jpaulopimenta jpaulopimenta

2,558 posts   7,160 followers   1,222 followings

Paulo Pimenta  Fotógrafo Jornal Público

Las Luminárias
San Bartolomé de Pinares,Spain

http://www.publico.pt/multimedia/fotogaleria/outro-em-mim-que-eu-ignoro-357255#/0

Meus AMIGOS é já na próxima semana
vou estar em Lisboa
Ilha

Exposição no âmbito da mostra ISTO É PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian

Ordem dos Arquitectos, Tv. Carvalho 23, Lisboa

Inauguração – Quarta, 23 jan, 19:00
Horário – Segunda a sexta das 10:00 – 18:00
Sábado, 26 jan das 14:00 – 18:00

Esta exposição é o resultado de três anos de trabalho com um grupo intergeracional da comunidade do Bonfim, em torno do conceito de ILHA. A exposição inclui fotografias de Paulo Pimenta e de participantes da Associação O Meu Lugar no Mundo e do Centro Social Senhor do Bonfim, e apresenta um retrato da vivência humana, urbana e orgânica de um conjunto de ilhas e do espaço envolvente.

Retratos das Ilhas – Bonfim para além das fachadas é promovido pela Rede inducar e tem como objetivo a promoção de espaços de participação e construção coletiva no sentido do reconhecimento das ilhas enquanto património imaterial, humano e comunitário, através da fotografia participativa e do teatro comunitário.

Ficha artística e técnica:
Paulo Pimenta e participantes da Associação O Meu Lugar no Mundo e Centro Social Senhor do Bonfim
Curadoria José Rosinhas
Promotor Rede Inducar

Financiamento Fundação Calouste Gulbenkian

Parcerias Junta de Freguesia do Bonfim, Câmara Municipal do Porto, Pele Espaço de Contacto Social e Cultural, Máquinas de Outros Tempos, Centro Português de Fotografia
Com o apoio e cooperação de Associação O Meu Lugar no Mundo, Centro Social Senhor do Bonfim, Centro Social das Antas, Associação de Moradores da Lomba, Hotel Vila Galé Porto, Irmandade dos Clérigos, Left Hand Rotation, OPPIA – Oporto Picture Academy, Serralves – Serviço educativo, Sempre Imagem Digital
#retratosdasilhas #asilhasdoporto #partisfcg #inducar #porto #bonfim

“Outro em mim que ignoro “

Fui com a Mariana Correia Pinto fazer
Viagem ao Porto onde “Cristo não passou”
No lugar de Azevedo, em Campanhã, parece ter estacionado a cidade do século passado. Pobreza, habitação precária, população envelhecida, falta de equipamentos e apoios, escassez de transportes. Câmara vai investir ali 2,6 milhões de euros. Será suficiente?
Ver o trabalho completo no Jornal Público
http://fotospress.blogspot.com/2019/01/reportagem-viagem-ao-porto-onde-cristo.html

Most Popular Instagram Hashtags