amaejavai amaejavai

2,083 posts   16,061 followers   1,257 followings

ᴍᴀʀɪᴀ ᴀɴᴀ  This and that. Writer. Blogger. Bla bla bla. Wife and Mother. ᴇᴍᴀɪʟ: ᴄᴏɴᴛᴀᴄᴛᴏ.ᴀᴍᴀᴇᴊᴀᴠᴀɪ.ᴄᴏᴍ ʟɪɴᴋ ʙʟᴏɢᴜᴇ👇

Oito da noite. Fazem tudo para esticar a corda. E às vezes, quando as coisas estão controladas, é deixa-los ir e ficar só a ver. Vale a pena. ☘☘☘
Pijamas: @lepetitchiffon

Sim. Já sei que não sou gorda. Sou mais para o mais meio termo com umas coisas melhores que outras e salva-me a minha altura. Nem interessa para o caso o peso. Tem tudo a ver com a percepção de nós mesmas.
Este é o terceiro pós parto. Já leva com quase dois anos. Vezes três é fazer as contas. As contas à preguiça à falta de vontade aos dias carregadados de casa e de filhos e de desculpas por todos os lados. Já perdi a conta às vezes em que disse "começo na segunda" e aos sábados em que desisti sem dar por ela e me presenteie com um sushi "porque eu mereço". Às vezes em que se fez clique e aos cliques que se perderam entre o pão. Já perdi o comboio das mães que se podem encostar aos 3 partos porque o que não faltam por aí são exemplos. O tempo. A motivação. O dinheiro. Tudo se faz.
Só falta fazer. Que é só o mais fácil e também o mais difícil.

- desculpe pode tirar-me uma fotografia?? É que é a minha irmã!
Não há tamanho para este orgulho. E agora: ler. De fio a pavio! Parabéns!!! Está linda!
#aminhatribo

Até amanhã. ❤

E agora eu caía para trás? Com o que comi era capaz de boiar sem esforço.... 🙈🙄
[Até amanhã.]

Bom dia. 🙌🏻

A última vez que viájamos só nós os dois já não fomos sozinhos. Tinha a Leonor na barriga. 2011. Dá para acreditar?
Fomos para a Costa Rica.
Desde então vieram eles os três e a vida toda atrás sem nos dar tempo para estarmos só nós os dois por mais do que 24 horas.
Deixa-los custa. Mas vir é tão mais importante. É que a Pura Vida começou connosco e se Deus quiser assim vai acabar. Não viemos de avião nem por 15 dias mas caraças: já merecíamos. (obrigada à minha sogra)

[Ser blogger é como ser da Emel]
O "senhor João" lá cumpre a sua obrigação quando tem que ser e enfrenta pessoas que basicamente lhe querem bater.
Mas, é o seu trabalho. E ao final do mês recebe na conta a soma disso tudo. Paga as contas, a escola, leva os filhos ao cinema quando dá e janta fora com a mulher quando o universo se alinha.
As bloggers são um bocadinho como o senhor João: toda a gente gosta dele até saberem que trabalha na Emel. [Link para o blog no perfil]

Depois, com os outros dois filhos as coisas foram diferentes. Aprendi a relativizar mais e que o choro deles pode esperar (mais um bocadinho) sem causar tanto atrito à volta ou que um colo resolve.
Sempre me questionei o porquê de ferver água e esta questão sempre foi motivo de discussão e de dúvidas.
Cá em casa a água de todos os dias é a água da torneira mas faz sentido que se recomende água engarrafada nos primeiros tempos do bebé e na preparação de algumas fórmulas infantis, sopas ou sumos.
[Sobre água fervida e de garrafa. No blogue]
@aguadeluso #pub

Aviso. Não vão. A nova loja da Latitid na Embaixada está linda, a colecção mais ainda e é fácil perder o norte. Ficamos mais ou menos hipnotizadas. Queremos levar tudo. Perdemos a noção das coisas. É muito perigoso...
Hoje a partir das 14h. Não fui eu que disse.
🇨🇱 Viva Cuba! 👙

[Protegê-los]
Quando conhecemos os nossos filhos não precisamos de perguntar quem começou. Sabemos se nesse dia quer atenção. Está a exagerar. Precisa de mimo.
Já sabemos pela cara deles.
Desde tão pequeninos sabemos que só não podemos protegê-los das pessoas. Das pequenas pessoas para começar. São eles que têm, sem se corromperem, que aprender a fazer frente às pessoas. A empinar o nariz. A fazer peito. A fingir não querer saber. A não ter medo. A não ligar. A fazer-se de forte. A olhar em frente. A seguir caminho.
Damos-lhes tudo para a mão quando saem de casa. O amor, os beijinhos, a confiança e a educação. E esperamos que isso tudo chegue.
[Link no perfil]

Deve ser do tempo. Que me deu para ver estas memórias de calor. Deles com menos um ano. De nós com um ar leve. Os cabelos despenteados e cara de não quero saber.
Deve ser do tempo estas saudades da praia até à última e todos adormecerem no caminho, jantar sem banho tomado e acordar quando for. Esta vontade de guardar todos os minutos e ficar ali para sempre. A ver o pôr do sol.
Deve ser do tempo esta nostalgia dos anos a passar e das certezas que se ganham mesmo no meio da chuva e do frio. É isto. Não tenho dúvidas. Estou a ir bem. É por aqui.

Most Popular Instagram Hashtags