maezice maezice

2,750 posts   194,927 followers   494 followings

Ananda Urias  Uma contadora de histórias. #maternidade com um toque de poesia #Mãe de Lara e Alice, e autora do #livromuitoalemdamaternidade 📍em SP 📖compre o livro

E certo dia, você vai descobrir que é importante.
Não pelo tamanho da sua casa, tampouco pelo dinheiro que você acumulou durante toda a sua vida.
Não pelo seu cargo no trabalho ou pelos diplomas que você conquistou durante os anos.
Não pela marca do seu carro ou pelas viagens que você faz nas férias de verão ou de inverno.
Não pela roupa que você usa ou o tamanho das joias que embelezam o seu pescoço.
Você vai descobrir que é importante.
Quando for capaz de transformar o seu colo na melhor cama do mundo.
Quando seus beijos sararem até as dores mais profundas.
Quando no meio do parquinho, entre tantas mães, aqueles pequenos olhos perdidos e inseguros procurarem pela sua mãe.
Você é responsável pelo sorriso tímido e pela gargalhada escandalosa, pelo brilho nos olhos, pelo “eu te amo, mamãe”, pelo abraço apertado quando você chega e pelo choro sentido quando você vai. Você é responsável pelas pequenas mãozinhas que pedem o seu colo e imploram pela sua companhia.
O seu filho não procura a mãe perfeita na multidão, ele procura por você.
A sua mãe.
Eu te peço. Nunca esqueça, O PODER de “simplesmente” ser MÃE.
Você é importante!
Texto: @maezice por Ananda Urias

Gosta dos meus textos? Conheça meu livro: www.muitoalemdamaternidade.com

Ando preocupada com a nossa geração de mães.
Estamos beirando a loucura, vivemos cansadas de tantos julgamentos e cheias de medo dos nossos próprios sentimentos.
Todos os dias, novas regras dessa infinita cartilha materna, devoram a nossa paz. O que ontem era incrível, amanhã se torna perigoso, retrógrado, inconsequente. “Limpe. Passe. Varra. Cozinhe. Brinque. Trabalhe. Seja amiga, esposa, companheira. Viva exausta, beirando a insanidade. Mas inventou de ser mãe porque quis, agora aguenta!” Ei, cara amiga mãe! De nada serve a comida orgânica no prato se no tempero só vai estresse.
De nada vale ser mãe em período integral em casa se no cuidado só vai frustração!
Não vale a pena ser a super heroína se a vida virou um peso maior do que você pode suportar e o dia a dia não te traz alegria, só cansaço e tristeza!
Ainda que a loucura do seu dia a dia te deixe de cabelo em pé, a insegurança te faça chorar, e o medo às vezes te faça questionar se você está sendo uma boa mãe... lembre-se: você está lá!Errando, acertando, tentando e tentando.
Você é real. E depois da tempestade, na calmaria de um “eu te amo, mamãe”; você vai redescobrir a força que te faz seguir trilhando o caminho incerto, desconhecido, insano e completamente apaixonante da maternidade.
Escreva as suas próprias regras, mude-as quando bem entender. Dance conforme a música, e deixe as coisas simplesmente acontecerem!
Mergulhe na liberdade de ser a mãe que você deseja ser. Respeite os seus medos, os seus “dramas”, as suas batalhas, o seu choro, e no final de um dia caótico olhe nos olhos do seu filho e enxergue o amor que ele sente por você.
Sim.
O amor que ele sente POR VOCÊ.
Por você que tanto sofre tentando ser a mãe super heroína... mas é a mãe que mesmo falha, humana, real, escolheu doar a sua vida e multiplicar o seu coração por outro alguém!
Você é incrível e tem feito um trabalho lindo
Mãe, rasgue as cartilhas, ferrem-se as regras, dane-se o mundo... seja você! 👊🏻
Texto @maezice por Ananda Urias

Gosta dos meus textos? Conheça o meu livro www.muitoalemdamaternidade.com

Lara ainda tem um medo tímido de subir as escadas da sua cama nova. Todo dia, ela desbrava com uma pitada a mais de confiança a sua aventura! Entre um grito ou outro de ajuda, já coleciono incontáveis chamados dela só para me dizer que subiu sem medo e conseguiu descer sem problema. Por muito tempo, Lara não acreditou no seu potencial real!
Veja bem que ironia! Logo ela que enxerga sempre o melhor dos outros a primeira vista! Logo ela, não conseguia se enxergar. Usei (e continuo usando) com ela, todo o meu repertório motivacional. Como mãe, eu vejo nela o que ela não é capaz de enxergar.
Não é à toa, que ainda que com medo de subir as escadas, todo santo dia eu me deparo com essa cena. Lara ensinando, apoiando, ajudando e fortalecendo a sua irmã. “Alice, primeiro você coloca um pé, depois o outro... agora segura aqui na minha mão. Não fica com medo, eu te seguro! Vai! Você consegue...”. E elas comemoram cada conquista com um abraço apertado no topo da nossa “montanha”. É Lara, enquanto alguns sobem sem problemas e sozinhos as escadas da vida, você está aprendendo a subir devagarzinho mas em companhia! Dizem que sozinho a gente pode ir mais rápido, mas eu não tenho dúvidas de que juntos a gente vai aonde ninguém jamais ousou imaginar! ❤️ E foi ao seu lado que eu aprendi (e continuo aprendendo) a subir os degraus dessa vida! E quando eu tiver medo, vou me lembrar: “coloca um pé de cada vez, segura na minha mão e vai! Você é capaz”.

Quando eu leio mulheres dizendo na internet que todo padrasto é ruim, eu peço com licença e discurso sobre a tolice que é qualquer tipo de generalização. Não tive meu pai biológico em casa (tampouco fora dela), e não lembro de ter sentido falta da sua presença porque ao meu lado tinha um homem incrível sendo o meu pai por escolha. Olho pra minha família, pra minha filha, pro meu marido e mais uma vez, vejo um pai bondoso e uma filha cheia de amor e cuidado. Não existe distinção na forma como as meninas são tratadas, muito pelo contrário, eles estão vivendo aquela fase em que o pai compartilha os filmes e as histórias que viu e viveu na infância. E de longe, eu admiro essa amizade e parceria que só cresce.
Existem pais biológicos que são ruins, existem mães ruins, existem padrastos ruins... porque existe ser humano ruim. E ser pai, mãe ou criar uma criança não nos transformam em seres bondosos apenas com um toque de mágica, não existe nada que mude um caráter ruim. Nem o sorriso, nem o choro de uma criança, seria capaz.
Mas eu prefiro acreditar que nesse mundo, ainda que as perversidades aconteçam, toda mãe solo tem o direito de refazer a sua vida, fazer boas escolhas e mudar a sua histórias. Há gente boa no mundo, acredite! ❤️ Isso não é um previlégio de poucos, Deus te fez para ser amada. .
.
Ps- no vídeo, ele tava mostrando como ficaria à noite toda com Lara para esquentar ela do frio! ❤️

Ando preocupada com a nossa geração de mães.
Estamos beirando a loucura, vivemos cansadas de tantos julgamentos e cheias de medo dos nossos próprios sentimentos.
Todos os dias, novas regras dessa infinita cartilha materna, devoram a nossa paz. O que ontem era incrível, amanhã se torna perigoso, retrógrado, inconsequente. “Limpe. Passe. Varra. Cozinhe. Brinque. Trabalhe. Seja amiga, esposa, companheira. Viva exausta, beirando a insanidade. Mas inventou de ser mãe porque quis, agora aguenta!” Ei, cara amiga mãe! De nada serve a comida orgânica no prato se no tempero só vai estresse.
De nada vale ser mãe em período integral em casa se no cuidado só vai frustração!
Não vale a pena ser a super heroína se a vida virou um peso maior do que você pode suportar e o dia a dia não te traz alegria, só cansaço e tristeza!
Ainda que a loucura do seu dia a dia te deixe de cabelo em pé, a insegurança te faça chorar, e o medo às vezes te faça questionar se você está sendo uma boa mãe... lembre-se: você está lá!Errando, acertando, tentando e tentando.
Você é real. E depois da tempestade, na calmaria de um “eu te amo, mamãe”; você vai redescobrir a força que te faz seguir trilhando o caminho incerto, desconhecido, insano e completamente apaixonante da maternidade.
Escreva as suas próprias regras, mude-as quando bem entender. Dance conforme a música, e deixe as coisas simplesmente acontecerem!
Mergulhe na liberdade de ser a mãe que você deseja ser. Respeite os seus medos, os seus “dramas”, as suas batalhas, o seu choro, e no final de um dia caótico olhe nos olhos do seu filho e enxergue o amor que ele sente por você.
Sim.
O amor que ele sente POR VOCÊ.
Por você que tanto sofre tentando ser a mãe super heroína... mas é a mãe que mesmo falha, humana, real, escolheu doar a sua vida e multiplicar o seu coração por outro alguém!
Você é incrível e tem feito um trabalho lindo
Mãe, rasgue as cartilhas, ferrem-se as regras, dane-se o mundo... seja você! 👊🏻
Texto @maezice por Ananda Urias

Gosta dos meus textos? Conheça o meu livro www.muitoalemdamaternidade.com

"Olha, moça! Minha esposa não baixa a grade do berço da minha filha porque é preguiçosa mesmo. Ela passa o dia em casa, fazendo nada e diz que precisa de um tempinho só pra ela". Ele era um cara simpático até, taxista expressivo, me animou quando contei por alto a minha dificuldade com a novidade cidade.
Eu não deixei por menos. Óbvio, tb sou uma preguiçosa que fica em casa. Respirei fundo e falei com um sorriso no rosto o que td mãe já quis dizer: vc por um acaso já passou o dia inteiro cuidado apenas da sua filha e da casa "fazendo nada?". O sorriso dele tomou outra forma, naquele momento.
Existem coisas na maternidade que poucas pessoas sabem. Mas uma mãe em tempo integral sabe muito sobre doação e muito pouco sobre preguiça. Vá por mim.
Continuei.

Eu não consigo ir ao banheiro sozinha quando as minhas filhas estão em casa. Tomar banho? Esquece, deixo pra depois. Faço almoço com a pequena se pendurando nas minhas pernas e as vezes me estresso com medo que ela se machuque perto do fogão. Enquanto limpo a casa, elas bagunçam, espalham farelo de pão pelo sofá e brinquedos no chão.
Quando preciso trabalhar ou falar ao telefone, me escondo... mas adivinha? Não importa onde eu me escondo, elas sempre me acham. Não posso ficar doente também... infelizmente, ninguém deixa de trabalhar pra cuidar de uma mãe que tá ardendo em febre. Salvo em caso de risco de morte, a mãe cuida de si. Então, sempre que eu começo a espirrar, falo logo pra mim: "hoje não, gripe. Volta outra dia." Ah, e mãe pouco dorme. Sabia? E quando a cria fica doente, a gente fica um pouco junto também.. mas ficamos doentes de cansaço, de preocupação, de medo.
Moço, acho que você está precisando passar alguns dias cuidando da sua filha enquanto a sua esposa trabalha. Te garanto que nas primeiras horas, você ligaria chorando para ela, pedindo perdão por tanta ingratidão.

Enquanto você escuta histórias, vê a cidade, almoça tranquilo, sua esposa está doando até a sua ida ao banheiro para cuidar intensamente da filha. Isso é intenso e grandioso.
Não há preguiça em tanto amor integral. Acredite em mim. Pode ter (e tem) cansaço, sono, alegrias e tb tristezas, mas não há preguiça.
@maezice

Nossa primeira copa com a família completa! ⭐️ Vai que é tua, Brasil! 🇧🇷 #worldcup #worldcup2018 #VaiBrasil #Copa2018 .
.
Blusas personalizadas @ppestudio 💕

Chegamos em São Paulo em Fevereiro. 4 meses, quase 5, se passaram e um dia desses Lara desabafou comigo a sua insatisfação pelo quarto de paredes brancas, sem decoração, com a cama antiga aonde Alice dormia na bicama no chão, sem quadrinhos e nas palavras delas: sem cara de casa. 😕 “Quando vou ter um quarto bonito de novo, mãe?”, ela completou assim. Eu, que sempre priorizei o quarto das meninas, nem sabia que essa falta estava sendo sentida. Comprei os adesivos de coração e colei todos no mesmo dia, quando ela chegou me agradeceu tanto, mas tanto, que eu quase choro. “São só corações baratinhos e tortos na parede”, enquanto eu pensava assim, Lara se sentia ainda mais em casa. Aquilo me inspirou a seguir em frente com o projeto de decoração materno. Por que sim, não chego aos pés de uma decoradora profissional, mas consigo fazer elas felizes! 💕 Corri pra comprar a cama e tirar Alice, enfim, da bicama. E hoje, assim que elas subiram em seus lugares, sorriam de orelha a orelha nos agradecendo, apenas com olhar, pelo esforço que a gente fez em transformar uma casa em um lar. Não existe nada melhor do que chegar na sua casa e sentir que ali é o seu lugar... Sempre teve amor, agora tem amor e quartinho lindo esperando por elas a cada retorno para casa! ❤️🙏🏻 .
.
Como eu sei que vcs vão perguntar: a cama é uma beliche bicama projeto exclusivo e incrível da @muskinha 💕 Perfeito para receber visitas em casa, já que só temos dois quartos (o terceiro é meu escritório), e cada uma tem a sua cama! 💕 E que venha as próximas mudanças! Não é quartinho de capa de revista, mas é quartinho cheio de amor em cada pequeno detalhe! E no final das contas, isso é tudo que importa. Eu sei!

Alguns minutos antes dessa foto eu disse em alto e bom som: “por que eu sempre invento de jantar fora, se eu sei que sempre rola birra, choro e confusão??”. Na última garfada do meu macarrão, levanto os olhos e dou de cara com essa imagem. Eles abraçadinhos, fugindo do frio, fingindo que estavam dormindo, uma brincadeira feita pelo papai pra que elas me deixassem comer em paz! ❤️ É difícil ser família, é muito mais pratico e fácil jantar com o marido sozinha... mas basta um - unzinho!, momento de amor para tudo valer a pena.
Viver a vida ao lado de vocês tem uma pitada de caos? Tem! Mas ainda assim, é bom demais! ❤️😍 #comoEntender? #CoisasdeMae

Já tem matutinha pronta para dançar o anarriê! ☺️😍❤️ Como toda boa nordestina, faço muita questão que as meninas celebrem e se vistam a caráter (mesmo que adaptado, por causa desse friozinho) e aprendam as músicas tradicionais dessa época tão cheia de memórias afetivas! Ah, como eu amo o São João! .
.
Obrigada @cuticutibaby pelo vestido lindo e por se esforçar o máximo para ele chegar por aqui a tempo da festinha! ❤️ já disse que eu amo de paixão a sua loja? Pois é! Uma mãe empreendedora que arrasa no que faz! 👊🏻👊🏻

Os momentos em que você perdeu a paciência e quis sumir, não te transformam em uma péssima mãe. Acredite em mim! Eu sei que o tempo é curto e que a vida passa rápido demais.
Tudo passou tão rápido que parece que foi ontem que ele chegou e fez o seu mundo virar de ponta cabeça, te apresentando uma vida cheia de doação, inseguranças, medo e amor. Eu sei que você mudou, mas a maternidade não te fez perfeita. Não se deixe enganar.
Toda mãe já viveu dias de exaustão, toda mãe implorou por um banho quente depois de um dia caótico, um almoço saudável e tranquilo - porque ela ainda sonha em voltar a caber nas roupas antigas. Toda mãe já sonhou em ter uma noite inteira de sono, e fazer um passeio (sem hora pra voltar) com as amigas.
Não abrace essa culpa, toda mãe já se sentiu assim - nem que seja por um dia.
Os dias difíceis não definem a mãe que você é. É na dificuldade que você descobre o tamanho da sua força, da sua coragem, paciência e do seu amor, do seu imenso e incondicional amor.
Em meio aos dias difíceis, lá está você - a mãe, tomando um café extra forte para enfrentar as batalhas de uma rotina que nunca tem hora para acabar! E lá está você - a mãe, sorrindo, chorando, respirando e contando até 10, pedindo por mais paciências aos céus, implorando por mais uns minutos de silêncio em meio ao caos, e amando – muito mais do que se imaginou um dia capaz.
Você consegue, você ama, você não desiste. Você se esconde no banheiro para não gritar, você erra e pede desculpas com lágrimas nos olhos, você tem muito medo de errar. Você implora por um tempo sozinha, mas sente saudades quando a casa está vazia. Ainda que esteja cansada, desgastada, no limite da exaustão, você acorda todos os dias pronta para fazer diferente e tentar mais uma vez.
A maternidade fez de você uma lutadora, uma doadora de si mesma. E lá na frente, quando tudo isso passar, você vai lembrar com orgulho do longo caminho que percorreu.
Lembre-se: A maternidade não é sobre perfeição. A maternidade é sobre tentar, tentar, tentar, errar, acertar e tentar... Você é corajosa.
Tente outra vez.
Texto: @maezice por Ananda Urias

Gosta dos meus textos? Conheça o meu livro: www.muitoalemdamaternidade.com

Parece que foi ontem. E não é que foi? ❤️ Dizer aproveita que passa rápido é tão clichê, eu sei! Mas é tão verdade também. Na maternidade, os dias são longos, mas os anos... ah! Os anos são curtos e passam voando. ❤️

Most Popular Instagram Hashtags