carolchafauzer carolchafauzer

1221 posts   259144 followers   151 followings

Carol Chafauzer  ▪️carol@carolchafauzer.com.br ▪️Control your words, my freedom belongs to no one

Matei a vontade de colocar cílios e acordar prontinha sem ter que perder tempo no rímel 😍 a @waleskasas tirou todas as minhas dúvidas que tinha (não danifica os meus naturais, não amassa, não gruda que nem já vi de várias pessoas), fica com aspecto de natural porém enorme do jeitinho que eu queria! Amei amei! 💕

(Parte X) • Quantas vezes você deixou de viajar porque não tinha companhia? Porque tinha medo? Foi uma experiência tão boa descobrir tudo por aí! Austrália tem algumas curiosidades que vi em Sidney: o shopping fecha super cedo (5pm), o metrô é super limpinho e tem dois andares, quando fui visitar os cangurus soltos no meio do nada peguei os trens e demorei 3h até #MorissetPark, sai da cidade e quando me dei conta estava no meio do mato atravessando um lago (sim, no trem). Puta brisa ouvindo música. Dai finalmente vi meus cangurus!! Que emoção, li que eles preferem bananas à cenouras, então levei na mochila. Eu tava sozinha com eles no meio da estrada (cagando de medo na verdade, pq tinha já visto alguns ataques), dai finalmente apareceu um casal de chinês pra tirar uma foto pra mim, abracei um #canguru! Lá a população de humanos é menor que de cangurus. Fazem até hambúrguer deles. Austrália não tem comida típica, então eu comia de tudo. Falavam que mulher engordava fácil lá. Pior que era verdade, vi muito. Deus me livre, comecei a correr todo dia mas comia tudo que me dava vontade. O melhor sorvete da vida comi lá, chamava Messina, ali em #BondiBeach. Aquela praia era tão gostosa, mas bem turística. Surfistas, muitos brasileiros, churrascos na beira da praia (não pode beber álcool lá mas rolava escondido mesmo assim), tinha até aquela famosa piscina de água salgada na beira do mar (#icebergsbondi). Mas eu ainda amava #TamaramaBeach, praia linda, mais vazia. Você pode conhecer várias praias a pé, seguindo pela #BondiToCogeeWalk. Minha noite de natal foi quase isso. Caminhei fim da tarde por uma parte desse caminho, meio triste pq estava sozinha. Dai fui pra casa, assisti um filme e dormi. Eles não comemoram o natal como a gente. Dia seguinte às 10h da manhã liguei pra minha família no FaceTime - era noite de natal no Brasil. Meu ano novo foi onde minha ficha caiu: no meio da #harbour, todos os barcos iluminados, fogos, no país que sempre quis conhecer, trabalhando, me divertindo, sem precisar passar por cima de ninguém como nunca precisei, conquistando aos poucos minha independência no exterior, eu tava realizada. [...]

(Parte IX) • Fui sozinha conhecendo algumas coisas como #OperaHouse e #BondiBeach logo nos primeiros dias. Peguei alguns ônibus errados no começo e fui pegando a manha. O problema é que eu não conversava e não conhecia mais ninguém para poder falar um hello que fosse. Então fui almoçar sozinha em algum restaurante ali perto da praia. Era horrível transformar mentalmente em dólar tudo que eu gastava - poxa eu era mega econômica e mão de vaca! Mas durante esse almoço eu acabei conhecendo um americano, um cara super legal que namorei durante os meses que morei lá. De tabela isso me ajudou demais, era bem foda no começo pra se comunicar, mas sempre gostei muito de inglês e peguei o jeito até que rápido. Ele também era paciente e gostava do meu sotaque, o que me deixava sem medo de falar errado ou perguntar coisas. A #australia é cativante! Todos ali são receptivos, felizes, e eu não vi nada disso de ostentação. As pessoas não te encaram pela roupa que você usa, se tem bolsa de marca, nada disso. O lugar tem uma energia absurda! Não é à toa que ninguém quer voltar de lá. Eu voltei tão desapegada, amadurecida! E na minha segunda semana conheci uma menina que seguia no Instagram e vi que estava morando lá também, a Luisa. Ela me ajudou bastante em duas indicações de trabalho. Então fui hostess no período da tarde em #houseparty e #boatparty todos os dias, e pela manhã trabalhava num café como garçonete. Eu juro que amava aquilo, eu tava falando inglês com todo mundo, conhecendo pessoas todos os dias, palavras novas em todos os lugares (aprendi a falar "pepino" quando li no rótulo do shampoo Dove "cucumber"). No café aprendia com o menu (lamb, chicken schnitzel, coleslaw, beetroot, etc). Eu recebia por hora trabalhada, então mesmo como turista consegui fazer grana porque pagavam #cashinhand (em espécie), quando vi tinha juntado bastante e sem precisar mais gastar meus "reais". Os meninos que moravam comigo achavam surpreendente o jeito de como eu me virei rápido lá e consegui juntar grana. Trabalhei durante um mês e meio assim. Dai quis gastar. Fui em shows, festivais, fiz muita parceria com marcas de lá por conta do Instagram, e resolvi conhecer um pouco da Ásia [...]

Bom domingo amores!!
Acessórios @amis_amis_
Dress @zenoficial

🇦🇺 (Parte VIII) • Finalmente chegamos no assunto Austrália! Quando resolvi me jogar no mundo e ir pra lá, foi algo instigante, um desafio. Eu sabia o básico do inglês e me vi travada sem saber dialogar direito. Tinha terminado um relacionamento há uns meses e estava começando a me envolver em outro - coisa que eu não queria. O mundo da moda já tinha me dado no saco e eu estava no meu momento mais livre: solteira, formada na faculdade, e com minha graninha guardada. Eu tinha 50 mil e não queria gastar com intercâmbio e agências. Meus pais não tiveram nada a ver com a minha viagem, não poderiam bancar jamais algo assim, então decidi ir e paguei tudo sozinha. Até porque eu escolhi ir como turista e passar 3 meses. A parte boa é que eu tinha ganhado minha passagem pra lá. Já me ajudaria muito. Ouvi muitas histórias de pessoas que venderam carro para ir pra outro país e gastaram tudo que tinham levado. Eu não queria perder tudo que eu tinha guardado sabe? Então contei com a sorte e me joguei. Foi uma eternidade até chegar lá. São Paulo, Toronto, Vancouver e Sidney. Aproveitei as 15h de escala em Toronto e tirei o visto para conhecer um pouco do local. Lá na Austrália, eu só conhecia um amigo, brasileiro, mas a namorada dele tinha um ciúme e tanto sem mesmo me conhecer, e não deixava que ele me apresentasse Sidney, onde eu iria passar os próximos meses. Então tive que me virar e ir errando aos poucos. O ap era no alto de um cliff ali em Vaucluse, que saudades daquela vista. Um pedaço da sala virou meu quarto com aquelas paredes adaptadas. Morava com 3 brasileiros - as melhores pessoas que eu poderia ter convivido nesse tempo por lá. A nossa vibe era igual, todos animados, organizados e vivíamos ouvindo haikaiss e costa gold, eles até sabiam cozinhar muito bem. Ah, e tínhamos um cachorrinho - que entrava no meu quarto e roubava minhas calcinhas da mala e espalhava pela sala - era um terrorista. Os 3 meninos trabalhavam, então eu passava a maior parte do tempo sozinha num país completamente novo pra mim. Dai baixei um app que dava os horários que os ônibus e metrôs passavam em tempo real, o nome dos bairros e tudo mais. Aquilo ajudou a me locomover pra todo canto [...]

Black dress 🖤 @zenoficial
Coleira @amis_amis_
Photo @andstenorio
Make @vannessamoraes

Mais uma vez a @vannessamoraes fazendo sua make maravilhosa em mim! Obrigadaaaa 😍 • vestido @zenoficial • foto @andstenorio

❤Red Velvet @zenoficial
Make: @vannessamoraes
Photo: @andstenorio

That jacket tho! @keroo_looks 👊🏼

New look! Yay or nay? 💇🏻@dununesoficial

Entregando nossos cabelos nas mãos do @dununesoficial e saindo completamente surpresas e felizes com o resultado! 😍 ameiiiiii! Tirou meu trauma com cabeleireiros rs

follow this page in feedly

Most Popular Instagram Hashtags