futilidades futilidades

9,867 posts   132,324 followers   1,093 followings

futilidades  Carla & Joana PAPO SOBRE AUTOESTIMA 📍blogueiras multiplicadas entre RJ e NYC 🇧🇷✈️👯🗽❤️👶🏼 💌contato@f-utilidades.com ☀️👙 #paposobreautoestima

Respeite todas as faces do feminismo, mesmo que você não concorde ou não queira se identificar como feminista. Todas elas são importantes para os diferentes estágios da desconstrução. #paposobreautoestima

Se tem uma coisa que aqui é muito comum (e deveria ser em todo lugar do mundo na verdade) é que as pessoas não têm vergonha de te parar onde quer que você esteja para elogiar algo em você que gostaram. Pode ser sua bota, sua maquiagem, sua camiseta, mas ontem foi a saia. Acho que fui parada umas 3 vezes na rua por mulheres de diferentes idades, todas querendo elogiar a saia. Ontem meu dia foi meio tenso, tive que cancelar uma reunião quando já estava no local porque no meio do caminho ligaram da escola do Arthur pedindo para que eu levasse ele no médico por suspeita que ele tivesse torcido ou quebrado o polegar enquanto tava brincando. Saí correndo pelas ruas e pelo metrô esbaforida, tava preocupada porque nunca tinha acontecido uma situação dessas e chateada pra caramba porque tive que cancelar a reunião sendo que a pessoa estava há duas quadras do local combinado. Mas esses elogios fizeram meu dia ficar muito mais fácil e agradável. Ah, e quanto ao Arthur, foi apenas um baita de um susto. Ufa. 😌 @karamellorio que baita presentão, não só pela saia mas por poder ter uma peça que está arrancando suspiros por aqui (e apesar de estar no meio do furacão, eu fiquei super orgulhosa quando falava que era de uma marca brasileira ❤️) #futiemnyc #looknofuti < via Cá >

Depois de passar pelo Maranhão e pelo Piauí e conhecer não só paisagens como também pessoas incríveis, tenho que assumir que a expectativa que tinha sobre Jeri não era das maiores. Não por não amar o Ceará e os cearenses (amo e muito!!!), mas por já ter vivido tanto em tão pouco tempo que acreditar que outro lugar na mesma viagem mexeria tanto comigo me pareceu um pouco demais. Mas foi o jeitinho descolado e a vibe pé na areia que ganhou meu coração logo de cara. É possível não se apaixonar por um lugar em que a recepcionista da sua pousada te recebe descalça? Pois foi bem assim que a moça da nossa pousada nos recebeu. Descalça, feliz, com um baita sorriso no rosto. E dali pra frente foi mais disso: povo leve, alegre, sem preocupação. Se preocupar pra que se estamos no paraíso?
“Amor, vamos largar tudo e vir morar aqui?” Me perguntou o marido.
“Mas o que eu vou fazer com aquele tanto de sapato que eu deixei no Rio?” 😂
Brincadeiras à parte, conhecer uma vila de pescador que, apesar de famosinha, conseguiu manter suas raízes e sua forma foi o melhor presente para o fim de uma jornada pra lá de especial pelo Nordeste do Brasil. E pra sentir de verdade a vibe do lugar, escolhemos como primeira hospedagem uma pousadinha fofa, com decoração de casa de pescador e restaurante pé na areia, a @pescadorjeri. Sapatos eram totalmente opcionais. Acertamos em cheio! <via @alinerajao >

Uma mulher negra não tem a opção de não perceber! 🤔 Até uma leitora me chamar a atenção pro racismo no caso da "buc*ta rosa" eu não havia me dado conta que era mais do que um caso de machismo! @blzinterior me mandou esse texto de @belareis (filha da musa @flaviaol) e eu vim compartilhar com vocês :::::: “Eu li várias coisas sobre o “buceta rosinha”, sobre como o futebol é machista, a cultura do estupro e sobre o nível de objetificação de reduzir uma mulher a sua vagina. Mas eu não vi ninguém falar sobre o racismo que existe nessa idealização das partes do corpo feminino. Eu vou falar isso de forma muito explícita porque não existe outra possibilidade. Quando um homem escolhe uma mulher porque a buceta ou os mamilos dela são rosinhas, ele está excluindo do radar todas as mulheres negras que têm buceta e mamilos castanhos, beges, escuros.
Quando você limita suas parceiras pela cor da buceta, você desconsidera qualquer tipo de relacionamento com mulheres negras. E isso é grave, porque não é só preferência pessoal, é o comportamento de toda uma população.
Segundo o último CENSO (2010), 49% da população branca estava solteira. Contra 60% dos pretos e 61% dos pardos. Isso acontece porque os brancos se escolhem (74,5% dos brancos escolheram parceiras brancas e somente 20% pardas e 3% pretas), mas os pretos, não (39% dos homens pretos estão com mulheres pretas, 32% com pardas e 26% com brancas). Os números sintetizam a solidão da mulher negra.
A ideologia do embranquecimento implementada no Brasil deixou de herança a busca consciente ou subconsciente por parceiros brancos. Quanto mais branco, melhor. Quanto mais rosa a buceta, melhor. O problema não é por quem você se apaixona perdidamente durante a vida. O problema é quando você limita seu olhar, seu interesse, seu like no Tinder, seu primeiro beijo pela cor de uma buceta. Isso é o racismo atuando no âmago, no subconsciente, na construção social.
Você pode ser muito feliz ao lado de uma mulher que não tenha uma buceta rosa, mas você só vai saber se parar de limitar seus relacionamentos pela cor de uma vagina.”
Por Isabela Reis.
Sigam @belareis.
Sigam @blzinterior.
<via @joanacannabrava >

O dia foi para fotografar campanha de lingerie da @marcyn_online. Estampar páginas de um catálogo nunca foi algo que eu pensei ser possível, mas sem dúvida é tão desafiador quanto libertador essa coisa de ser modelo por um dia, sem dietas malucas ou treinos fora do normal. A postura e o tônus muscular não ficaram como eu queria devido à eu não conseguir ir malhar nas últimas semanas por conta da saúde, mas tá tudo bem. Eu havia ficado preocupada com o fato de estar há dias no corticoide, mas é isso, o importante era estar bem, sendo exatamente quem eu sou hoje, aqui e agora, com saúde. Tudo que me preocupou acabou sendo superficial porque o que realmente importa é a verdade desse trabalho. Meus últimos dias foram uma loucura, mas não atrapalharam o objetivo de estar aqui hoje, lidando com profissionalismo e cuidado com tudo que acredito no #paposobreautoestima! 🌟 Make e babyliss @vcastelini, rabo @leilaturgante! ❤️ O feito (com amor) é muito melhor que o perfeito! 👊🏼 Hoje foi na luta, mas foi lindo! Espero poder compartilhar logo os resultados com vocês! <via Jô>

Quando sua sombra está combinando com seu produto de spa em casa preferido, o que você faz? Junta tudo e tira foto! ❤ Semana que vem é criança de férias + marido viajando = poucos momentos para mim. O jeito vai ser aproveitar essa semana para fazer tudo que eu puder de spa em casa, começando pelo meu produto preferido da @bioextratus - o sal esfoliante de lavanda! Aproveito aqui para começar um coro para que a Bio faça mais produtos para o corpo, quem quiser, junte-se à mim! 😝 #patrocinadoresdofuti < via Cá >

O post de hoje no blog é sobre mães com mais de um filho. Mães de 2, 3, quantos filhos quiserem botar na conta. Nunca tinha falado isso em voz alta, mas depois que virei mãe, vocês viraram minhas heroínas. Sei lá como vocês conseguem administrar cíume do mais velho, necessidades de dois seres humaninhos, casamento (e se você é mãe solo, minha admiração é ainda maior) e tudo o mais que uma segunda criança envolve nessa equação, mas eu sei que vocês conseguem. Sei lá se um dia eu entrarei para esse time - no momento eu nem consigo imaginar ter outro filho - mas aprendo com todas, admiro todas. Parabéns mesmo, vocês merecem todo reconhecimento. 👏🏻#maternidadedodia < via Cá >

Sexta a noite minha balada foi no @espacosheilasantos! Nós mudamos o formato da minha unha de fibra de vidro pra ovalado porque fui digitalmente influenciada por uma leitora que foi na Sheila e mandou a foto. Só não imitei a cor por motivos de: precisava usar um nude ou variação de clarinhos, dai escolhi essa cor super chique da @vult_cosmetica, ela se chama Brownie! ❤️ #unhasnofuti <via Jô>

A primeira copa a gente nunca esquece, topa sair com a cara pintada aleatoriamente e ainda acha lindo a “obra de arte”. #maternidadedodia < via Cá >

Frase enviada pela @taticbueno, foi postada em inglês no perfil @riawna e não aguentamos! Achamos tão a vibe das 7.200 mulheres do nosso grupo do #paposobreautoestima no facebook que não poderíamos de trazer pra cá! Tá aí mais um grupo de mulheres que eu respeito para caramba, que faz questão de ajudar de forma profunda e efetiva no processo de desenvolvimento de autoconfiança das amigas. É bem mais do que se sentir bonita, é se sentir segura é capaz! Que sejamos mesmo esse tipo de lavagem cerebral no mundo! #paposobreautoestima

Eu jurava que já tinha decidido que batom vinho seria minha opção de batom escuro. Até descobrir uma versão de marrom com um fundo rosado (esse é da @sephora) que funciona que é uma beleza para o dia que eu quero estar com uma maquiagem mais leve. Quais são suas cores alternativas para o batom escuro? Ps: adoro que tentei fazer carão pra foto mas não tem como me levar à sério com esse quadro infantil ao fundo. 😂 < via Cá >

Posso estar doida, mas acho que devemos parar de proferir por aí o conceito "sexy sem ser vulgar". Além de me parecer um tanto quanto machista, precisamos parar de colocar na palavra sexy um juízo de valor negativo, além de parar de julgar outra mulher que está apenas fazendo o que deseja. Fomos criadas numa geração onde era feio mulher falar de sexo, quase não conheço mulheres que foram educadas sobre masturbação, toda aula que tínhamos ou conselho que ouvíamos era sobre não engravidar ou se prevenir contra doenças sexualmente transmissíveis. Nunca ouvi nada sobre conhecer nosso corpo, nosso prazer, nossa sensualidade, isso porque minha casa de longe sempre foi das mais abertas a conversa, imagina as que não eram! Não era coisa de garota direita aprender sobre orgasmo ou clitoris. Aí a gente cresce e descobre que a vida sexual das mulheres está toda uma bagunça, seja com neurose de corpo ou questões de não se sentir livre e relaxada para ter prazer. Muitas aprenderam a diferenciar orgasmos na revista capricho. Só não tem a ditadura da beleza do clitoris porque nem falamos sobre eles para sabermos o quanto eles são diferentes entre si (claro que não quero essa ditadura, só quero mais liberdade mesmo)! Médicas receitavam pílulas sem falar do efeito colateral super comum de perder a libido, afinal?! Libido pra que? Hoje as pacientes 2.0 empoderadas pelo Google estão chegando nos consultórios com essa dúvida, será que vou perder a vontade de começar? Será que assim sexo não vai passar na minha cabeça? Castração química é assunto sério, conversem com suas médicas e médicos. Existe todo um mundo pronto pra silenciar a sensualidade e a sexualidade da mulher, mas precisamos falar sobre isso. Nessa conta todo mundo ganha, é um machismo que prejudica muita gente, mulheres e homens inclusive. Quem ama quer ver o prazer da parceira, pra que isso seja natural precisamos quebrar os tabus. Precisamos entender que não precisamos ser como outras mulheres para sermos sexies, podemos ser sensuais como nós mesmas. Isso é um estado de espírito, como falei no texto pra @glamourbrasil! #paposobreautoestima lingerie: @marcyn_online fotografia: @adrianacarolinafotografia <via Jô>

Most Popular Instagram Hashtags