heideguimaraes heideguimaraes

1,958 posts   35,811 followers   2,092 followings

Heide Guimarães  Repórter | Apresentadora| Contadora de histórias e causos. Contato: heideguimaraes@gmail.com

Muito parisiense ela...
Parece um dos típicos cafés de lá, mas a @breizhcafe_fr é eleita por muitos críticos gastronômicos a melhor creperie de Paris (pelo menos foi a melhor da minha vida até hj)! Só arrastar as fotos pro lado e babar nos pedidos 😜 os caras são considerados mestres na arte de fazer crepes perfeitos e com uma mistura criativa de sabores!
Badalada, pop e recomendadíssima 😀

Sobre dificuldades e crescimento!! Sem mais....
@blenda_psi sou fã ❤

#mood

Pode mudar o angulo. O dia. O tempo. A paisagem. A modelo. Mas o charme dela....affff
As fotos do @fotografobrasileiroemparisfr me fazem morrer de saudade...
Jardineira: @damyller
#travellers #travelholic #traveldiaries #travellifestyle #paris #parisianlife

Ufa, ainda bem que temos uma foto todos juntos...
Tinha que ter uma do Daniel, do @dicas_de_paris aqui!
Nunca tinha viajado com guia e passeios personalizados. Foi a melhor coisa que fizemos.
Realmente fez toda diferença. Por vários motivos...
Viajar em turma é uma delicia, mas não é missão fácil, né? Desde transfer aeroporto/hotel até passeios mais afastados. Passamos dois dias com @dicas_de_paris e acho que facilitou demais nossa otimização tempo/ deslocamento. Foi bom não ter a preocupação de estar no caminho certo, não ter erros de percurso e aquela dispersão que sempre rola. Foi fundamental pra dar conta do roteiro. Nossa única preocupação foi aproveitar!!
Com o Daniel não pegamos uma fila sequer. O acesso com ele é prioritário. Eu vi!! Garanto!!
Outro ponto positivo e pelo qual também super recomendo: esse cara aí é talentoso e sabe o que faz. Tem conhecimento, comprometimento e sabe tudooooo. Fazer os passeios com as contextualizações históricas foi incrível. Ele contou detalhes de Paris que enriqueceram a viagem.
Valeu Daniel. Além de um super profissional, vc deixou nossa viagem mais rica e divertida. Queria q soubesse. Brigada pelos lindos passeios. Quem sabe combinamos novos destinos?! Haha

as famosas cadeiras verdes do Luxembourg e a doçura de não fazer nada. Esses franceses sabem aproveitar o momento.
Agradável ociosidade!
Italianos diriam: Dolce far niente!

Uma das cenas mais clássicas e corriqueiras em Paris é essa aí. Sentar e ver a vida passar.
Os famosos cafés fazem parte da rotina, é tradição. Um charme só as varandas nas calçadas. São disputadíssimas!
Se quiser experimentar a maneira de viver de um parisiense, pode colocar um café no seu roteiro. Faz parte do time "tem que ter". Tipo Torre Eiffel! Haha
São infinitos espalhados pela cidade e estão sempre lotados. Frequentados por moradores e turistas. Público variado e misturado.
Eu sou apaixonada por essas casas e momentos como esse, então amava bater ponto em algum deles. Pra tomar um café ou não, já que a cultura está além do cafezinho. Os cardápios são variados e servem de tudo. Sucos, lanches, refeições. Inclusive Champanhe, tá meu bem?!? Fim de tarde o burburinho aumenta. Impressionante como quase todos estão com uma taça na mão.
O Café du Flore estava na nossa lista porque é um dos mais tradicionais cafés-brasserie de Paris, no bairro St. Germain des Pres. Foi no passado ponto de encontro de artistas, intelectuais e escritores franceses. Ainda é. Muitas obras foram produzidas ali. Não se sabe exatamente a data de inauguração, mas foi entre 1885 e 1887.
Desde então traduz bem esse costume dos franceses. Parar pra apreciar a vista, ler um livro, se inspirar, pensar, criar ou simplesmente ver o movimento da cidade e jogar conversa fora…
Costume bom esse ne??
Ps: dia em que eu ainda tinha o celular nas mãos 😑

02/07/2018
Se eu fosse escrever um diário dessa trip, talvez eu começasse por aqui. Na metade do caminho.
Momento que considero o ápice da viagem. Ele explica o motivo pelo qual eu nunca voltei de Bruxelas nas redes sociais. Meu desaparecimento do stories no meio do percurso.
Chegamos em Bruxelas já cansadas, mas bem animadas com o que viveríamos em seguida. Jogo Brasil X México. Mega ansiosas e, parece que com sede também, já que pelas fotos a gente tava sempre atracada com um copo nas mãos. Sim, pelas fotos…pq a memória ficou no bar junto com as brejas que restaram. Então,
só tenho os registros fotográficos pra confirmar e contar história.
Ah, sobre o bar…Escolhemos o “Delirium”, que  alguns blogs recomendam. Bar de turista, tá?? Foi esse que a gente quis, até pelo momento. Unir torcida com outros possíveis brasileiros que encontraríamos por lá. Encontramos e fizemos a maior festa. Brasil venceu a partida e as ruas estavam lotadas. Pelo menos até onde a memória permite lembrar.
Depois disso...bom...
poderia colocar a culpa no alto teor alcoólico das cervejas belgas, mas não serei injusta. A verdade é que tava tão bom que passamos da medida. cruzamos a linha da sobriedade. Como diria meu amigo @ernanilemos, entornamos o caneco mesmo.
Foi nossa única ressaca. muito mais moral que física. O que é pior né? porque pra esse tipo não existe remédio que cure. não fizemos nada ilegal ou de errado, mas o saldo não foi muito bom não. Sem mortos e feridos, mas…foi aí que perdi meu celular. Digo "perdi", mas poderia dizer “foi aí que pegaram meu celular”. Tava em cima da mesa dando sopa. Eu desatenta como sempre, aconteceu! Não vamos apontar os dedos. Vou focar na minha falta de atenção. Por isso bateu um sentimento de culpa. Não pelo valor material, mas pela sensação de…putz…que vacilo. Não precisava né? poderia ter evitado, afinal é uma ferramenta de trabalho importante pra mim. Então bateu uma bad, sabe? minhas amigas, por solidariedade, dividiram a culpa comigo. No dia seguinte seguimos direto pra Amsterdam. Sem celular e decepcionada comigo mesma. No bad vibes, por favor, tentava me convencer.
Mas, antes de continuar, voltemos à ordem cronologica dos fatos...

Dormir ou ver o sol nascer ali?
Em busca da melhor Luz, vi a Cidade Luz ser iluminada.
Quando meu despertador tocou, as 4:30, já tava prontinha pra sair.
Oras, não é todo dia que temos esse background, não é mesmo?? Ainda bem que o @fotografobrasileiroemparisfr me convenceu a madrugar. Adorei seu trabalho, Alexandre!!! As fotos ficaram lindas.
De quebra, esse presentaço aí: assistir de camarote Paris ganhando cores...
Pronta pra me derreter de amores em mais um dia sedutor de verão parisiense ❤
Saia @estilo_cholet
Foto:@fotografobrasileiroemparisfr

-Amigas, e aquela viagem que nunca rolou... Vamos?
-Uai, Quando? Pra onde?
-Mmmm....Paris, pode ser?? Corta
1 ano depois, nós, amigas de infância, na Cidade Luz.
O time foi incompleto. 6. Pela metade.
só acreditei quando cheguei lá.
No melhor estilo: "me belisca pra ter certeza de que não to sonhando"? Risos
Compartilhamos processos importantes. Das brincadeiras de rua para o primeiro beijo, primeiro amor, primeiro porre ( uhhh, continuamos a contabilizar esses e espero, sinceramente, que durem até o fim de nossa existência). Morar sozinha. Dividir apê. Perrengues. inseguranças. Independência. Formaturas. Casamentos, filhos, trabalho, separações, libertações.
Dividimos tudo, mas seguimos caminhos diferentes.
Amadurecemos e nos tornamos tão diferentes. Pensamos diferente. Será que isso vai dar certo?? Confesso que assim pensei algumas vezes...
E olha aí a vida. Foi um lindo reencontro. Até pra constatar que ainda somos tão iguais, mesmo tão diferentes. Se é que me entendem...
Qual parte delas ainda cabe em mim e quanto de mim ainda cabe nelas? Será que ainda cabemos todas juntas num mesmo sonho?
vivemos momentos tão carregados de energia que a resposta é óbvia. Nos reconhecemos e nos reconectamos no amor.
E não importa pra onde vamos daqui pra frente. Se seguiremos mais diferentes do que iguais. Ou mais iguais que diferentes. Existirá sempre um ponto forte de ligação. Somos mais que confidentes de uma vida. Mais que cúmplices de histórias divididas. Somos lascas grossas das raízes umas das outras. Raiz sustenta. É pra onde a gente vai (ou volta) quando as coisas vão bem ou dão errado.
voltamos mais conscientes dos processos internos de cada uma. Entendendo mais, julgando menos. Trouxemos tantas memórias pra reviver que, me pego rindo sozinha. É tudo tão fresco que parece ainda estarmos por lá...será que ainda estamos?
Valeu maridos. Por permitirem que suas parceiras e mães de seus filhos tenham essa experiência. Brigada "sobrinhos" por entenderem que as mamães também precisam se divertir.
Como boas viajantes já planejamos o próximo destino. Que comecem as votações. Haha Quem vai?? Conselho: chame suas amigas pra viajar. Façam acontecer. Recomendo muito ❤️

Jardins de Monet.
Look todo @estilo_cholet 💁‍♀️💚
Foto: @dicas_de_paris ☺️

Pose clichê, temos!!!
Foca na saia @colccioficial ❤️

Most Popular Instagram Hashtags