O Pequeno Príncipe” quando o Rei faz a seguinte pergunta: “Se eu ordenasse ao meu General que voasse de flor em flor como uma borboleta e ele não obedecesse, quem estaria errado?” Vamos pensar sobre isso?
.
Assim como o General, a criança não consegue cumprir a ordem de ficar quieta, afinal, ela tem como “programação natural” mover-se até cansar. A ordem dada à criança para ficar quieta, por mais grossa e alta que seja a voz, será mais fraca que sua própria natureza. MONTESSORI já nos disse que para uma criança MOVIMENTO É VIDA. Ela adora se movimentar e aprender com isso. “É como ordenar uma árvore que ela não cresça. Não seria orgânico, porém possível, transformando-a num Bonsai”, já disse Gabriel Salomão. Infelizmente, o custo disso é LIMITAR SEU DESENVOLVIMENTO E IMPEDIR A SUA VERDADEIRA FORMA.🌳 .
“Ah, então tenho de deixar meu filho livre pra fazer o que quiser, @omeupediatra?” Não, mas devemos nos perguntar se a natureza de criança dela lhe permite fazer o que você deseja.
.
“Qual o limite da liberdade? Ele não deve crescer achando que pode tudo. Certo, @omeupediatra?” É verdade! Para isso, existem os pais e cuidadores. A sua primeira função é ajudá-lo a diferenciar o que é BOM do que é RUIM, e em seguida, o que parece CERTO e ERRADO para você. Tem de ficar claro para nós mesmos que BOM NÃO SIGNIFICA PARADO, ou seja, nada de “que bebê bonzinho” quando você pretende dizer “que bebe quietinho”. SER CRIANÇA, É EXPERIMENTAR A VIDA. 😉
.
Conversando hoje com uma família, veio à tona uma palestra de Neil
Tyson e falamos sobre o “NÃO” instintivo que sai das nossas bocas ao vermos uma criança brincando com um ovo 🥚. Ao fazermos isso, a criança perde a chance de aprender algumas coisas: 1. que ao cair, o ovo quebra; 2. uma aula de biologia sobre de onde vêm os pintinhos e 3. como limpar a sujeira. Sabe quanto custaria todo esse aprendizado? Menos de R$1,00. 💵 .
Não é só saber o que pedir, é aproveitar com sabedoria a oportunidade que a criança oferece.💙
.
#ompmontessori

Sempre que vou conversar sobre INTRODUÇÃO ALIMENTAR, além de “liberar” um monte de delícias, também é o momento de conversar sobre os riscos na ingestão de alguns “PROIBIDOS”, pelo menos até 1 ano de vida. Dentre eles, se destaca o MEL 🍯. “Mas por que, @omeupediatra? Por que algo que parece tão saudável pode ser ofensivo para o meu bebê?” Chegou a hora de você entender. 😊
.
O CLOSTRIDIUM BOTULINUM é uma bactéria que pode “morar confortavelmente” no mel de abelha. O problema ocorre quando essa bactéria encontra no intestino do bebê, um ambiente tão confortável quanto o do mel. Dessa forma, ele se instala, se multiplica e libera uma toxina que pode levar até à morte. 💀 O mel de abelha é o único alimento registrado como fonte veiculadora de botulismo, mas sabe aquele xarope de milho? Também pode conter essa bactéria. Estudos mostraram a presença de esporos dessa bactéria. 😨
.
Não é terrorismo, é alerta! ⚠️
.
“Minha nossa! Vou parar AGORA de comer mel!” 😱 Calma, Cocada! O nosso organismo, A PARTIR DE 1 ANO, já tem defesas fortes o bastante para mandar essa bactéria que poderia aer ingerida com o mel embora, antes dela conseguir morar no nosso intestino e produzir a toxina “marvada”. 😉👍🏻 .
“Opa! Meu bebê já tem mais de 1 ano, vou oferecer mel todo dia pra ele! 🙄” Aí, não né?! 100 gramas de mel correspondem a 300 calorias. É carboidrato e pode prejudicar seu filho se consumido em excesso. Pega leve. Além disso, permita que ele sinta o sabor real das frutas antes de sair misturando tudo com mel. O mel pode esperar um pouquinho. Com o paladar em formação, é tudo novidade. Uma fruta já pode ser doce o bastante para o seu bebê, diferentemente do quão doce é pra você. É a língua dele que vai sentir o gosto, não a sua. 😋
.
Perguntinha rápida: “Posso comer mel amamentando?”. Pode, moça. O seu intestino de adulto já vai eliminar os esporos da bactéria. ✅
.
Em tempo: se por acaso seu bebê comeu mel, o período de incubação do botulismo é de 24/48h. Observe por esse período; se nada aconteceu, relaxe! 😊☀️
.
Sabe o que seria doce como mel? Você encontrar alguém que não conhece @omeupediatra e marcar aqui. 😉❤️
.
#ompmel

Amamentação “PROLONGADA”. Tem tempo certo pra parar?
.
A Organização MUNDIAL de SAÚDE (OMS) recomenda amamentação exclusiva até os 6 meses, e complementar até os 2 anos de vida OU MAIS. Repetindo: 2 anos de vida OU MAIS. Pois bem, a Organização INTERGALÁCTICA dos PALPITEIROS discorda. Segundo a OIP, o leite materno não tem mais nutrientes e causa dependência emocional. “E agora, @omeupediatra?” Fico com a OMS. Coloco a seguir, minhas razões.
.
Chamar de “prolongado” algo que não tem prazo para expirar, já acho um contrassenso. Costumo chamar de AMAMENTAÇÃO CONTINUADA. Dentre os benefícios comprovados cientificamente relacionados a essa prática temos diminuição do risco de obesidade, diabetes, hipertensão e problemas com o colesterol. .
“Por que tem gente contra se há tantos benefícios?” Simplesmente, NÃO SEI. Talvez por desinformação ou por idéia distorcida e ultrapassada que leva pessoas a verem conteúdo sexual em algo tão sagrado. De uma coisa eu sei, difícil vai ser fazer uma mãe bem informada desistir de continuar amamentando. 😉
.
É claro que o objetivo principal de continuar amamentando além dos 2 anos, não é NUTRIR para grande parte das mães. O objetivo é ser mais uma forma de fortalecer o VÍNCULO entre ela e seu filho. Caso seja do seu interesse rebater quando vierem com o papinho de que seu leite “virou água”, você pode mostrar os seguintes dados: após os 2 anos, 500 ml de leite materno fornecem 95% das necessidades de vitamina C, 45% das de vitamina A, 38% das de proteína e 31% do total de energia de que uma criança precisa diariamente (dados da UNICEF). .
“Ah, mas ele vai ficar dependente! É muito tempo junto de mim!” Nan-nan-ni-na-não. Estudos mostram que os filhotes de animais lambidos por mais tempo pelos seus pais, eram o mais “socialmente” desenvolvidos, indo mais longe dentro das gaiolas e interagindo com os outros animais do experimento.
.
“Quando devo parar então?” Essa resposta muda para cada um. Cada dupla mãe-bebê tem seu tempo. Pode acontecer naturalmente (quando o bebê decide parar) ou gentil (se for a vontade exclusiva da mãe). Enquanto amamentar TROUXER FELICIDADE para os dois, NÃO PARE. 💙
.
#ompamamentacao
.
📸 @wildheart_mama

No Menu de hoje, LASCAS DE TIJOLO acompanhandas de uma generosa porção de TERRA MOLHADA seguidas de BATATA FRITA molhada em SORVETE DE BAUNILHA. Tenho certeza que deixei alguém com água na boca! 😋 Todo mundo conhece uma grávida que já desejou comer algo estranho durante a gravidez e que foi taxada de manhosa ou maluca por isso. Esses desejos podem ser tão fortes que fazem uma vegana ficar de água na boca só de imaginar um churrasco com a carne mal passada. 🥗🥩
.
“O que explicaria esse paladar exótico, @omeupediatra?” Para a grande parte dos casos, as necessidades nutricionais inerentes à gravidez vão direcionar esses gostos estranhos. No começo da gravidez, a gestante precisa de muita ENERGIA que seja absorvida de forma rápida (para não passar muito tempo no estômago piorando os enjôos) e suprir o crescimento acelerado do bebê de forma adequada. Por isso, os DOCES são desejados vorazmente por algumas, mesmo quando não combinam em nada com o prato. .
Eventualmente, a gravidez apenas acentua uma deficiência específica que passava despercebida enquanto sua dieta não precisa “alimentar” dois. O desejo por comer TERRA, TIJOLO e ARGILA está bem relacionado com falta de FERRO e anemia. O desejo de comer a PAREDE está relacionado à necessidade de CÁLCIO.
.
“E o limão? Ficava louca atrás de frutas azedas!” Excelente! As frutas cítricas além de diminuírem os enjôos, são ricas em VITAMINA C que ajuda na absorção do ferro presente nos alimentos.
.
RESUMINDO: ESCUTE SEU CORPO e não ignore esses desejos. Eles podem ser uma mensagem de algo que esteja em falta. Procure ALIMENTOS que tenham esses nutrientes e, por favor, NÃO coma TIJOLOS, SABONETES e outros objetos, eles podem colocar em risco a sua saúde e a do seu bebê. Experimente aumentar a ingestão de derivados do leite (iogurtes, manteiga e queijos) e a de carne ou vegetais verdes escuros (brócolis, espinafre e couve) e leguminosas (feijão, lentilha e grão de bico). 💙
.
ATENÇÃO: nem todo o desejo peculiar estará relacionado à falta de algum nutriente, portanto NADA DE CORRER PRA PEDIR EXAMES ao seu Obstetra. 😅
.
Este post foi feito em colaboração com a querida @bebedenutri. Vale muito a pena seguir. 😊🌷
.
#ompdesejo

Você que acabou de VOLTAR AO TRABALHO sabe muito bem o que é passar algumas horas sem amamentar. 😅 Então anota aí algumas dicas sobre ORDENHA DE ALÍVIO:
.
Antes de começar, lave bem as mãos. Em seguida, posicione seu polegar mais ou menos 4 centímetros acima do mamilo, e os outros dedos abaixo, formando um “C” em volta da aréola.
.
Aproxime o polegar do indicador, pressionando a mama e ao mesmo tempo forçando a mão toda na direção do seu próprio corpo, como se você afundasse a mão no peito. Diminua a pressão e repita o processo, em movimentos rítmicos.
.
Não aproxime demais os dedos do mamilo, senão você pode sentir dor e não conseguirá tirar o leite.
.
Depois de alguns minutos, rode um pouco a mão para tirar o leite de todos os ductos da mama. Quando o leite estiver saindo, incline-se para frente e use um recipiente de boca larga para coletá-lo.
.
#ompvidaleve
.
Fonte: Amigas do Peito.

Para aqueles que ainda não entenderam a mensagem, seguem alguns dados sobre a rotina da “profissão mãe”:
.
Um estudo envolvendo mais de 2 mil mães mostrou que, em média, o dia de trabalho de uma mãe com filhos de 5 a 12 anos vai das 6h23min às 20h31min. 14 HORAS POR DIA. Praticamente sem folgas e sem férias. 😅 Imagina a rotina das mães de um recém-nascido? 😳
.
RESUMINDO: Você que não é mãe, por favor, contenha seus palpites. 😅 Que tal aproveitar o PRECIOSO é RARÍSSIMO tempo livre delas de maneira mais produtiva e revigorante? Fica a dica! 😉
.
#ompvidaleve
.
Vídeo original: @fitmomma4three .
Dica do vídeo: @debora.cunha

Você já parou pra pensar na quantidade de mudanças que seu filho vai sofrer nos primeiros 24 meses de vida? Ao mínimo sinal de mudança na sua rotina, um adulto desenvolvido se sente desconfortável. Você acha que seu filho vai passar por tudo isso sem ao menos chorar um pouquinho? PICO DE CRESCIMENTO não é para amadores. CRESCER É “HARDWORK”. .
Crescer aqui, engloba “esticar” e se desenvolver, então não vamos ficar diferenciando picos de saltos, pois eles se misturam. Essas mudanças podem ser tão intensas tanto por dentro (enxargar algo de forma mais nítida e se assustar com isso) como por fora (perceber que tem controle sobre as mãos ou se sentar).
.
Nos primeiros 2 anos, serão ao menos 10 períodos de desenvolvimento acelerado. Antes de cada um desses momentos, é esperado que seu filho se comporte de maneira angustiada e exija mais a sua presença. Seu bebê não está doente, ele só precisa de mais CONFORTO E SEGURANÇA. Lembre-se de que não há lugar mais seguro na percepção dele que o seu colo. É isso que fazemos quando temos medo, procuramos proteção. Não é difícil entender, né?
.
Um pedido especial: não tentem adequar seus filhos às tabelas que dizem quando os picos “devem” aparecer. É certeza que eles virão, mas não dá pra cravar quando seu bebê vai desenvolver alguma habilidade nova. Isso ocorre num ritmo diferente para cada bebê e promoverá, portanto, picos cada um ao seu tempo. Eles não tem hora para chegar nem para ir embora. PACIÊNCIA. Mais importante que catalogá-los é saber acolhê-los. Cada bebê vai assimilar essas mudanças à sua maneira; alguns mais angustiados que os outros.
.
Resumindo: toda grande mudança altera a forma de seu bebê ver o mundo, e você deve ajudá-lo a lidar com isso e não entrar em crise junto com ele. VOCÊ É A PESSOA QUE O BEBÊ CONHECE MELHOR. Sei que não é um período fácil, mas não precisa tornar tudo ainda mais difícil. 💙
.
Que tal? Legal entender o que se passa durante essas turbulências, né? Você conhece alguém que precisa entender melhor esse processo? Será que ela já conhece @omeupediatra? 😊❤️

Melado, molhado, estalado, desajeitado... Gostoso demais começar a semana com um beijo assim, né? 😍
.
🔋💚
.
Trilha sonora: Ivete - Dengo de amor
.
#ompvidaleve
.
Obs: não encontrei o perfil do vídeo original. Caso alguém conheça, por favor me avise para dar os devidos créditos. 😉

Cada um com seu “style”.
.
#ompvidaleve #ompamamentacao

Sabe aquela vez em que você perdeu a hora e precisa sair correndo? É geralmente nessa hora que você terá de trocar o seu bebê. 😅
.
#ompvidaleve

ELE SÓ QUER CHAMAR A SUA ATENÇÃO... Quantas vezes já recomendaram que você ignore o choro do seu filho com essa justificativa? Tenho certeza que foram muitas. Esse choro pode ser a demonstração do medo que ele está sentindo (do escuro, de perder os pais, de ser abandonada ou do “monstro que está debaixo da cama”). Que tal conversarmos sobre isso?
.
Lembre-se daquela situação em que você se sentiu mais frágil. Tenho certeza que o que mais queria era colo e atenção; então por que as pessoas recomendam que esse conforto seja negado ao seu filho? As pessoas menosprezam a necessidade de atenção das crianças, mas ela é tão sincera quanto a de comer e dormir. .
Não dar a devida atenção a uma criança com medo, ao invés de deixá-la mais forte, vai mitigar a sua autoconfiança. A criança com medo não se sente à vontade para explorar o mundo e aprender com ele. O medo não acolhido pelos pais pode gerar uma ansiedade que atrapalhará suas interações sociais. Não falo em satisfazer vontades, e sim em confortar uma pequena mente assustada.
.
A criança teme diversas coisas: uma expressão interpretada de forma literal como “o papai está MORTO de cansado”, um fantasma criado em sua mente ou algo que seja capaz de mudar a sua rotina (troca de escola, separação dos pais, morte de alguém). A gravidade do “dano” que a falta de acolhimento pode causar é proporcional ao tamanho da mudança que a concretização desse medo causaria. É importante lembrar que o tamanho dessa mudança é dado pela pessoa que a vê e tudo pode tomar proporções gigantescas aos olhos de uma criança. NUNCA menospreze suas aflições. Como adultos, temos de usar as mesmas lentes que ela.
.
“E como acolher esses medos sem criar uma criança insegura, @omeupediatra?” Tenha certeza que que cada abraço apertado, cada palavra de conforto, cada minuto de atenção, enfim, toda a empatia e compreensão de um “eu te entendo” que você puder destinar ao seu filho, o deixará cada vez mais seguro e confiante. USE SEU CORAÇÃO PARA ACALMAR O DELE.
.
PS: Esse post me deixou na vontade de conversar sobre os medos vindos da outra ponta, o de “falhar” como pais, por exemplo. Vamos ver, né? 💙
.
#ompmedos #ompfalou

Most Popular Instagram Hashtags