m.inq m.inq

1302 posts   3345 followers   178 followings

M.inq | Mundo inquieto  Informação atual + Conhecimento + Leveza + Rede de pessoas interessantes + Inquietude + Desenvolvimento Pessoal + Transformação = M.inq@icloud.com

O Globo | SÃO PAULO - Para comemorar 30 anos de atividades, o Itaú Cultural inaugura na Oca, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a exposição "Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos", com cerca de oitocentas peças de um acervo de 15 mil pertencentes ao Banco Itaú. Com curadoria de Paulo Herkenhoff, em colaboração com Thais Rivitti e Leno Veras, a mostra ocupa os 10 mil metros quadrados do edifício com obras que vão desde a tela "Povoado numa planície arborizada", do pintor holandês Frans Post (1612-1680), pintura adquirida por Olavo Setúbal em 1969, que iniciou sua coleção de arte, até um núcleo de arte cibernética. — Não vejo a mostra reduzida a uma linha de transversalidade. Em vez disso, vejo um emaranhado, uma teia de direções formadas por artistas que vão desde o Barroco até representantes dos séculos 19, 20 e 21 — disse Herkenhoff, em evento de apresentação da exposição, que fica em cartaz na Oca de 25 de maio a 13 de agosto.

M.inq Atualidade | Hoje, Jaime Spitzcovsky conversa com FERNANDO SCHULER sobre a crise brasileira | #minqatualidade #todatercafeira #conheçaoprograma #conhecimentoatualizadoateoultimominuto

Cidade Jardim Wellness Week Por IT BRANDS | Depois do sucesso do IT brands moda e IT brands decoração, VEM AÍ, o IT brands Wellness com tudo o que há de melhor no universo bem - estar e lifestyle saudável.

Além do SEMINÁRIO M.INQ, você está convidada para conhecer a curadoria de marcas de moda conforto, esporte e beleza incríveis como PadeD, Lauf, BAE, AV trends, Cas Plus Water, Dominique Beautè, Global Nomads, Ana Tinelli, Paola Muller, Marina Linhares Home, My Yoga e muitas outras.

Destaque para o Health Market com 20 marcas de comidas saudáveis e cosméticos naturais, como FabFoods, Grão Fino, Anninha Baptista iogurtes, Terra Dourada e Sal do Beija Flor.

Venham fazer essa viagem com a gente !! | #CASA BOSSA
#6e7deJunho #ITBRANDSWELLNESS @cidadejardimshopping

@cnn | President Trump touches the Western Wall, Judaism's holiest prayer site, in Jerusalem on Monday.

@bbcnews | Auctioneer Sotheby's has sold the most expensive pair of earrings in the world, at a combined price of 57 million dollars. The mismatched pair is made up of two coloured pear-shaped diamonds; one Fancy Vivid blue diamond named Apollo, which sold for 41.9 million Swiss Francs and one Fancy Intense pink diamond named Artemis, which sold for 15.3 million Swiss Francs. #geneva

Gigante do comércio virtual passa por uma valorização sem precedentes nos últimos anos e seus investidores não têm o que reclamar | Enquanto o Nasdaq vem renovando as maiores altas de sua história sucessivamente, uma companhia especificamente se destaca muito no mercado. A Amazon (AMZN.OQ) completa 20 anos no mercado nesta segunda-feira (15) e, quando entrou na bolsa, era apenas uma livraria online de três anos que não dava lucro. Mas o que a maior parte dos investidores não poderia prever era que a companhia que entrava no mercado no dia 15 de maio de 1997 se valorizaria, em um espaço de duas décadas, cerca de 50.000%. Na prática, isso significa que quem acreditou na empresa e investiu US$ 1 mil em seus papéis no dia do IPO (Initial Public Offering), hoje teria mais de US$ 491 mil.

Esse retorno absurdo deixou de ser aproveitado mesmo por investidores bastante experientes, como Warren Buffett. O Oráculo de Omaha disse recentemente que ele foi “muito burro para perceber o que aconteceria”. Os negócios de computação em nuvem da Amazon puxaram o crescimento e a lucratividade de seus negócios de varejo, ameaçando companhias tradicionais do setor.

Claro que seria necessário ter uma forte disciplina para manter o papel na carteira por tanto tempo em meio a várias reviravoltas. Como é possível notar no gráfico na sequência, os papéis da companhia sofreram muito tanto na época da bolha pontocom no começo deste século e também na crise de 2008. No entanto, quem continuou acreditando na empresa certamente tem bons motivos para comemorar agora. (A.N)

Jaime Spitzcovsky @folhadespaulo | Ventos anticorrupção, impulsionados por tendências a modelar o século 21, sopram em escala global e com intensidade inaudita.

Jovens democracias, como Coreia do Sul e Romênia, testemunham o avanço de movimentos empenhados em demandar mais transparência e melhor governança, resultado de um fenômeno que se convencionou descrever como "empoderamento da sociedade civil". Os pisódios romeno e sul-coreano, em desdobramento há meses, são emblemáticos. Embora mundos à parte na geografia, os dois países guardam semelhanças, como a atual construção democrática, após ditaduras esfareladas no final dos anos 80 por ondas mudancistas do final da Guerra Fria.

Após atravessar os abusos da ditadura comunista de Nicolae Ceausescu, que tentou resistir à bala ao furacão que varreu regimes pró-URSS da Europa oriental em 1989, a Romênia embarcou no processo democrático, impulsionado pela adesão à União Europeia, em 2007.

O combate à corrupção, apesar de novos ares trazidos pela integração continental, fraquejava. No final do ano passado, um gabinete romeno recém-eleito agiu rapidamente para introduzir legislação interpretada como iniciativa para enfraquecer esforços contra "crimes de colarinho branco" e para livrar da Justiça um líder do governista Partido Social-Democrata.

A partir de janeiro, os maiores protestos de rua desde o fim do regime comunista invadiram a capital Bucareste. O governo romeno recuou. No começo de maio, novas leis oriundas do Senado e decisões da Suprema Corte fortaleceram o movimento anticorrupção.

Também no início deste mês, a Coreia do Sul elegeu um presidente com discurso embalado por promessas de mudanças. Moon Jae-in venceu a votação prevista originalmente para dezembro, mas antecipada pelo impeachment da presidente Park Geun-hye, em processo baseado em acusações de corrupção.

Em março, a Suprema Corte sul-coreana confirmara o afastamento de Park Geun-hye, aprovado numa primeira etapa pela Assembleia Nacional no final do ano passado.

Quando do surgimento das primeiras denúncias contra a presidente, avalanches de manifestantes tomaram ruas de Seul na maior mobilização popular registrada no país ... leia mais!

"Make in India" | Após bastante espera, a Apple (AAPL.OQ) está prestes a começar a vender iPhones feitos na Índia, afirma o site CNN Money. A produção começará na planta da companhia em Bangalore e a ideia é começar a vender seus produtos no país nos próximos dois meses, declarou a companhia. A A empresa decidiu começar com seu dispositivo de 4 polegadas, o iPhone SE, para a produção inicial. “Vamos começar a entregar para os consumidores domésticos neste mês”, pontuou a empresa. A Índia deve superar os EUA como o segundo maior mercado de smartphones do mundo neste ano e a Apple vem tentando há bastante tempo ter mais espaço neste mercado. Sua rival Samsung (005930.KS) atualmente domina o mercado indiano, enquanto outras marcas chinesas como a Oppo e a Vivo vêm se tornando cada vez mais populares.

Os esforços da Apple para começar lojas de varejo na nação asiática vinham sendo barradas por regras que obrigam companhias estrangeiras a produzirem localmente. Após várias negociações com o governo local e uma visa do CEO (Chief Executive Officer) ao país, a empresa decidiu abrir sua unidade em Bangalore.

A Apple já vende vários produtos na Índia por sua rede de distribuidores locais, mas o custo da operação é bastante alto. A companhia não revelou, no entanto, se planeja fabricar outros modelos no país no futuro, mas os iPhones SE feitos na Índia muito provavelmente serão mais baratos do que os importados. (A.N)

G1 | O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, iniciou na manhã desta segunda-feira (22) uma visita a Israel, na segunda etapa da sua primeira viagem internacional. O Air Force One aterrisou em Tel Aviv por volta das 12h30 no horário local (6h30, de Brasília). A viagem do chefe de estado americano começou com uma visita à Arábia Saudita, rival histórico do Irã no Oriente Médio. “É maravilhoso estar em Israel. Estou profundamente agradecido pelo convite e é uma honra estar aqui. Agora nós devemos trabalhar juntos para construir um futuro onde as nações da região estejam em paz”, afirmou Trump, logo após desembarcar. Ele elogiou o "vínculo indestrutível" entre os Estados Unidos e seu tradicional aliado Israel.

A administração Trump, que pretende reativar um processo de paz estagnado entre israelenses e palestinos, pede que as duas partes adotem medidas para ajudar a restaurar um clima de confiança que favoreça o reinício do diálogo entre os dois lados, segundo a France Presse.

À tarde, Trump deve visitar o Muro dos Lamentações, local de oração sagrado para os judeus, antes de uma reunião com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. Ele também irá se encontrar com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

🎧🎼 Miley Cyrus voltou repaginada ao palco do Billboard Music Awards 2017. A cantora se apresentou com a música Malibu, primeiro single de seu novo álbum de contry music. A cantora não conseguiu conter a emoção e deixou o palco ainda com os olhos marejados.

Em entrevista à Billboard, Miley contou recentemente que decidiu mudar seu estilo de vida e parou de usar drogas: "Eu não tenho usado drogas, nem bebido álcool, estou completamente limpa agora", afirmou Miley.

Seu novo single, Malibu, tem estilo country e é inspirado no namorado Liam Hemsworth. O casal se separou em 2013 e Miley afirmou que deveria mudar para o relacionamento dar certo. "Mudar com alguém é algo muito difícil. Nós tivémos que nos apaixonar novamente", revelou a cantora. Miley e Hemsworth estavam noivos em 2013, mas se separaram e reataram o relacionamento em 2016.

G1 | O Conselho de Segurança da ONU deve se reunir na terça-feira (23) a portas fechadas para discutir o último teste com míssil realizado pela Coreia do Norte, respondendo a pedidos de Estados Unidos, Japão e Coreia do Sul, afirmaram diplomatas neste domingo. A Coreia do Norte lançou um míssil balístico nas águas da costa leste do país no domingo (21), o segundo teste realizado em uma semana, que a Coreia do Sul disse afetar as expecativas de paz do novo governo liberal.
O Conselho de Segurança da ONU impôs sanções contra a Coreia do Norte em 2006 e reforçou medidas em resposta ao lançamento de dois foguetes de longo alcance e cinco testes nucleares. O governo norte-coreano ameaça com um sexto teste nuclear.

Most Popular Instagram Hashtags